Accessibility / Report Error

Avaliação quantitativa da esteatose hepática pela tomografia computadorizada

Resumos de Teses

Avaliação quantitativa da esteatose hepática pela tomografia computadorizada.

Autor: David Carlos Shigueoka.

Orientador: Jacob Szejnfeld.

Tese de Doutorado. Unifesp/EPM, 2001.

Objetivos: Estudar a eficácia da tomografia computadorizada na avaliação quantitativa da esteatose hepática e estabelecer critérios para a sua classificação, mediante estudo de 24 pacientes com diagnóstico de esteatose hepática confirmado por biópsia.

Métodos: Foram obtidas as medidas dos coeficientes de atenuação do fígado e do baço, sem a utilização de meio de contraste iodado por via venosa. Os pacientes foram divididos em três grupos, de acordo com a avaliação histológica semiquantitativa da gordura presente nos hepatócitos.

Resultados: A utilização dos coeficientes de atenuação do fígado em valores absolutos mostrou-se superior na discriminação dos grupos quando comparada à diferença dos coeficientes de atenuação do fígado e do baço, que na atualidade constitui o critério diagnóstico mais utilizado na prática clínica. Na análise comparativa dos coeficientes de atenuação do fígado, divididos quanto à graduação histológica, observou-se diferença estatisticamente significante entre os grupos com esteatose leve e moderada e valores muito próximos da diferença mínima significante entre os grupos com esteatose moderada e acentuada. A correlação dos percentis 2,5% e 97,5% para cada grau histológico mostrou pequena sobreposição dos valores dos coeficientes de atenuação entre os grupos com esteatose de grau leve e moderado e nenhuma sobreposição entre os graus moderado e acentuado. São propostos valores de coeficientes de atenuação, definidos em faixas, acima de 56 unidades Hounsfield, entre 56 e 32 e abaixo de 32 unidades para a classificação tomográfica em graus leve, moderado e acentuado, respectivamente. Este critério mostra concordância tomográfica e histológica em 87,5% dos casos nesta casuística.

Conclusão: A tomografia computadorizada constitui método diagnóstico útil na avaliação quantitativa da esteatose hepática, utilizando-se os coeficientes de atenuação do fígado, em valores absolutos.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    21 Out 2002
  • Data do Fascículo
    Dez 2001
Publicação do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Av. Paulista, 37 - 7º andar - conjunto 71, 01311-902 - São Paulo - SP, Tel.: +55 11 3372-4541, Fax: 3285-1690, Fax: +55 11 3285-1690 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: radiologiabrasileira@cbr.org.br