Biologia reprodutiva da espécie hercogâmica Chiococca alba (L.) Hitchc. (Rubiaceae) na Floresta Tropical Atlântica, SE Brasil

A família Rubiaceae apresenta uma grande variedade de mecanismos florais e dois deles parecem ser comuns em determinados grupos, tais como a distilia em Rubioidae e apresentação de pólen no estilete em Ixoroidae. Estes mecanismos incluem a hercogamia, uma estratégia que parece minimizar as chances de autopolinização. Este é o primeiro estudo acerca da biologia reprodutiva de Chiococca alba, uma espécie de ampla distribuição na América. Foram coletados dados da biologia floral e do sistema reprodutivo, avaliado através da observação de formação de frutos e crescimento de tubos polínicos após cruzamentos controlados. Flores de C. alba são hercogâmicas, protândricas, de cor clara e duram dois dias. Não foi observada a produção mensurável de néctar, apesar da presença de uma estrutura semelhante a um disco nectarífero na base do tubo da corola. C. alba é uma espécie preferencialmente auto-incompatível, no entanto, a autopolinização e a apomixia também contribuem para a produção de frutos em condições naturais. A estratégia reprodutiva observada (protandria e hercogamia) é diferente daquela esperada para a tribo Chiococceae (i.e., apresentação de pólen no estilete).

Biologia floral; Chiococca; Floresta Atlântica; hercogamia; Rubiaceae; sistema reprodutivo


Sociedade Botânica de São Paulo Caixa Postal 57088, 04089-972 São Paulo SP - Brasil, Tel.: (55 11) 5584-6300 - ext. 225, Fax: (55 11) 577.3678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazbot@gmail.com