Atividade mitogênica do soro fetal bovino, extrato de larvas de peixe, fator insulínico de crescimento-I e fator de crescimento de fibroblastos na linhagem celular BB do bagre "brown bullhead"

J. E. P. CYRINO D.R. MULVANEY Sobre os autores

Foram avaliados os efeitos de diferentes níveis de suplementação do meio de cultivo com soro fetal bovino (FBS), extrato de larvas de peixe (FE), combinações de FBS e FE e adição de fator de crescimento semelhante à insulina I (IGF-I) e fator de crescimento fibroblástico (FGF), na proliferação da linhagem de células somáticas do bagre "brown bullhead" (BB). Os tratamentos (n = 4) utilizados foram: suplementação do meio de cultivo com 2,5, 5, 10% e 15% FBS ou FE, ou 5/2,5, 5/5, 10/2,5 e 10/5 da combinação FBS/FE ou, ainda, a adição de 0,1, 1, 2,5, 10, 25 e 75 ng/ml de IGF-I ou FGF ao meio de cultivo. Foi utilizada uma densidade inicial de 1,1 x 10(6) células/câmara, em placas não recobertas de 24 câmaras. A temperatura de incubação foi de 29,5 ± 0,7ºC. Seis horas após plaqueamento, o meio de cultura inicial foi removido das placas; estas foram enxaguadas com solução salina fosfatada tamponizada de Dulbecco, o meio experimental foi adicionado e as células ficaram em proliferação por 24 horas. Um bioensaio paralelo foi conduzido utilizando-se a linhagem celular mioblástica Omega de ratos (RMo), utilizando-se os mesmos níveis de suplementação do meio com FBS, FE e FBS/FE, tendo por meio básico de cultivo o meio Dulbecco’s MEM. A densidade inicial de células/câmara era de 7,2 x 10(6) células e o bioensaio foi conduzido a 36 ± 0,5ºC em uma incubadora com atmosfera de 95% de ar e 5% de CO2. O aumento nos níveis de suplementação com FBS tiveram um efeito positivo (P < 0,05) na proliferação das linhagens BB e RMo. Níveis crescentes de FE tiveram um efeito negativo (P < 0,05) na proliferação de BB e inibiram totalmente a proliferação de RMo em qualquer nível de suplementação. O aumento nos níveis de FE nas combinações FBS/FE tiveram um efeito negativo na proliferação tanto de BB como RMo (P < 0,05). O IGF-I teve um efeito positivo quadrático (P < 0,05) na proliferação das células BB. Aparentemente, fatores de crescimento de mamíferos estimulam discretamente a atividade mitogênica de células de peixes, enquanto os fatores de crescimento contidos no FE inibem a atividade mitogênica tanto da linhagem BB quanto da linhagem RMo.

atividade mitogênica; fatores de crescimento; bagre; linhagem celular BB


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brazil, Tel. / Fax: +55 16 271-5726 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb.iie@terra.com.br