Revista Brasileira de Biologia, Volume: 59, Issue: 3, Published: 1999
  • Editorial note Editorial Note

  • Occurrence, distribution and toxicity of cyanobacteria from the Patos Lagoon estuary, Southern Brazil Ecologia

    MATTHIENSEN, A.; YUNES, J. S.; CODD, G. A.

    Abstract in Portuguese:

    Diversas florações da cianobactéria Microcystis aeruginosa têm sido observadas nas águas do estuário da Lagoa dos Patos nos últimos 15 anos, sem o devido estudo de sua distribuição e ocorrência ou do risco de contaminação do ecossistema aquático. Neste estudo, foram realizadas a identificação e a quantificação das cianobactérias da região estuarina da Lagoa dos Patos, particularmente M. aeruginosa, incluindo um levantamento quali-quantitativo dos principais grupos microfitoplanctônicos em relação à sua distribuição geográfica no estuário. Evidenciou-se que, ao longo de 12 meses, Microcystis aeruginosa esteve presente na região estuarina, com valor máximo de 1,3.10(6)cél.L-1 em dezembro de 1994 e mínimo de 1,5.10(5) cél.L-1 em agosto de 1995, evidenciando a região norte do estuário da Lagoa dos Patos como sua principal fonte de entrada. Os períodos de maior abundância celular e colonial dessa cianobactéria foram consistentes com os resultados obtidos para os níveis de clorofila-a nas águas de superfície. Foram realizados testes de toxicidade (DL50 - 24 h) em camundongos com os extratos das florações de M. aeruginosa e foram determinadas, através de HPLC-DAD, as concentrações e algumas das variantes da hepatotoxina microcistina. As florações de M. aeruginosa observadas foram consideradas altamente tóxicas, com concentrações celulares de toxinas atingindo valores maiores que 1mig.mg-1 p.s. e DL50 - 24 h menores que 100 mg.Kg-1 p.c. Encontraram-se diversas variantes da toxina microcistina, sendo microcistina-LR a principal.

    Abstract in English:

    Several blooms of Microcystis aeruginosa have been observed in the Patos Lagoon estuary during the last fifteen years without a proper investigation of their ecological importance or possible toxicity. The present study has identified and quantified the presence of cyanobacteria in the Patos Lagoon estuary, particularly of M. aeruginosa. During this survey, identification and quantification of the main phytoplankton groups were done in relation to geographical distribution in the estuary. The presence of M. aeruginosa colonies in the estuarine region confirmed their superficial distribution throughout the estuarine waters during twelve months with a maximum of 1,3.10(6) cells.L-1 in December, 1994 and a minimum of 1,5.10(5) cells. L-1 in August, 1995 and also confirmed that M. aeruginosa originated from waters in the north of the estuary. The period of the highest cell and colonies densities was coincident with high chlorophyll-a levels in surface waters. Toxicity of M. aeruginosa bloom material was determined by bioassay and concentrations of hepatotoxins microcystins were identified by HPLC-DAD. M. aeruginosa blooms were considered highly toxic, presenting a 24 h - LD50 lower than 100 mg.Kg-1 b.w. and a toxin content higher than 1 mug.mg-1d.w. Several microcystin variants were found in the extracts with microcystin-LR predominating.
  • Planctonic algae of an artificial lake of Chico Mendes Botanical Garden, Municipality of Goiânia, State of Goiás: floristic and some ecological considerations Ecologia

    NOGUEIRA, I. de S.; LEANDRO-RODRIGUES, N. C.

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho visa estudar a composição e fazer algumas considerações ecológicas das algas planctônicas que ocorrem em um dos lagos artificiais do Jardim Botânico Chico Mendes, Goiânia, Goiás, enfocando a florística e aspectos ecológicos entre períodos de seca, início de chuva e período chuvoso, juntamente com alguns parâmetros abióticos (pH, oxigênio - dissolvido e saturado - temperatura do ar e da água, nitratos, nitritos, alcalinidade, cloretos, turbidez, DBO e precipitação). Foram reconhecidos 77 táxons, distribuídos em 9 classes, destes 68,7% foram registrados como sendo primeira ocorrência para o estado e Chlorophyceae, a classe mais representativa. Durante o período chuvoso observou-se maior riqueza específica, com 11 táxons abundantes. No entanto, o início das chuvas apresentou maior densidade fitoplanctônica (13.590 ind/ml), com 18 espécies abundantes, dentre estas se destacaram Nephrochlamys allanthoidea (Chlorophyceae) e Phacus dangeardi (Euglenophyceae) que apresentaram elevadas densidades. As águas do ambiente estudado mostraram-se com características meso a oligotróficas no período seco e oligotróficas no início das chuvas, variando de levemente ácida a alcalina, com temperatura entre 24ºC e 26ºC.

    Abstract in English:

    This paper aims to study the composition and some ecological aspects of the phytoplancton of one of the artificial lakes located at "Chico Mendes" Botanical Garden, Goiânia, Goiás, midwest region of Brazil. The floristic and some ecological aspects were analised. The samples were collected during the following periods: dry, begining of the rainy season and rainy. Besides the phytoplancton, some abiot parameter were mensured (pH, oxygen, temperature, nitrate, nitrite, alkalinity, chlorite, turbity, BDO e precipitation), 77 taxa belonging to taxonomic classes were recognized and 37 taxa was recorded for the first time to State of Goiás. Chlorophyceae was the most representative class. During rainy period the greatest richness was registered, with 11 abundant taxa. In contrast, at the begining of the rainy season the highest phytoplanktonic density was observed (13,590 ind/ml) with 18 abundant taxa, in special Nephrochlamys allantoidea (Chlorophyceae) and Phacus dangeardi (Euglenophyceae). The water was warm (24º-26º), lightly acid through alkalin and meso to oligotrophic.
  • Influence of bauxite tailings on the structure of the benthic macroinvertebrate community in an Amazonian Lake (Lago Batata, Pará - Brazil) Ecology

    FONSECA, J. J. L.; ESTEVES, F. de A.

    Abstract in Portuguese:

    Esta pesquisa foi desenvolvida entre 1993 e 1996 com o objetivo de estudar a estrutura da comunidade de macroinvertebrados bentônicos, relacionando-a a algumas variáveis abióticas, em um lago amazônico (lago Batata), que recebeu durante dez anos rejeito de bauxita. Os macroinvertebrados bentônicos foram coletados com um coletor tipo core e as variáveis abióticas medidas foram: oxigênio dissolvido, material em suspensão, profundidade, transparência (disco de secchi), temperatura da coluna d’água e nitrogênio total, fósforo disponível e matéria orgânica do sedimento. A partir da aplicação da Análise de Componentes Principais (PCA) foi possível demonstrar que as estações de coleta foram diferenciadas em relação às variáveis abióticas, principalmente em relação às concentrações de N-total, P-disponível e matéria orgânica do sedimento, sendo encontradas em maiores concentrações nas estações naturais. A PCA referente à comunidade de macroinvertebrados bentônicos também distinguiu as estações naturais da estação impactada. A estação impactada foi positivamente agrupada à Ephemeroptera (Campsurus sp.) e as estações naturais à Chironomidae, Chaoboridae, Oligochaeta e Bivalvia. Os resultados obtidos nesta pesquisa evidenciaram que as áreas impactadas com rejeito de bauxita apresentaram alteração das características abióticas e da estrutura das comunidades de macroinvertebrados bentônicos.

    Abstract in English:

    This research was developed between 1993 and 1996, aiming to study the structure of the benthic macroinvertebrate community, relating it to some abiotic variables, in an amazonian lake (lago Batata), that received for ten years a great amount of bauxite tailings. The benthic macroinvertebrates were collected with a core and the abiotic variables that were measured were: dissolved oxygen, suspended material, depth, transparency (secchi disc), temperature of the water column and total nitrogen, available phosphorus and organic matter in the sediment. With the use of a Principal Components Analysis (PCA), we were able to show that the sampling sites differed regarding the abiotic variables, especially total-N, available-P and organic matter in the sediment, all of which were found in greater concentrations in the natural areas. The PCA concerning the benthic macroinvertebrate community also distinguished the natural sites from the impacted one. The impacted site was positively grouped with the Ephemeroptera (Campsurus sp.) and the natural sites were grouped together with the Chironomidae, Chaoboridae, Oligochaeta and Bivalvia. The results achieved in this research made clear that the sites under influence of the bauxite tailings had alterations of their abiotic characteristics and of their benthic macroinvertebrate structure.
  • Sampling methods for rocky shores Ecologia

    SABINO, C. M.; VILLAÇA, R.

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo compara três metodologias de amostragem de costão rochoso: estimativa visual, pontos de interseção e raspagem total do substrato. No método de estimativa visual, variou-se o tamanho do amostrador e, no de pontos de interseção, o número de pontos marcados. As amostras foram coletadas no costão da praia do Forno, Búzios, RJ, em duas faixas, uma dominada fisionomicamente por Amphiroa sp. e a outra, por Sargassum furcatum. Foram aplicados testes de ANOVA e Kruskal-Wallis aos resultados encontrados, utilizando-se como variáveis os índices bionômicos de número de espécies, porcentagem total de recobrimento, índice de diversidade e índice de uniformidade. Os resultados provaram que nenhuma metodologia de amostragem semelhante mostrou-se estatisticamente diferente da outra. Existe diferença quando se comparam os métodos não-destrutivos ao método destrutivo. No entanto, amostradores com menor área ou menor número de pontos não amostram bem o índice número de espécies. Os métodos não apresentaram diferença significativa em relação à cobertura total e aos índices de diversidade e uniformidade, salvo algumas exceções. Os resultados do presente trabalho são aplicáveis apenas a comunidades de costão rochosos com perfis similares ao da comunidade estudada. A escolha do método deve ser considerada para cada situação.

    Abstract in English:

    This study compares three sampling methodologies of rocky shore communities: visual estimation, point intercept quadrats and destructive sampling. Visual estimation was performed in two sizes of sampling device and, point intercept quadrats was done with different numbers of marked dots. The sampling took place on the rocky shore of Forno beach, Búzios, RJ, in two different algae belts; one whose the landscape is characterized by Amphiroa sp., the other, Sargassum furcatum was the most conspicuous species. The data were analyzed by ANOVA and Kruskal-Wallis tests. Number of species, total percent cover, diversity and evenness indices were the variables used. The results shown that in general the methods compared were not statistically different one from the other in this community. There were significative differences between the methods when comparison was made between non-destructive and destructive sampling. However, smaller areas of sampling devices and fewer intercept points decreased the sampling power in respect of sampling species richness. All of the methods studied were considered similar in concern of total cover index and of diversity and evenness indices, with some exceptions. Present data are useful only for rocky communities with similar profiles. The choice of method must be made in regard of each situation.
  • The role of gallery forests in the distribution of cerrado mammals Ecology

    JOHNSON, M. A.; SARAIVA, P. M.; COELHO, D.

    Abstract in Portuguese:

    O bioma dos cerrados contém uma rica comunidade de mamíferos, com influência das matas Amazônica e Atlântica, principalmente observada nas matas de galeria. Neste trabalho, por revisão da literatura, foi demonstrado que a comunidade de mamíferos não voadores das matas de galeria no cerrado é distinta das comunidades de mamíferos de qualquer outro tipo de fisionomia do cerrado. Além disso, as matas de galeria contêm duas vezes mais espécies comuns às matas úmidas que às outras fisionomias do cerrado (sensu latu) reunidas. As matas de galeria parecem fornecer hábitat dentro do cerrado (sensu latu) para mamíferos das matas úmidas, aumentando a biodiversidade deste bioma. Assim, as matas de galeria podem funcionar como corredores de dispersão para estas espécies.

    Abstract in English:

    The Cerrado biome contains a rich mammal community, with an influence from the Amazonian and Atlantic rainforests, principally observed in the gallery forests. In this paper, through literature review, it is shown that the non-volant mammal community of the gallery forests is distinct from the mammal communities of any other physionomy of the Cerrado. Additionally, the gallery forests contain twice as many species common to the rainforests when compared to all the other physiognomies of the Cerrado combined. The gallery forests appear to provide habitat within the Cerrado for rainforest mammals, increasing the biodiversity of this biome. As such, gallery forests may function as dispersion corridors for these species.
  • Morphological description of the developmental stages of Parauchenipterus galeatus (Linnaeus, 1766) (Siluriformes, Auchenipteridae) on the floodplain of the upper Paraná River Zoology

    SANCHES, P. V.; NAKATANI, K.; BIALETZKI, A.

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve por objetivo descrever morfológica e morfometricamente os estágios de desenvolvimento de Parauchenipterus galeatus capturados na planície de inundação do alto rio Paraná. O material utlizado foi obtido através de desova induzida. A espécie apresentou ovos grandes, adesivos e com membrana dupla. Período de incubação longo (65 horas a 27°C). As larvas são bem desenvolvidas no momento da eclosão, apresentando desenvolvimento larval relativamente rápido. A análise dos dados morfométricos revela que P. galeatus apresenta crescimento proporcional das partes do corpo.

    Abstract in English:

    We provide morphological and morphometric descriptions of the developmental stages of Parauchenipterus galeatus, from the floodplain of the Upper Paraná River. Specimens were obtained by induced spawning. The species has large adhesive eggs with a double membrane. The incubation period is long, 65 hours at 27°C. The larvae are well developed at hatching, with relatively rapid larval development. Analysis of the morphometric data showed that the body parts of P. galeatus grow proportionately.
  • Morphometrical aspects of adults of Gratiana spadicea (Klug) Coleoptera, Chrysomelidae) from Southern Uruguay Zoology

    PONCE DE LEÓN, R.; FAILLA, G.; MORELLI, E.

    Abstract in Portuguese:

    Dados morfométricos do pronoto, do elitra e do comprimento total de machos e fêmeas adultos de uma população do sul do Uruguai são apresentados. A primeira descrição e ilustrações do edeago e da espermateca são fornecidos. Em termos de comprimento total, as fêmeas são significativamente maiores do que os machos. O coeficiente de variação das medidas do edeago variou de 3,7% a 7,7%, e o da espermateca, de 4,1% a 11,2%. O melhor valor para o coeficiente de determinação foi obtido para a regressão recíproca (1/Y = a + bX) do comprimento total do edeago versus o comprimento do apex à região basal do lobo mediano.

    Abstract in English:

    Morphometrical data of pronotum, elytra, and total length of adult males and females of a Gratiana spadicea population from southern Uruguay are given. Descriptions and illustrations of aedeagus and spermatheca are provided for the first time. Females were significatively larger than males in total length. The coefficient of variation of the aedeagus measures ranged from 3.7% to 7.7%, and those of the spermatheca from 4.1% to 11.2%. The best value for the coefficient of determination was obtained for the reciprocal regression (1/Y = a + bX) of the total length of the aedeagus versus the length from the apex to the basal region of the median lobe.
  • Spacial and temporal variation of marines catfishes on Sepetiba Bay, RJ Zoologia

    AZEVEDO, M. C. C.; ARAÚJO, F. G.; CRUZ-FILHO, A. G.; GOMES, I. D.; PESSANHA, A. L. M.

    Abstract in Portuguese:

    Bagres marinhos (Ariidae) são os mais abundantes recursos pesqueiros em arrastos de fundo na Baía de Sepetiba, RJ (Lat. 22º54’-23º04’S; Long. 43º34’-44º10’W), que é uma importante área de criação e alimentação de uma grande variedade de espécies de peixes na fase juvenil. Padrões espaciais e sazonais de distribuição dos bagres marinhos, baseados no número e no peso de peixes por arrasto, foram analisados com base em 151 amostragens de arrasto de fundo, em sete locais da Baía de Sepetiba, entre julho de 1993 e junho de 1996. Para comparações espaciais da área de estudo, estabeleceu-se como zona interna a região situada no interior da Baía e como zona externa a área com maior influência das águas oceânicas. Juntamente com os arrastos de fundo, foram feitas medições da temperatura e salinidade da água de superfície e de fundo, da transparência e da profundidade. Um padrão de variação espacial baseado nos fatores ambientais, através da análise multivariada, é apresentado com maiores profundidades e transparências na zona externa e menores na zona interna, com pequeno gradiente de aumento de salinidade da zona interna para a zona externa. Somente a temperatura apresentou sazonalidade. Cinco espécies de bagres marinhos foram registradas, na seguinte ordem decrescente de abundância numérica: Genidens genidens (Valenciennes, 1839), Cathorops spixii (Agassiz, 1829), Sciadeichthys luniscutis (Valenciennes, 1840), Netuma barba (Lacépède, 1803) e Bagre marinus (Mitchill,1814). Um padrão de variação espacial na distribuição dos bagres marinhos na Baía de Sepetiba foi apresentado, com as quatro mais abundantes espécies distribuindo-se principalmente na zona interna da Baía, com indicações de separação espacial entre as mesmas. G. genidens foi abundante em todas as estações de coleta da zona interna da Baía, C. spixii apresentou distribuição mais restrita na zona interna e N. barba, nas proximidades da embocadura do Rio Guandú, enquanto S. luniscutis apresentou ampla distribuição na zona interna e externa da Baía.A sazonalidade não foi marcada para essas espécies. Estratégias de separação espacial podem estar explicando a coexistência em elevada abundância de bagres marinhos na Baía de Sepetiba, que funciona como área de criação desses peixes, os quais encontram nas menores profundidade e transparência da zona interna condições favoráveis para o desenvolvimento de seus ciclos de vida.

    Abstract in English:

    Marine catfishes (Ariidae) are abundant fishery resource in the Sepetiba Bay, Rio de Janeiro State (Lat. 22º54’-23º04’S; Long. 43º34’-44º10’W), that is considered an important rearing area to a great number of juvenile fish. Artisanal fisheries are important economic activity in the region. Spatial and seasonal distribution and relative abundance of marine catfish, based on the number and weight of fish catched per sample (Catch per Unit Effort = CPUE) were assessed based on 151 otter trawl sampling in seven sampling sites in the Sepetiba Bay, between July 1993 and June 1996. For spatial comparisons, the study area was devised in an inner zone, located in the inner Bay and an outer zone, near to the sea limit. Environmental parameters of surface and bottom water temperature and salinity, transparency and depth were recorded at each sampling. A spatial variation pattern, assessed by multivariate methods, is shown with higher depths and transparencies in the outer bay and lower in the inner bay, while salinity seems to decrease slightly toward the inner bay. Only temperature showed seasonal variation. Five marine catfish species were recorded in the following order of decreasing numerical abundance: Genidens genidens (Valenciennes, 1839), Cathorops spixii (Agassiz, 1829) Sciadeichthys luniscutis (Valenciennes, 1840), Netuma barba (Lacepéde, 1803) and Bagre marinus (Mitchill, 1814).The top four abundant marine catfish occur in higher abundance in the inner Bay, with indication of spatial separation within this area. G. genidens was abundant over all sampling sites in the inner Bay, while C. spixii showed a narrower distribution in this area. N. barba concentrated near to Guandú River estuary, and S. luniscutis showed an ample distribution over all the Bay. Seasonally was not marked for all species. Strategies of spatial separation may be explaining the coexistence of marine catfish in high abundance in the Sepetiba Bay, which is used as fish rearing area mainly due the low depths and transparencies, favorable conditions to their early life cycle development.
  • New records of larval hostplants for ithomiinae butterflies (Nymphalidae) Zoology

    COSTA, F. A. P. L.

    Abstract in Portuguese:

    Dezessete novos registros de plantas hospedeiras das larvas são relatados para borboletas Ithomiinae (Lepidoptera: Nymphalidae) no sudeste de Minas Gerais e um em Brasília, DF. No atual estágio de conhecimento, generalizações sobre os hábitos alimentares das larvas desses insetos podem ser prematuras.

    Abstract in English:

    Seventeen new records of larval hostplants are given for Ithomiinae butterflies (Lepidoptera: Nymphalidae) in southeastern Minas Gerais, and one in Brasília, DF. At the present state of knowledge, generalizations about larval feeding habits of these insects may be premature.
  • Body size in natural populations of Didelphis (Mammalia:Marsupialia) from Southern Brazil Zoologia

    CÁCERES, N. C.; MONTEIRO-FILHO, E. L. A.

    Abstract in Portuguese:

    Atualmente, poucos são os dados biométricos de marsupiais disponíveis no Brasil considerando-se sua riqueza de espécies. Baseando-se nisto, as relações de tamanho corporal de populações naturais do gambá-de-orelha-branca, Didelphis albiventris, e do gambá-de-orelha-preta, D. marsupialis, foram verificadas em dois remanescentes florestais de Curitiba, Sul do Brasil, entre fevereiro de 1995 e fevereiro de 1997. Como resultado, houve uma forte relação entre a erupção de dentes, o peso e a maioria das medidas corporais obtidas de ambas as espécies. Em conseqüência, parâmetros como o comprimento da cabeça podem ser utilizados para estimar os demais parâmetros corporais dos marsupiais estudados. Foi também observado dimorfismo sexual quanto ao tamanho corporal e formato da cabeça para D. marsupialis. Comparativamente, as fêmeas adultas de D. albiventris apresentam maior tamanho que as fêmeas adultas de D. marsupialis, pelo menos no Sul do Brasil. Houve evidências de que alguns Indivíduos podem ter um aumento em seu peso corporal durante o outono, talvez como uma maneira de suportar a estação com menor disponibilidade de alimentos. Por outro lado, D. albiventris armazena gorduras mais freqüentemente, independente da estação do ano. Assim, as estratégias adaptativas de ambas as espécies de marsupiais quanto ao tamanho corporal no Sul do Brasil apresentaram algumas diferenças e provavelmente são resultantes de modos de vida também diferentes, apesar de seu parentesco próximo.

    Abstract in English:

    Nowaday, data about marsupial biometry are poorly available in Brazil, considering the high richness of marsupial species in this country. Then, relationships of body size and sexual dimorfism of natural populations of the white-eared opossum, Didelphis albiventris, and of the common opossum, D. marsupialis, were studied in two mixed forests of Curitiba, southern Brazil, between February 1995 and February 1997. As a result, there was a strong relationship among the teeth emergence, weight and several body measures obtaIned from opossums. Hence, measures as the head length may be used to estimate other measures of the body. Sexual dimorfism was also verified in relation to the body size and the head shape for the common opossum. Adult females of the white-eared opossum proved to be bigger than adult females of the common opossum. Besides, some individuals of both species had an increase in their weight during the autumn probably to support the low food available’ season. However, the white-eared opossum usually storages more fat that the common opossum in any season. Therefore, the adaptative strategies of both species revealed different among themselves in southern Brazil and probably are results of different life histories, despite their related kinship.
  • Entropy, information, and water stress in Eucaliptus camadulensis in vitro Botânica

    SOUZA, G. M.; VILLA NOVA, N. A.; GONÇALVES, A. N.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho objetivou explorar uma nova linha de estudo sobre desenvolvimento de plantas por meio da interpretação de seus estados entrópicos. Em Eucalyptus camadulensis cultivados in vitro em diferentes condições de deficiência hídrica, estes foram avaliados por meio de sua produção de matéria seca utilizando-se as funções de entropia de Clausius e Shannon. O material submetido à deficiência hídrica obedeceu ao segundo princípio da termodinâmica, comportando-se como uma estrutura dissipativa. À medida que houve um aumento na produção de entropia, houve uma menor diferenciação dos tecidos foliares, ou seja, uma redução do nível de organização da planta, principalmente a partir do potencial osmótico de -1,5 MPa. A eficiência termodinâmica ideal para o material analisado encontra-se entre 0,57% e 0,62%.

    Abstract in English:

    The aim of this was to explore a new approach on plant development through the interpretation of their entropic states. The Eucaliptus camadulensis entropic states, in vitro cultivated under water deficit conditions, were evaluated through the dry matter production utilizing the Clausius and Shannon functions. The plants cultivated under water deficit followed the thermodynamic second law like a dissipative structure. Whereas the entropic production increased the leaf tissues diffrentiation decreased, there was a reduction of the plant organization, mainly at the -1.5 MPa osmotic potencial. The ideal thermodynamic efficiency for the analised material was between 0.57% and 0.62%.
  • Actual and potential heterotrophicneutrogen fixation and detrification rates of oryza glumaepatula Steud in an amazonian lake Botany

    ENRICH-PRAST, A.; ESTEVES, F. A.; BIESBOER, D. D.

    Abstract in Portuguese:

    Foram estimadas taxas reais e potenciais de fixação heterotrófica de nitrogênio (FHN) e de desnitrificação pela metodologia da redução de acetileno e inibição por acetileno, respectivamente. Estas taxas foram determinadas para raízes e colmos de uma espécie selvagem de arroz, Oryza glumaepatula , presente no lago Batata, um ecossistema impactado pelo lançamento de rejeito de bauxita. Foram escolhidas duas estações de coleta no lago Batata: uma localizada na área natural e outra localizada na área impactada por rejeito de bauxita. Os experimentos foram realizados nos dois períodos mais representativos do pulso hidrológico: seca (dezembro) e cheia (julho). Foram determinadas: a) taxas reais de FHN e desnitrificação e b) taxas potenciais de FHN após a adição de glicose de taxas potenciais de desnitrificação após a adição de glicose, nitrato e nitrato + glicose. O processo de FHN excede o processo de desnitrificação nesse sistema. Os processos de FHN e de desnitrificação foram maiores em raízes do que em colmos de O. glumaepatula , porém nenhuma correlação foi encontrada entre estas taxas e a profundidade da água. Verificou-se que a glicose e o nitrato foram os fatores controladores dos processo de FHN e desnitrificação, respectivamente, em raízes e colmos de O. glumaepatula . Os processos de HNF e desnitrificação em perifíton associado a O. glumaepatula parecem não apresentar diferenças entre as áreas impactada e não-impactada.

    Abstract in English:

    Estimates of the rates of heterotrophic nitrogen fixation (HNF) and denitrification by acetylene reduction and acetylene inhibition, respectively, were determined for the roots and culms of wild rice, Oryza glumaepatula, in Lake Batata, a lake severely impacted by the dumping of bauxite tailings into the lake basin. Two stations were established in different parts of the lake: one in a natural area and other in an impacted area of the lake. Plant assays were performed during the principle hydroperiods of dry (December) and flood (July) to determine both: a) Actual rates of HNF and denitrification, and b) potential rates of HNF after amending with glucose potential rates of denitrification after amending with glucose, glucose + nitrate, or nitrate alone. HNF was found to naturally exceed denitrification in this system. HNF and denitrification were consistently found to be greater for roots than culms but no correlation was found between rates of HNF or denitrification and water depth. It was determined that for HNF and denitrification that glucose and nitrate were the limiting factors in controlling those processes in roots and culms of O. glumaepatula . HNF and denitrification of O. glumaepatula does not appear to show differences between impacted and non-impacted areas.
  • Kinetics aspects of wood sheets decay on aquatic and terrestrial environments Botânica

    APRILE, F. M.; DELITTI, W. B. C.; BIANCHINI JR., I.

    Abstract in Portuguese:

    Foi estudada a cinética de decomposição de laminados de diversas espécies de madeiras em ambientes aquático e terrestre da Mata Atlântica. Amostras de laminados de cinco espécies de madeiras foram expostas sobre o solo da floresta, enquanto amostras de 12 espécies foram estudadas na lagoa presente na mesma área. Foram usadas bolsas de decomposição,"litter bags", para a avaliação direta da perda mensal de peso. No ambiente aquático verificou-se um período típico inicial com maior perda de peso, devido à lixiviação. A análise de correlação mostrou que a cor da madeira é inversamente relacionada à taxa de decomposição das angiospermas (r = - 0,95), mas a densidade das madeiras não é uma variável preditiva adequada. O processo foi mais rápido no ambiente aquático, como demostram os coeficientes de decomposição K (Olson, 1963) obtidos: Torresea cearensis, 0,63; Cordia goeldiana, 0,61; Myroscarpus sp., 0,46; Cedrela sp. 0,35; Swietenia macrophyla 0,31; Araucaria angustifolia 0,28; Pinus sp., 0,26; Phoebe porosa, 0,22; Machaerium villosum, 0,22; Dalbergia nigra, 0,21; Peltogyne discolor, 0,20; e Ocotea sp., 0,19. No solo os valores obtidos são os seguintes: Torresea cearensis, 0,48; Cordia goeldiana, 0,43; Phoebe porosa, 0,20; Cedrela sp., 0,20; e Pinus 0,16.

    Abstract in English:

    Decomposition rates of several wood especies was evaluated under aquatic and terrestrial environment in the Atlantic forest. Wood samples from five species were placed to decompose on the forest floor and twelve of them submerged in a lake, using the litter bags approach to evaluate directly the monthly progressive weight loss. Under lake conditions the decomposition presented tipical a initial period with faster weight loss due to leaching. Correlation analysis showed that wood color is inversely related with decomposition rates of angiosperms (r = - 0,95), but wood density is not a good predectivy variable. Decomposition was faster in the aquatic environment, as shown by coefficient K (Olson, 1963) verified for Torresea cearensis 0,63; Cordia goeldiana 0,61; Myroscarpus sp. 0,46; Cedrela sp. 0,35; Swietenia macrophyla 0,31; Araucaria angustifolia 0,28; Pinus sp. 0,26; Phoebe porosa 0,22; Machaerium villosum 0,22; Dalbergia nigra 0,21; Peltogyne discolor 0,20; and Ocotea sp. 0,19. The forest floor values was the following: Torresea cearensis 0,48; Cordia goeldiana 0,43; Phoebe porosa 0,20; Cedrela sp. 0,20; and Pinus 0,16.
  • Kinetics aspects of wood sheets decay on aquatic and terrestrial environments Botânica

    APRILE, F. M.; DELITTI, W. B. C.; BIANCHINI JR., I.

    Abstract in Portuguese:

    Um modelo cinético da decomposição de madeiras é proposto a partir de experimentos de degradação de laminados de madeira de 12 espécies vegetais. São discutidos aspectos do decaimento desses recursos em termos cinéticos nos ambientes aquático e terrestre. De modo geral, verificou-se que: 1. o potencial de decaimento dos laminados, em função da lixiviação e/ou mineralização de compostos lábeis, é baixo (menores que 15%), cabendo aos processos oxidativos das frações resistentes a principal rota de mineralização; 2. o meio aquático tendeu a favorecer os processos de dissolução e verificaram-se incrementos nos coeficientes de mineralização do material refratário.

    Abstract in English:

    A kinetic model for wood decomposition is proposed based on experimental data on the decomposition of wood from 12 species.The model takes into account the different decay coeficients for labile and recalcitrant compounds, in both terrestrial and aquatic ecosystems. It was verifed that: 1. the oxidation process of recalcitrant fractions are the main pathway for mineralization, because the leaching and/or mineralization of the labile compounds is low (less than 15%); 2. the aquatic environment favour the decay processes and the increase of mineralization coefficients of recalcitrant fractions.
  • Structure and degree of perturbation of mangroves at Tijuca Lagoon, Rio de Janeiro, RJ, Brazil Botânica

    SOARES, M. L. G.

    Abstract in Portuguese:

    A Lagoa da Tijuca, localizada ao sul da cidade do Rio de Janeiro, possui estreita faixa de manguezal distribuída de forma descontínua ao longo de suas margens. Os bosques de mangue apresentam grande variabilidade estrutural. Nos bosques monoespecíficos de Laguncularia racemosa, com dap médio entre 3,4 e 7,7 cm e altura média entre 4,5 e 7,7 m, há predomínio de indivíduos com menos de 10,0 cm de diâmetro. Nos demais pontos, observamos bosques mistos, mais desenvolvidos, dominados ora por Laguncularia racemosa, ora por Rhizophora mangle (dap médio entre 7,8 e 16,7 cm; altura média entre 6,8 e 16,1 m), ora por Avicennia schaueriana (dap médio de 7,1 cm e altura média de 5,3 m). A variabilidade estrutural observada é forte indício de área alterada. Observações feitas em manguezais do Sudeste do Brasil demonstram que bosques dominados por Laguncularia racemosa de pequeno porte são característicos de locais alterados em processo de recomposição. Um dos pontos estudados, caracterizado por bosque maduro de Rhizophora mangle, bastante desenvolvido para os padrões estruturais do litoral sudeste do Brasil, encontra-se comprometido pela presença de Acrostichum sp., espécie invasora que está inibindo o desenvolvimento de plântulas de R. mangle. O fato está relacionado à alta deposição de sedimentos finos, elevando a cota do terreno e reduzindo a influência das marés.

    Abstract in English:

    The Tijuca Lagoon is located south of Rio de Janeiro City. It is bordered by a discontinued and narrow belt of mangrove trees. Mangrove forests have a high structural variability. Of the eighteen stands studied there are monospecifics stands of Laguncularia racemosa with dbh between 3.4 and 7.7 cm and height between 4.5 and 7.7 m, dominated by trees with dbh less than 10.0 cm. At the other stands, occur mixed forests, structuraly more developed, sometimes dominated by Laguncularia racemosa, sometimes by Rhizophora mangle (dbh between 7.8 and 16.7 cm; height between 6.8 and 16.1 m, prevailing trees with dbh greater than 10.0 cm). There are also mixed stands dominated by Avicenia schaueriana (dbh of 7.1 cm and 5.3 m high, predominating individuals over 10.0 cm in dbh). The structural variability observed, is strong evidence of an altered landscape. Observations on mangrove forests at southeastern Brazil show that stands dominated by Laguncularia racemosa with low dbh are typical of degraded sites in process of restoration. The structure that is quite close to that of the original forest is represented by the most developed stands (high dbh and height). One of the studied stands, with mature forest of Rhizophora mangle, high developed for the structural patterns of mangrove at the southeastern Brazil is jeopardized by the invasion of Acrostichum sp., wich is preventing the development of R.mangle saplings. This invasion is related to a high deposition of mud, wich rose the substrate, reducing tide inundation.
  • Mitogenic activity of fetal bovine serum, fish fry extract, insulin-like growth factor-I, and fibroblast growth factor on brown bullhead catfish cells - BB line Cellular Biology

    CYRINO, J. E. P.; MULVANEY, D.R.

    Abstract in Portuguese:

    Foram avaliados os efeitos de diferentes níveis de suplementação do meio de cultivo com soro fetal bovino (FBS), extrato de larvas de peixe (FE), combinações de FBS e FE e adição de fator de crescimento semelhante à insulina I (IGF-I) e fator de crescimento fibroblástico (FGF), na proliferação da linhagem de células somáticas do bagre "brown bullhead" (BB). Os tratamentos (n = 4) utilizados foram: suplementação do meio de cultivo com 2,5, 5, 10% e 15% FBS ou FE, ou 5/2,5, 5/5, 10/2,5 e 10/5 da combinação FBS/FE ou, ainda, a adição de 0,1, 1, 2,5, 10, 25 e 75 ng/ml de IGF-I ou FGF ao meio de cultivo. Foi utilizada uma densidade inicial de 1,1 x 10(6) células/câmara, em placas não recobertas de 24 câmaras. A temperatura de incubação foi de 29,5 ± 0,7ºC. Seis horas após plaqueamento, o meio de cultura inicial foi removido das placas; estas foram enxaguadas com solução salina fosfatada tamponizada de Dulbecco, o meio experimental foi adicionado e as células ficaram em proliferação por 24 horas. Um bioensaio paralelo foi conduzido utilizando-se a linhagem celular mioblástica Omega de ratos (RMo), utilizando-se os mesmos níveis de suplementação do meio com FBS, FE e FBS/FE, tendo por meio básico de cultivo o meio Dulbecco’s MEM. A densidade inicial de células/câmara era de 7,2 x 10(6) células e o bioensaio foi conduzido a 36 ± 0,5ºC em uma incubadora com atmosfera de 95% de ar e 5% de CO2. O aumento nos níveis de suplementação com FBS tiveram um efeito positivo (P < 0,05) na proliferação das linhagens BB e RMo. Níveis crescentes de FE tiveram um efeito negativo (P < 0,05) na proliferação de BB e inibiram totalmente a proliferação de RMo em qualquer nível de suplementação. O aumento nos níveis de FE nas combinações FBS/FE tiveram um efeito negativo na proliferação tanto de BB como RMo (P < 0,05). O IGF-I teve um efeito positivo quadrático (P < 0,05) na proliferação das células BB. Aparentemente, fatores de crescimento de mamíferos estimulam discretamente a atividade mitogênica de células de peixes, enquanto os fatores de crescimento contidos no FE inibem a atividade mitogênica tanto da linhagem BB quanto da linhagem RMo.

    Abstract in English:

    Biossays were performed to assess the effects of different levels of growth medium supplementation with fetal bovine serum (FBS), fish fry extract (FE), combinations of FBS and FE, and addition of insulin-like growth factor I (IGF-I) and fibroblast growth factor (FGF) on the proliferation of brown bullhead catfish cells (BB line). Treatments (n = 4) were: 2.5, 5, 10, and 15.0% FBS or FE and 5/2.5, 5/5, 10/2.5, and 10/5 of a FBS/FE combination as supplement to the growth medium, or the addition of 0.1, 1, 2.5, 10, 25, and 75 ng/ml of either IGF-I or FGF to the growth media. Initial cell density was 1.1 x 10(6) cells per well on uncoated 24-well plates. Incubation temperature was 29.5 ± 0.7ºC. Six hours after plating, initial culture medium was removed, plates rinsed with Dulbecco’s phosphate buffered saline, treatment media added, and cells allowed to proliferate for 24 hours. Another bioassay was performed with rat myoblast omega cells (RMo) using the same levels of growth medium supplemented with FBS, FE and FBS/FE. Base growth medium was Dulbecco’s MEM. The initial cell density was 7.2 x 10(6) cells per well, and the bioassay was carried out at 36.0 ± 0.5ºC, on a 95% air, 5% CO2 incubator. Increasing levels of FBS had a positive effect (P < 0.05) on the proliferation of both BB and RMo cells. Increasing levels of FE had a negative effect (P < 0.05) on the proliferation of BB cells and totally inhibited the proliferation of RMo cells at any level of supplementation. Higher levels of FE on the FBS/FE combinations presented a negative effect on the proliferation of both BB and RMo cells (P < 0.05). Insulin-like growth factor I had a positive quadratic effect (P < 0.05) on the proliferation of BB cells. Apparently, mammalian growth factors slightly stimulated mitogenic activity in fish cells, while FE contained factors which inhibited the mitogenic activity of RMo and BB cell lines.
  • Gill infection of Leporinus macrocephalus Garavello & Britski, 1988 (Osteichthyes: Anostomidae) by Henneguya leporinicola n. sp. (Myxozoa: Myxobolidae). Description, histopathology and treatment Cellular Biology

    MARTINS, M. L.; SOUZA, V. N. de; MORAES, J. R. E de; MORAES, F. R de

    Abstract in Portuguese:

    Piauçus (Leporinus macrocephalus) criados em viveiro de 300 m² (densidade de 10 peixes/m²) apresentavam sinais de asfixia e mortalidade diária de 27 peixes. Exemplares com 8 cm em média foram examinados quanto à presença de lesões e seus possíveis agentes. Muco da superfície corporal e fragmentos de órgãos foram colhidos e examinados à microscopia de luz, em esfregaços a fresco ou corados ou em cortes histológicos. O exame dos esfregaços mostrou a presença de inúmeros esporos entre as lamelas secundárias dos filamentos branquiais, identificados como Henneguya leporinicola n.sp (Myxozoa: Myxobolidae). À histopatologia verificou-se marcada hiperplasia epitelial com preenchimento dos espaços entre as lamelas secundárias, congestão e teleangiectasia sinusoidal. Observou-se ainda hiperplasia de células caliciformes e inúmeros cistos do parasito, com até 70,3 mim de diâmetro, localizados entre as lamelas secundárias, recobertos ou não pelo epitélio hiperplásico. Estabelecido o diagnóstico foram realizadas três aplicações de formalina na dose de 10 ml/m³ de água. Após 15 dias da última dose do tratamento, os peixes foram novamente examinados, constatando-se a eficácia das medidas adotadas para interromper a mortalidade, a enfermidade e combater o parasitismo. As únicas alterações teciduais presentes nas brânquias nesse último exame foram moderada congestão sinusoidal e discreta hiperplasia epitelial na base das lamelas secundárias.

    Abstract in English:

    Piauçus (Leporinus macrocephalus), were raised in 300 m² ponds (density of 10 fish/m²) presenting asphyxia signals and daily mortality of 27 fishes. Specimens with 8-cm total body length, were collected for necropsy. Mucus of body surface and pieces of organs were collected and examined microscopically, in wet mounts, stained or in histological sections. The smears examination showed the presence of several spores in the secondary lamellae of the gill filaments, identified as Henneguya leporinicola n.sp (Myxozoa: Myxobolidae). Histopatological study showed epithelial hyperplasia and fulfilling of the spaces between the secondary lamellae, congestion and teleangiectasia sinusoidal. It was also observed hyperplasia of the goblet cells and several cysts of parasite with 70.3mum diameter. Such cysts were situated among the secondary lamellae, covered or not by the hyperplasic epithelium. With this diagnostic, three applications of formalin solution 10 ml/m³ were carried out. Fifteen days after that, fish were examined again to ascertain whether the treatment was efficient on disease caused by the protozoa. The tissue alterations present in the gills after the treatment were just a moderate sinusoidal congestion and a slight epithelial hyperplasia on the base of the secondary lamellae.
Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brazil, Tel. / Fax: +55 16 271-5726 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb.iie@terra.com.br