Avaliação dos escores da Society of Thoracic Surgeons para cirurgia de revascularização miocárdica isolada em uma população brasileira

Objetivo:

Relatar a experiência com o "Society of Thoracic Surgeons scoring system" em uma amostra de pacientes da população brasileira submetida a cirurgia de revascularização miocárdica isolada.

Métodos:

Foram coletados dados de janeiro de 2010 até dezembro de 2011 e analisados para determinar o desempenho do "Society of Thoracic Surgeons scoring system" na determinação de mortalidade e morbidade pós-operatória, utilizando o método da característica de operação do receptor (ROC-curve) e tes tes Chi-quadrado e Hosmer-Lemeshow para qualidade de ajus te. Das 1083 cirurgias cardíacas realizadas durante o período de estudo, 659 foram cirurgias de revascularização miocárdica que são aqui analisadas. A idade média foi de 61,4 anos e 77% dos pacientes eram homens.

Resultados:

Testes de bondade de ajustamento demonstraram boa calibração tanto para mortalidade (X2=6,78, P=0,56) quanto para morbidade geral (X2=6,69, P=0,57). A análise da área sob a curva ROC (AUC) demonstrou bom desempenho para detectar o risco de morte (AUC 0,76; P<0,001), insuficiência renal (AUC 0,79; P<0,001), ventilação prolongada (AUC 0,80; P<0,001), reoperação (AUC 0,76; P<0,001) e morbidade maior (AUC 0,75; P<0.001) que representa a combinação das complicações avaliadas. O escore Society of Thoracic Surgeons não apresentou resultados comparáveis para internação de curta duração, internação hospitalar prolongada e não pôde ser adequadamente testado para acidente vascular cerebral e infecção de ferida operatória.

Conclusão:

O sistema de escore Society of Thoracic Surgeons apresentou boa calibração e discriminação em nossa população para a predição de mortalidade pós-operatória e para a maioria dos eventos adversos após cirurgia de revascularização miocár dica isolada. Análises de maiores amostras podem ser necessá rias para validar o método na população brasileira.

Controle de Risco; Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares; Revascularização Miocárdica; Complicações Pós-Operatórias; Curva ROC


Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Rua Afonso Celso, 1178 Vila Mariana, CEP: 04119-061 - São Paulo/SP Brazil, Tel +55 (11) 3849-0341, Tel +55 (11) 5096-0079 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjcvs@sbccv.org.br
Acessibilidade / Reportar erro