Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery, Volume: 28, Issue: 3, Published: 2013
  • Enhancing the quality of scientific research Editoriais

    Braile, Domingo M.
  • Deleterious effects of reprocessing guide wires: an alert Editoriais

    Godoy, Moacir Fernandes de
  • Screening of fetal congenital heart disease: the challenge continues Editorials

    Rocha, Luciane Alves da; Araujo Júnior, Edward; Nardozza, Luciano Marcondes Machado; Moron, Antonio Fernandes
  • New information technology in cardiac surgery: development of an applicative about ascending aortic aneurysm ("Aortic Surgery") Special Article

    Carvalho, Roberto Gomes de
  • The descending branch of the lateral femoral circumflex artery is a good option in CABG with arterial grafts Original Articles

    Gaiotto, Fábio Antonio; Vianna, Caio B.; Busnardo, Fabio F.; Parga, José R.; Dallan, Luis Alberto de Oliveira; Cesar, Luis A. M.; Stolf, Noedir A. G.; Jatene, Fabio B.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O ramo descendente da artéria circunflexa lateral é um enxerto pouco avaliado e pode ser uma opção para a revascularização do miocárdio. OBJETIVO: Avaliar a perviabilidade e o remodelamento arterial do ramo descendente da artéria circunflexa lateral, em três meses de seguimento, por meio de angiotomografia de artérias coronárias. MÉTODOS: Foram analisados 32 pacientes submetidos à revascularização do miocárdio com ramo descendente da artéria circunflexa lateral, artéria torácica interna esquerda e outros enxertos. A avaliação foi realizada por meio da tomografia computadorizada de alta resolução, realizada no 7º e 90º dias de pós-operatório. O diâmetro do ramo descendente da artéria circunflexa lateral foi medido 3 cm antes da anastomose distal, na porção média e 3 cm após a anastomose proximal. As mesmas medidas foram realizadas para a artéria torácica interna esquerda. Os diâmetros foram comparados pelo método t de Student pareado (significância P<0,05). RESULTADOS: O ramo descendente da artéria circunflexa lateral foi adequado para a utilização em 26 pacientes. Em seis (18%) pacientes, o ramo descendente da artéria circunflexa lateral era inviável. Em todos os casos, o ramo descendente da artéria circunflexa lateral foi empregado sob a forma de enxerto composto. Todos os pacientes receberam artéria torácica interna esquerda para o ramo descendente anterior. A perviabilidade do ramo descendente da artéria circunflexa lateral foi de 96% e 92%, em 7 e 90 dias de pós-operatório, respectivamente. Não foram detectadas oclusões da artéria torácica interna esquerda. Não foram detectados sinais de espasmo do ramo descendente da artéria circunflexa lateral. O ramo descendente da artéria circunflexa lateral apresentou aumento de diâmetro nas porções média (P=0,001) e distal (P=0,006) e a artéria torácica interna esquerda, aumento na porção média (P=0,001). CONCLUSÃO: O remodelamento positivo sugere que o ramo descendente da artéria circunflexa lateral tem comportamento semelhante à artéria torácica interna esquerda e pode ser uma excelente opção para a revascularização do miocárdio com enxertos arteriais. Em virtude das variações anatômicas, estudos de pré-operatório podem auxiliar na seleção de casos.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The descending branch of the lateral femoral circumflex artery is an option for coronary artery bypass grafting. OBJECTIVE: To evaluate the early patency and adaptation of lumen diameter using multidetector computed angiotomography. METHODS: Thirty-two patients were selected to undergo coronary artery bypass grafting using the descending branch of the lateral circumflex artery, the internal thoracic artery, and other grafts. Evaluations were carried out through high resolution computed tomography performed on the 7th and 90th postoperative day. Diameters of the descending branch of the lateral circumflex artery and the left internal thoracic artery were measured 3 cm before the distal anastomosis, in the middle portion, and 3 cm after the proximal anastomosis. Diameters were compared using paired t-test (P<0.05). RESULTS: Descending branch of the lateral femoral circumflex artery wDescending branch of the lateral femoral circumflex artery was used in 26 patients, as its use was not viable in six patients (18%). It was used as composite graft in all cases. The anterior descending branch was revascularized by the left internal thoracic artery in all cases. Patency rates of the descending branch of the lateral femoral circumflex artery were 96% and 92%, respectively. No occlusions were observed in the left internal thoracic artery (LITA) and no ischemic events were observed in the descending branch of the lateral circumflex. Descending branch of the lateral femoral circumflex artery increased the lumen diameter in the middle (P=0.001) and distal portions (P=0.006); the left internal thoracic artery (LITA) increased in the middle portion (P=0.001). CONCLUSION: Similar to the left internal thoracic artery, the descending branch of the lateral femoral circumflex artery showed high patency rate and positive luminal adaptation. This early evaluation confirms the descending branch of the lateral femoral circumflex artery as a potential alternative for grafting. Due to anatomical variations, preoperative femoral angiographic evaluation appears to be mandatory.
  • Minimally invasive redo mitral valve surgery without aortic crossclamp Artigos Originais

    Milani, Rodrigo; Brofman, Paulo Roberto Slud; Oliveira, Sergio; Patrial Neto, Luiz; Rosa, Matheus; Lima, Victor Hugo; Binder, Luis Fernando; Sanches, Aline

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Reoperações da valva mitral apresentam maior índice de complicações quando comparadas com a primeira cirurgia. Com o domínio das técnicas videoassistidas para as primeiras cirurgias da valva mitral, os casos de reoperações passaram a despertar interesse para esses procedimentos menos invasivos. OBJETIVO: Analisar os resultados e as dificuldades técnicas da retroca valvar mitral minimamente invasiva em 10 pacientes. MÉTODO: A circulação extracorpórea foi instalada por meio de colocação de cânulas femorais e cânula na veia jugular interna direita, conduzida em 28 graus de temperatura em fibrilação ventricular. Realizada toracotomia lateral direita com 5 a 6 cm no terceiro ou quarto espaço intercostal. Pericárdio foi descolado apenas na região do átrio esquerdo no ponto da atriotomia. A aorta não foi pinçada. RESULTADOS: Foram avaliados 10 pacientes com idade média de 56,9±10,5 anos. Quatro encontravam-se em ritmo de fibrilação atrial e 6 em ritmo sinusal. O tempo médio entre a primeira operação e a reoperações foi de 11 ± 3,43 anos. O EuroSCORE médio do grupo foi de 8,3 ± 1,82. O tempo médio de fibrilação ventricular e de circulação extracorpórea foi respectivamente 70,9 ± 17,66 min e 109,4 ± 25,37 min. O tempo médio de internamento foi de 7,6 ± 1,5 dias. Não houve óbitos nessa série. CONCLUSÃO: A reoperação da valva mitral pode ser feita por meio de técnicas menos invasivas com bons resultados imediatos e baixa morbimortalidade. Entretanto, esse tipo de cirurgia requer maior tempo de circulação extracorpórea, especialmente nos casos em que o paciente já tenha uma prótese. A presença de uma mínima insuficiência aórtica também torna esse procedimento tecnicamente mais desafiador.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Reoperations of the mitral valve have a higher rate of complications when compared with the first surgery. With the field of video-assisted techniques for the first surgery of mitral valve became routine, reoperation cases began to arouse interest for this less invasive procedures. OBJECTIVE: To assess the results and the technical difficulties in 10 patients undergoing minimally invasive redo mitral valve surgery. METHOD: Cardiopulmonary bypass was installed through a cannula placed in the femoral vessels and right internal jugular vein, conducted in 28 degrees of temperature in ventricular fibrillation. A right lateral thoracotomy with 5 to 6 cm in the third or fourth intercostal space was done, pericardium was displaced only at the point of atriotomy. The aorta was not clamped. RESULTS: Ten patients with mean age of 56.9 ± 10.5 years, four were in atrial fibrilation rhythm and six in sinusal. Average time between first operation and reoperations was 11 ± 3.43 years. The mean EuroSCORE group was 8.3 ± 1.82. The mean ventricular fibrillation and cardiopulmonary bypass was respectively 70.9 ± 17.66 min and 109.4 ± 25.37 min. The average length of stay was 7.6 ± 1.5 days. There were no deaths in this series. CONCLUSION: Mitral valve reoperation can be performed through less invasive techniques with good immediate results, low morbidity and mortality. However, this type of surgery requires a longer duration of cardiopulmonary bypass, especially in cases where the patient already has prosthesis. The presence of a minimal aortic insufficiency also makes this procedure technically more challenging.
  • Effects of reprocessing on chemical and morphological properties of guide wires used in angioplasty Original Articles

    Gelamo, Rogério Valentim; Sene, Eva Cláudia Venâncio de; Paiva, Luciana; Oliveira, Cristina da Cunha Hueb Barata de; Maltos, André Luiz; Schreiner, Wido H.; Moraes, Mário Bica de; Vaz, Alfredo R.; Moshkalev, Stanislav A.; Cunha, Daniel Ferreira da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar a influência das técnicas de reprocessamento de banho enzimático com limpeza ultrassônica e a esterilização com óxido de etileno nas propriedades químicas e estruturas morfológicas de revestimentos poliméricos de fios-guia usados como guias em cateteres regulares. MÉTODOS: Estas técnicas simulam a rotina de processamento de fios-guia em muitos serviços de hemodinâmica do Brasil e de outros países. Amostras de três diferentes fabricantes foram verificadas por microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de fotoelétrons de raios-X. RESULTADOS: Uma única ou dupla esterilização dos cateteres com óxido de etileno não foi associada a mudanças químicas ou morfológicas. Contudo, imagens de microscopia eletrônica de varredura mostraram que o método de lavagem foi associado a intensas modificações morfológicas, incluindo bolhas e buracos superficiais, assim como mudanças nas ligações químicas das camadas atômicas externas do revestimento polimérico, conforme demonstrado por resultados de espectroscopia de fotoelétrons de raios-X, compatível com extensas modificações químicas induzidas por esse processo de lavagem. CONCLUSÃO: O reprocessamento dos fios-guia de cateteres com óxido de etileno não está associado a mudanças químicas e morfológicas dos mesmos e pode ser considerado adequado para manter a integridade destes materiais. Entretanto, o método que combina lavagem química com vibração mecânica resulta em intensas deteriorações anatômicas e químicas, sugerindo que esse método de processamento deve ser desencorajado.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To investigate the influence of the reprocessing technique of enzymatic bath with ultrasonic cleaning and ethylene oxide sterilization on the chemical properties and morphological structure of polymeric coatings of guide wire for regular guiding catheter. METHODS: These techniques simulated the routine of guide wire reprocessing in many hemodynamic services in Brazil and other countries. Samples from three different manufacturers were verified by scanning electron microscopy and X-ray photoelectron spectroscopy. RESULTS: A single or double sterilization of the catheters with ethylene oxide was not associated with morphological or chemical changes. However, scanning electron microscopy images showed that the washing method was associated with rough morphological changes, including superficial holes and bubbles, in addition to chemical changes of external atomic layers of polymeric coating surfaces, as detected by the X-ray photoelectron spectroscopy method, which is compatible with extended chemical changes on catheter surfaces. CONCLUSION: The reprocessing of the catheters with ethylene oxide was not associated with morphological or chemical changes, and it seemed appropriate to maintain guide wire coating integrity. However, the method combining chemical cleaning with mechanical vibration resulted in rough anatomical and chemical surface deterioration, suggesting that this reprocessing method should be discouraged.
  • Randomized and comparative study between two intra-hospital exercise programs for heart transplant patients Original Articles

    Kawauchi, Tatiana Satie; Almeida, Patricia Oliva de; Lucy, Karen Rodrigues; Bocchi, Edimar Alcides; Feltrim, Maria Ines Zanetti; Nozawa, Emilia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar os efeitos de dois programas fisioterapêuticos de exercícios intra-hospitalares na função pulmonar e na capacidade funcional de pacientes no período pós-operatório de transplante cardíaco. MÉTODOS: Vinte e dois transplantados de coração foram randomizados em Grupo Controle (GC, n=11) e Grupo de Treinamento (GT, n=11). O GC realizou o programa de exercícios adotado como rotina na instituição e o GT realizou protocolo constituído de 10 fases, com exercícios incrementais: exercícios respiratórios, resistidos, alongamentos e caminhada. Os programas tiveram início no primeiro dia após a extubação e se estenderam até a alta hospitalar. Avaliou-se função pulmonar, distância percorrida no teste de caminhada dos seis minutos (TC6M) e força muscular periférica pelo teste de uma repetição máxima (1RM). RESULTADOS: Observou-se comportamento semelhante entre os dois grupos tratados, com aumentos estatisticamente significantes entre o primeiro e o segundo teste das variáveis: CVF (59% no GC; 35,2% no GT); PIMax (8,6% no GC; 53,5% no GT, PEMax (28,8% no GC; 40,7% no GT) e TC6M (44,5% no GC; 31,4% no GT). Houve aumento de força periférica pelo teste de 1RM para os músculos flexores de cotovelo, flexores de ombro, abdutores de quadril e flexores de joelho ao longo do tempo. CONCLUSÃO: Pacientes transplantados de coração se beneficiam da aplicação de programas de exercícios no período intra-hospitalar, independente do tipo de programa aplicado. Uma nova proposta de treinamento não resultou em superioridade em relação ao programa aplicado de rotina. Os protocolos de exercícios proporcionaram melhora das variáveis ventilatórias e da capacidade funcional dessa população.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To compare the effects of two physical therapy exercise in-hospital programs in pulmonary function and functional capacity of patients in the postoperative period of heart transplantation. METHODS: Twenty-two heart transplanted patients were randomized to the control group (CG, n=11) and training group (TG, n=11). The control group conducted the exercise program adopted as routine in the institution and the training group has had a protocol consisting of 10 stages, with incremental exercises: breathing exercises, resistance training, stretching and walking. The programs began on the first day after extubation and stretched until hospital discharge. Assessed pulmonary function, distance walked in six minutes walk test (6MWT) and peripheral muscle strength by one repetition maximum test (1RM). RESULTS: Similar behavior was observed between the two groups treated, with statistically significant increases between the first and second test of the following variables: FVC (59% in CG and 35.2% in TG); MIP (8.6% in CG and 53.5% in TG), MEP (28.8% in CG and 40.7% in TG) and 6MWT (44.5% in CG and 31.4% in TG). There was an increase of peripheral strength by 1RM test, over time, to the muscle groups of the elbow flexors, shoulder flexors, hip abductors and knee flexors. CONCLUSION: Heart transplant patients benefit from exercise programs in hospital, regardless of the program type applied. A new training proposal did not result in superiority compared to routine programme applied. Exercise protocols provided improves in ventilatory variables and functional capacity of this population.
  • Impact of aspirin use in the incidence of thromboembolic events after bioprosthesis replacement in patients with rheumatic disease Original Articles

    Durães, André Rodrigues; Durães, Milena Andrade Oliveira; Correia, Luis Claudio; Fernandes, André Mauricio Souza; Aras Junior, Roque

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Ainda existem controvérsias em relação à melhor estratégia de terapia antitrombótica nos três meses iniciais de pós-operatório de implante de bioprótese valvar cardíaca. Assim, os autores consideram relevante determinar a incidência contemporânea de episódios de isquemia cerebral nos meses iniciais (primeiros 90 dias de pós-operatório), e realizar uma comparação entre a aspirina isolada versus a não terapia antiplaquetária no mesmo contexto. MÉTODOS: Entre o período de janeiro de 2010 a julho de 2012, consecutivamente todos pacientes reumáticos com ritmo sinusal basal, que realizaram a substituição da valva mitral, e ou aórtica, por bioprótese (pericárdio bovino), foram incluídos neste estudo de coorte prospectivo, totalizando 184 pacientes. O desfecho primário avaliado foi a ocorrência de eventos embólicos. RESULTADOS: Nos primeiros 30 dias, três (5,2%) eventos isquêmicos cerebrais foram observados em pacientes do grupo aspirina, em comparação com dois (1,7%) eventos em pacientes sem terapia aspirina, RR = 3,18, 95% IC 0,5-19,6; P=0,33. Entre 31 e 90 dias do pós-operatório, nenhum paciente apresentou episódios de embolia cerebral ou periférica. A sobrevida livre de eventos embólicos, sangramentos e a sobrevida geral não foram estatisticamente significativas entre os grupos aspirina e não-aspirina. CONCLUSÃO: Constatou-se baixa incidência de eventos embólicos durante os primeiros 90 dias de pós-operatório de troca valvar por bioprótese envolvendo a posição mitral, e uma ainda menor para mesma situação para troca aórtica isolada. O uso da aspirina não influenciou de maneira significativa na redução de episódios tromboembólicos.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: There is still much debate regarding the kind of antithrombotic therapy in the immediate postoperative period of bioprosthesis replacement (first three months). Thus, the authors consider relevant to determine the contemporary incidence of thromboembolic events in rheumatic patients early after implantation of aortic and mitral bioprosthesis replacement (first 90 days in the post-operative period) and perform a comparison between isolated Aspirin uses versus no-antiplatelet therapy, in this same context. METHODS: Between the period of January 2010 to July 2012, all consecutive rheumatic patients, with basal sinus rhythm, who performed mitral and aortic valve replacement with bioprosthesis (pericardial bovine), were included in this prospective cohort study, 184 patients in total. The primary endpoint evaluated were the rate of embolic events. RESULTS: In the first 30 days, there were three cerebral ischemic events among patients treated in Aspirin group (5.2%) compared with two events in patients without Aspirin therapy (1.7%), HR = 3.18; 95% CI 0.5 to 19.6; P=0.33. Between 31 and 90 days postoperatively, no patient had a primary outcome. The embolism-free survival, bleeding events and the overall survival were not statistically significant between the aspirin and no-antiplatelet groups. CONCLUSION: In conclusion, in this prospective cohort of rheumatic patients, we found a low and very rare incidence rate of embolic events during the first 90 days postoperative period in mitral and isolated aortic position, respectively. The use of aspirin did not significantly reduce the rate of thromboembolism.
  • Risk factors for prolonged hospital stay after isolated coronary artery bypass grafting Original Articles

    Oliveira, Elayne Kelen de; Turquetto, Aída Luiza Ribeiro; Tauil, Pedro Luiz; Junqueira Jr, Luiz Fernando; Porto, Luiz Guilherme Grossi

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Características do paciente e da cirurgia de revascularização do miocárdio podem predispor à internação prolongada, aumentando custos e a morbimortalidade. OBJETIVO: Avaliar fatores de risco individuais e transoperatórios para internação prolongada na unidade de terapia intensiva e na enfermaria. MÉTODOS: Realizou-se estudo de caso-controle com 104 pacientes submetidos à revascularização do miocárdio isolada sob circulação extracorpórea. Consideraram-se casos os pacientes com internação >3 para terapia intensiva ou >7 dias para enfermaria. A associação entre variáveis foi estimada pelo teste do qui-quadrado e pela razão de chances (odds ratio-OR) empregando-se a regressão logística, ao nível de P<0,05. RESULTADOS: A permanência >3 dias na terapia intensiva ocorreu em 22,1% dos pacientes e >7 dias na enfermaria em 27,9%. Entre os fatores pré-operatórios, o diabetes (OR=3,17) e o tabagismo (OR=4,07) foram os preditores para permanência prolongada na terapia intensiva. Combinando-se as variáveis pré-, intra- e pós-operatórias, somente a ventilação mecânica por mais que 24 horas (OR=6,10) foi preditora para o desfecho na terapia intensiva. Para o desfecho na enfermaria, o preditor pré-operatório foi a fração de ejeção ventricular esquerda <50% (OR=3,04). Combinando os fatores pré- e intraoperatórios, o diabetes (OR=2,81) e, somando-se os pós-operatórios, a presença de infecção (OR=4,54), foram os preditores para internação prolongada na enfermaria. CONCLUSÃO: Diabetes e tabagismo foram os preditores para o desfecho na terapia intensiva, e a fração de ejeção <50% para a enfermaria. Para o conjunto dos fatores transoperatórios, internação prolongada após revascularização do miocárdio isolada associou-se à ventilação mecânica >24 horas para terapia intensiva e à presença de infecção para a enfermaria.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Characteristics of the patient and the coronary artery bypass grafting may predispose individuals to prolonged hospitalization, increasing costs and morbidity and mortality. OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate individual and perioperative risk factors of prolonged hospitalization in intensive care units and wards. METHODS: We conducted a case-control study of 104 patients undergoing isolated coronary artery bypass grafting with cardiopulmonary bypass. Patients hospitalized >3 days in the intensive care unit or >7 days in the ward were considered for the study. The association between variables was estimated by the chi-square test, odds ratio and logistic regression; P <0.05 was considered statistically significant. RESULTS: Hospital stay >3 days in the intensive care unit occurred for 22.1% of patients and >7 days in the ward for 27.9%. Among preoperative factors, diabetes (OR=3.17) and smoking (OR=4.07) were predictors of prolonged intensive care unit stay. Combining the pre-, intra-and postoperative variables, only mechanical ventilation for more than 24 hours (OR=6.10) was predictive of intensive care unit outcome. For the ward outcome, the preoperative predictor was left ventricular ejection fraction <50% (OR=3.04). Combining pre- and intraoperative factors, diabetes (OR=2.81), and including postoperative factors, presence of infection (OR=4.54) were predictors of prolonged hospitalization in the ward. CONCLUSION: Diabetes and smoking were predictors of intensive care unit outcome, and ejection fraction <50% of ward outcome. For the set of perioperative factors, prolonged hospitalization after isolated coronary artery bypass grafting was associated with mechanical ventilation >24 hours for the intensive care unit and presence of infection for the ward.
  • Factors associated to hypoxemia in patients undergoing coronary artery bypass grafting Original Articles

    Santos, Natália Pereira dos; Mitsunaga, Rodrigo Martins; Borges, Daniel Lago; Costa, Marina de Albuquerque Gonçalves; Baldez, Thiago Eduardo Pereira; Lima, Ilka Mendes; Moura, Karol Cristina Fonseca; Lula, Josimary Lima da Silva

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A hipoxemia é uma complicação pulmonar frequente no pós-operatório de revascularização miocárdica. A detecção de fatores associados a sua ocorrência pode indicar pacientes de risco para essa complicação, o que possibilita traçar terapêuticas específicas e, consequentemente, diminuir a morbi-mortalidade. OBJETIVO: Identificar fatores relacionados à ocorrência de hipoxemia no pós-operatório imediato de revascularização miocárdica. MÉTODOS: Nesta coorte retrospectiva, foram estudados 100 pacientes que se submeteram à cirurgia eletiva de revascularização miocárdica com uso de circulação extracorpórea, no período de abril de 2010 a dezembro de 2011, no Hospital Universitário de referência para cirurgia cardíaca no estado do Maranhão. Considerou-se hipoxemia índice de troca gasosa menor ou igual a 300 mmHg. A associação das variáveis perioperatórias com a ocorrência de hipoxemia foi definida por meio dos testes t de Student ou Mann Whitney, Qui-quadrado, teste G, ou Exato de Fisher, além de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Dentre as variáveis estudadas, o índice de massa corpórea elevado (P=0,036) e o tabagismo (P=0,024) apresentaram associação estatisticamente significante com a ocorrência de hipoxemia no pós-operatório imediato de revascularização miocárdica. A incidência de hipoxemia no pós-operatório imediato foi 55%. A ocorrência de hipoxemia não interferiu nos tempos de ventilação mecânica e de estadia na Unidade de Terapia Intensiva. CONCLUSÃO: Nesta amostra, houve associação entre o índice de massa corpórea e o tabagismo com a ocorrência de hipoxemia. Esses dados reforçam a importância da avaliação clínica para identificação do paciente de risco para ocorrência dessa complicação, já que esta apresenta elevada incidência no pós-operatório imediato.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Hypoxemia is a frequent pulmonary complication in the postoperative coronary artery bypass graft. Detection of factors associated with their occurrence may indicate patients at risk for this complication, which allows tracing specific therapeutic and consequently reduce morbidity and mortality. OBJECTIVE: To identify related factors to hypoxemia occurrence in immediate coronary artery bypass graft postoperative. METHODS: In this retrospective cohort study, we studied 100 patients submitted to elective om-pump artery bypass graft , between April 2010 and December 2011, at a reference university hospital for cardiac surgery in the state of Maranhão. It was considered hypoxemia gas exchange ratio less than or equal to 300 mmHg. Associated variables with perioperative hypoxemia were defined by the Student T test, G or Mann-Whitney tests, Chi-square, or Fisher's exact test and multiple linear regression. RESULTS: Among studied variables, high body mass index (P=0.036) and smoking (P=0.024) were significantly associated with hypoxemia in the immediate coronary artery bypass graft postoperative. Hypoxemia incidence in this period was 55% and did not affects mechanical ventilation duration and Intensive Care Unit lengh of stay. CONCLUSION: In this sample, body mass index and smoking were associated to hypoxemia. These data reinforce the importance of clinical assessment to identify patients at risk for this complication, considering its high incidence in immediate postoperative period.
  • Adult congenital heart disease: experience with the surgical approach Original Articles

    Amaral, Fernando Tadeu Vasconcelos; Rodrigues, Alfredo José; Manso, Paulo Henrique; Schmidt, André; Kolachinski, Maria Fernanda; Carbone, Clovis; Sgarbieri, Ricardo Nilson; Vicente, Walter Vilela de Andrade

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Relatar a experiência da instituição com o tratamento cirúrgico de adultos com cardiopatia congênita devido ao crescente aumento no número desses pacientes e consequentes necessidades de maior discussão do tema. MÉTODOS: Análise retrospectiva dos pacientes operados, com análise de dados demográficos, fatores de risco e resultados. RESULTADOS: Cento e noventa e um pacientes, com idade entre 16 e 74 anos, foram operados. Cirurgia primária foi realizada em 171 pacientes, 93 (55%) com comunicação interatrial. Dentre 20 (12%) reoperações, substituição de valva pulmonar ocorreu em seis casos. Os tempos médios de unidade de terapia intensiva e hospitalar foram 2,7 e 8,5 dias, respectivamente, maiores nas reoperações (P=0,001). Os tempos médios de circulação extracorpórea e pinçamento aórtico foram 68,6 e 44,7 minutos, respectivamente, maiores nas reoperações (P<0,0001 e P=0,0003, respectivamente). Mortalidade hospitalar foi 4,2%, sem relação com reoperação. Sexo masculino, classe funcional III-IV e idade avançada foram fatores preditivos de risco. Complicações importantes foram mais frequentes nas reoperações (P<0,003), principalmente fibrilação e flutter atrial. Entre 183 pacientes com alta hospitalar, 149 (82%) foram seguidos e a fibrilação e flutter atrial foram bastante prevalentes. O valor médio da classe funcional mudou significativamente após a cirurgia (1,66 para 1,11; P<0,0001). A estimativa de sobrevida geral foi de 96,2% em seis anos. CONCLUSÃO: Cirurgia em adultos com cardiopatia congênita pode ser realizada com baixa mortalidade e melhora funcional na maioria dos pacientes. Complicações imediatas e tardias são frequentes. Estudos multicêntricos são importantes para melhor caracterização dessa população de indivíduos no país.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To report the institution experience with the surgical treatment of adults with congenital heart disease due to the increasing number of these patients and the need for a better discussion of the subject. METHODS: Retrospective analysis describing demographic data, risk factors and results. RESULTS: 191 patients between 16 and 74 years old were operated on. Primary correction was done in 171 cases, 93 (55%) for atrial septal defect repair. Among 20 (12%) reoperations, pulmonary valve replacement was done in six cases. The mean intensive care and hospital stay were 2.7 and 8.5 days respectively, significantly greater for the reoperated cases (P=0.001). The mean bypass and clamping times were 68.6 and 44.7 minutes respectively, greater for the reoperated cases (P<0.0001 and P=0.0003 respectively). Hospital mortality was 4.2% and male sex, functional class III-IV and older age at operation were predictive risk factors. Significant complications were more frequent in the reoperated cases (P<0.003), mainly atrial flutter and fibrillation. Among 183 patients discharged, 149 (82%) are being followed and atrial flutter and fibrillation are common. The mean functional class value improved significantly after operation (1.66 to 1.11; P<0.0001). The estimated survival was 96.2% in six years. CONCLUSION: Heart surgery in adults with congenital heart disease can be accomplished with low mortality and functional class improvement. Immediate and late complications are frequent. Multicenter studies are important to better characterize this patient population in the country.
  • Effects of different PEEP levels on respiratory mechanics and oxygenation after coronary artery bypass grafting Original Articles

    Borges, Daniel Lago; Nina, Vinícius José da Silva; Costa, Marina de Albuquerque Gonçalves; Baldez, Thiago Eduardo Pereira; Santos, Natália Pereira dos; Lima, Ilka Mendes; Figuerêdo, Eduardo Durans; Lula, Josimary Lima da Silva

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes níveis de pressão expiratória positiva final na mecânica respiratória e nos índices de oxigenação no pós-operatório imediato de revascularização do miocárdio. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado no qual 136 pacientes submetidos à revascularização do miocárdio, entre janeiro de 2011 e março de 2012, foram distribuídos em três grupos e admitidos na ventilação mecânica com diferentes níveis de pressão expiratória positiva final: Grupo A, 5 cmH2O (n=44), Grupo B, 8 cmH2O (n=47) e Grupo C, 10 cmH2O (n=45), sendo os dados da mecânica respiratória obtidos do monitor do ventilador mecânico e os índices de oxigenação por meio de gasometria arterial coletada vinte minutos após a admissão na unidade de terapia intensiva. Não foram incluídos pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica, cirurgias associadas, de emergência ou sem circulação extracorpórea. Para análise estatística, empregaram-se os testes de Kruskal-Wallis, Teste G e Qui-quadrado, considerando os resultados significantes quando P<0,05. RESULTADOS: Os grupos apresentaram-se homogêneos em relação às variáveis demográficas, clínicas e cirúrgicas. Os pacientes ventilados com pressão expiratória positiva final de 10 cmH2O (Grupo C) apresentaram os melhores valores de complacência (P=0,04) e de resistência das vias aéreas, esta, porém sem significância estatística. Apresentaram, ainda, os melhores índices de oxigenação, com diferença estatística em todas as variáveis estudadas, além de menor frequência de hipoxemia (P=0,03). CONCLUSÃO: Níveis mais elevados de pressão expiratória positiva final no pós-operatório imediato de revascularização do miocárdio incrementaram os valores de complacência pulmonar e melhoraram os índices de oxigenação, resultando acarretando em menor frequência de hipoxemia.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To compare the effects of different levels of positive end-expiratory pressure on respiratory mechanics and oxygenation indexes in the immediate postoperative period of coronary artery bypass grafting. METHODS: Randomized clinical trial in which 136 patients underwent coronary artery bypass grafting between January 2011 and March 2012 were divided into three groups and admitted to mechanical ventilation with different positive end-expiratory pressure levels: Group A, 5 cmH2O (n=44), Group B, 8 cmH2O (n=47) and Group C, 10 cmH2O (n=45). Data about respiratory mechanics were obtained from mechanical ventilator monitor and oxygenation indexes from arterial blood gas samples, collected twenty minutes after intensive care unit admission. Patients with chronic obstructive pulmonary disease and patients submitted to off-pump, emergency or combined operations were not included. For statistical analysis, we used Kruskal-Wallis, G and Chi-square tests, considering results significant when P<0.05. RESULTS: Groups were homogeneous in terms of demographic, clinical and surgical variables. Patients ventilated with positive end-expiratory pressure of 10 cmH2O (Group C) had best compliance (P=0.04) and airway resistance values, this, however, without statistical significance. They also had best oxygenation indexes, with statistical difference in all analyzed variables, and lower frequency of hypoxemia (P=0.03). CONCLUSION: Higher levels of positive end-expiratory pressure in immediate postoperative period of coronary artery bypass grafting improved pulmonary compliance values and increased oxygenation indexes, resulting in lower frequency of hypoxemia.
  • Assessment of sternal closure using titanium plate Original Articles

    Arnoni, Renato Tambellini; Dantas, Daniel Chagas; Arnoni, Antoninho; Nigro Neto, Caetano; Abdulmassih Neto, Camilo

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A utilização de placas e parafuso para a mais rígida fixação do esterno, sem manter contato entre a porção superior do esterno e o mediastino. O estudo atual busca nova opção de placa, com um diferencial importante; a mesma não precisa ser retirada para que se proceda à abertura esternal em caso de necessidade emergente de abertura do osso. OBJETIVO: O presente estudo tem por objetivo avaliar a eficácia e a segurança de tal procedimento. MÉTODOS: Para tal, foram selecionados dez pacientes portadores de doença arterial coronária que não apresentassem importantes fatores de risco para mediastinite. As cirurgias foram, portanto, realizadas da maneira habitual, a todas os procedimentos em portadores de coronariopatias são feitas na Instituição. Somente no momento do fechamento esternal é que houve uma modificação, com a associação de fios de aço e placas. RESULTADOS: Todos os casos apresentaram fechamento esternal de forma adequada com boa evolução a médio prazo. CONCLUSÃO: O emprego das placas ENGIMPLAN se mostrou seguro e eficaz no fechamento esternal.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The use of plates and screws for more rigid fixation of the sternum, without maintaining contact between the upper portion of the sternum and mediastinum. The present study seeks new choice of plate with a significant difference, the same does not need to be removed in order to proceed to open when necessary sternal emerging opening of the bone. OBJECTIVE: The current study aims to evaluate the efficacy and safety of this procedure. METHODS: To this end, we selected ten patients with coronary artery disease have shown no significant risk factors for mediastinitis. The surgery was thus performed in the usual way that all patients with coronary artery disease surgeries are done at the institution. Only at the time of sternal closure is that there was a change, with the combination of steel wires and plates. RESULTS: All cases had sternal closure properly with good outcome in the medium term. CONCLUSION: The use of plates ENGIMPLAN proved safe and effective for sternal closure.
  • Unstable angina does not increase mortality in coronary artery bypass graft surgery Artigos Originais

    Sussenbach, Carolina Pelzer; Guaragna, João Carlos; Castagnino, Rômulo Soares; Piccoli, Jaqueline; Albuquerque, Luciano Cabral; Goldani, Marco Antônio; Petracco, João Batista; Bodanese, Luiz Carlos

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A cirurgia de revascularização do miocárdio muitas vezes é o tratamento de escolha de pacientes que sofrem angina instável. Não sabemos se essa condição acresce morbimortalidade nesse cenário. OBJETIVO: Comparar os desfechos dos pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio com quadro de angina instável com os pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio que não apresentaram angina instável. MÉTODOS: Coorte retrospectiva. A angina instável foi definida como síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento de ST e sem alteração enzimática e/ou angina classe IV. RESULTADOS: No período entre fevereiro de 1996 a julho de 2010, de 2.818 a cirurgia de revascularização do miocárdio isoladas realizadas, 1.016 (36,1%) pacientes apresentaram angina instável. A análise multivariada demonstrou que os pacientes com angina instável no pré-operatório utilizaram mais medicações como ácido acetilsalicílico, betabloqueador, heparina (anticoagulação plena), nitrato e menor necessidade de diureticoterapia, do que pacientes sem angina instável. Pacientes com angina instável utilizaram maior monitorização com Swan-Ganz e suporte com balão intra-aórtico do que os pacientes estáveis. Sobre os desfechos, necessitaram de maior tempo de internação (P=0,030) e apresentaram menor taxa de óbito (P=0,018) no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio isolada. CONCLUSÃO: Submeter pacientes a cirurgia de revascularização do miocárdio isolada na vigência de síndrome coronariana aguda como angina instável não elevou a taxa de mortalidade.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Coronary artery bypass graft is often the treatment of choice for patients who suffer from unstable angina. We do not know whether this condition adds morbidity in this scenario. OBJECTIVE: To compare the outcomes of patients undergoing coronary artery bypass graft with unstable angina framework with patients who underwent coronary artery bypass graft showed no unstable angina. METHODS: Retrospective cohort study. Unstable angina was defined as acute coronary syndrome without ST elevation and without enzymatic alteration and/or class IV angina. RESULTS: Between February 1996 and July 2010, to 2,818 isolated coronary artery bypass graft performed, 1,016 (36.1%) patients had unstable angina. Multivariate analysis showed that patients with preoperative unstable angina used more medications such as acetylsalicylic acid, beta-blocker, heparin (anticoagulation), nitrate and less need for diuretics than patients without unstable angina. Patients with unstable angina used increased monitoring with Swan-Ganz and support with intra-aortic balloon than stable patients. On outcomes, required longer hospitalization (P=0.030) and had a lower death rate (P=0.018) in the post-coronary artery bypass graft alone. CONCLUSION: Submit patients to coronary artery bypass graft in the presence of acute coronary syndrome such as unstable angina did not increase the mortality rate.
  • Ventricular assist device implantation with CentriMag VAS® for biventricular mechanical support Comunicações Breves

    Breda, João Roberto; Gaia, Diego Felipe; Macedo, Murilo; Motta, Pedro; Martins, Márcio; Alves, Daniel; Luppi, Andre; Palma, José Honório

    Abstract in Portuguese:

    Apesar dos avanços no tratamento de portadores de insuficiência cardíaca aguda, os resultados permanecem insatisfatórios nos portadores de choque cardiogênico refratário. Uma opção para o tratamento dessa desafiadora e grave situação clínica é o implante de dispositivos de assistência ventricular temporária. O objetivo desta comunicação é apresentar um caso de choque cardiogênico refratário, com indicação de assistência ventricular, que evoluiu com falência ventricular direita após o implante de assistência esquerda com necessidade de conversão para o suporte biventricular.

    Abstract in English:

    Despite recent advances in acute heart failure treatment, actual results remain limited in refractory cardiogenic shock. Temporary ventricular assist devices have emerged as an alternative in this serious and challenging medical. The purpose of this communication is to present a case of refractory cardiogenic shock, underwent temporary left ventricular assistance device implantation, progressing to right ventricular failure and conversion to biventricular support.
  • Presentation of a needle for direct or percutaneous myocardium stem cells injection Short Communications

    Soubihe Junior, Nathan Valle; Schmidt, Andre; Albuquerque, Agnes Afrodite Sumarelli; Evora, Paulo Roberto Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    O instrumento tem um mecanismo de bloqueio e é composto por uma agulha externa de ponta romba com vários furos de diâmetro de 0,5 mm. Internamente é equipada com uma agulha de mandril, que pode ser mobilizada ocluindo ou liberando os orifícios laterais. O procedimento para a produção de microlesões é feito por meio da troca do mandril de ponta romba por um mandril escova provido de microcerdas metálicas estruturalmente concebidas para preencher os orifícios com a exteriorização das pequenas cerdas. Como alternativa para mandril escova há um segundo mandril autoexpansível com o formato de uma pequena pena.

    Abstract in English:

    The instrument has a locking mechanism and is composed of an external needle with blunt tip, with multiple 0.5 mm diameter holes. Internally it is fitted with a mandrill needle, which can be mobilized inside occluding or releasing the lateral holes. The procedure for producing micro lesions is done by exchanging the blunt mandrill for a brush-mandrill, provided with micro bristles that are structurally designed to fill the holes with small exteriorization of bristles. As an option to brush mandrill there is a second self-expandable feather shaped mandrill.
  • Giant thymic cyst with atypical location: case report Relato De Caso

    Costa, Mário Augusto Cray da; Montemor Netto, Mário Rodrigues; Colman, Joelmir; Costa, Gabriela Cordeiro da

    Abstract in Portuguese:

    Paciente do sexo feminino, 47 anos, admitida com queixa de dispneia aos pequenos esforços como único sintoma. Exames clínico, eletrocardiográfico e de laboratório normais. Radiografia de tórax demonstrou massa em base de hemitórax direito, que a tomografia computadorizada de tórax revelou tratar-se de massa cística bem delimitada, medindo cerca de 11,3 x 10,6 x 10,9 cm, sugerindo o diagnóstico de cisto pericárdico. A paciente foi submetida a toracotomia direita para ressecção do cisto. A paciente evoluiu sem intercorrências. O resultado do exame anatomopatológico, ao contrário do esperado, diagnosticou cisto tímico.

    Abstract in English:

    A 47-year-old woman was admitted with a history of dyspnea on mild exertion as her only symptom. Clinical exam, laboratory tests, and electrocardiography were normal. Chest X-ray demonstrated right hemithorax base mass, and CT scan revealed a well-defined cystic mass measuring approximately 11.3 x 10.6 x 10.9 cm, suggesting the diagnosis of pericardial cyst. The patient underwent right thoracotomy for resection of the cyst. The patient's progress- was uneventful. The result of histopathological examination, contrary to expectations, revealed thymic cyst.
  • Letters to the Editor Cartas Ao Editor

  • Changing scientific communication Divulgação Científica

    Toledo, Karina
  • Cardiology in Brazilian scientific journals: an overview Retratação

    Patel, Kavita Kirankumar; Silva, Mauricio Rocha e
Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Rua Afonso Celso, 1178 Vila Mariana, CEP: 04119-061 - São Paulo/SP Brazil, Tel +55 (11) 3849-0341, Tel +55 (11) 5096-0079 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjcvs@sbccv.org.br