Estudo longitudinal de fatores associados à saúde do adolescente: Método e perfil amostral

Gustavo Aires de Arruda Diogo Henrique Constantino Coledam Francys Paula Cantieri Mauro Virgílio Gomes de Barros Diego Augusto Santos Silva Amanda Oliveira Bernardino Cavalcanti de Albuquerque Clara Maria Silvestre Monteiro de Freitas Arli Ramos de Oliveira Sobre os autores

Resumo

O objetivo deste trabalho foi descrever os procedimentos metodológicos de um estudo longitudinal sobre a saúde de adolescentes, bem como caracterizar o perfil da amostra. Participaram desta pesquisa 302 adolescentes (13,9±1,2 anos) de Londrina – Paraná. Duas coletas de dados foram realizadas com intervalo de três anos. Foram coletados indicadores antropométricos, pressão arterial, frequência cardíaca, dor na coluna, desempenho escolar, atividade física, comportamento sedentário, hábitos alimentares, consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo, condição socioeconômica e testes motores. Verificou-se frequência de pressão arterial elevada de 10,4%; índice de massa corporal em condições associadas com risco à saúde de 22,4%; e dor na coluna com intensidade moderada de 22,1%. A prática de esporte e/ou exercício físico (moderada à vigorosa; ≥150 minutos/semana) foi de 33,1%. O consumo elevado dos alimentos e bebidas não saudáveis variou de 21,2% (café ou chá) a 58,0% (frituras). Elevada proporção (87,1%) relatou nunca ter fumado. As prevalências de notas ≥ sete, variaram entre 21,4% (Biologia) e 71,1% (Educação Física). Apenas 33,2% tiveram desempenho escolar elevado. O maior atendimento de critérios foi no abdominal (76,4%) e o menor flexão de cotovelos (37,2%). Este trabalho possibilitará verificar a estabilidade de diferentes indicadores comportamentais e biológicos relacionados à saúde, bem como do desempenho escolar. Permitirá a identificação da associação entre desfechos em saúde e fatores de exposição de forma prospectiva, considerando a influência de potenciais variáveis de confusão. Tais informações podem contribuir para o planejamento de intervenções e políticas públicas na área da saúde.

Palavras-chave
Comportamento alimentar; Desempenho acadêmico; Hipertensão; Dor lombar; Obesidade

Universidade Federal de Santa Catarina Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Universitário Trindade, Centro de Desportos - RBCDH, Zip postal: 88040-900 - Florianópolis, SC. Brasil, Fone/fax : (55 48) 3721-8562/(55 48) 3721-6348 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: rbcdh@contato.ufsc.br