Accessibility / Report Error

Siliconomas

Siliconomas

INTRODUÇÃO: O silicone líquido industrial tem sido introduzido no organismo humano de forma clandestina, com a finalidade de corrigir defeitos, depressões, irregularidades e para aumentar volumes, tanto em mulheres como em homens ou transgêneros. Com tal uso, podem ocorrer várias complicações, tais como infecções, necroses teciduais e, mais tardiamente, a migração do produto, pelo sistema linfático, venoso ou mesmo pela força da gravidade. MÉTODO: Foram avaliados 11 pacientes portadores de siliconomas, pertencentes ao ambulatório do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário da UFJF e da Clínica Plastic Center, em Juiz de Fora, MG, no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2010. Desses, 7 eram do gênero masculino e quatro do gênero feminino, sendo que desse total, 3 eram transgêneros. Todos os pacientes referiam com clareza o material injetado em seus organismos e todos fizeram o procedimento em ambiente não hospitalar e por indivíduos leigos. CONCLUSÃO: Este artigo tem como objetivo maior esclarecer as consequências danosas que esse produto pode causar no organismo, como cicatrizes de grandes proporções e sequelas estéticas e funcionais.

Óleos de silicone; Óleos de silicone; Silicones


Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Rua Funchal, 129 - 2º Andar / cep: 04551-060, São Paulo - SP / Brasil, Tel: +55 (11) 3044-0000 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbcp@cirurgiaplastica.org.br