Revista Brasileira de Ciência Política, Issue: 12, Published: 2013
  • Apresentação: 500 anos de Maquiavel

    Miguel, Luis Felipe
  • II Principe e seus contratempos: De Sanctis, Croce e Gramsci

    Bianchi, Alvaro; Mussi, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    Com a constituição da moderna nação italiana, a partir de meados do século XIX, tornou-se característico do pensamento político da península o constante apelo à reconstrução de uma tradição intelectual nacional. Esta era parte dos desafios da construção de uma nova ordem política e social que orientava, entre outras coisas, um retorno à história do Renascimento e à figura de Nicolau Maquiavel. A partir de 1859, o Risorgimento italiano ganharia novo impulso e culminaria com a derrota do papado e a construção de uma nova nação entre 1861 e 1871. Ao longo dessa década, período de triunfo da unificação, foi preparado um retorno definitivo de Maquiavel à cultura italiana. O revigoramento da historiografia e da ciência política italiana não deixou de ser, assim, um reencontro com a tradição maquiaveliana. O Risorgimento foi, também, o renascimento de Maquiavel. Este ensaio busca analisar três momentos desse retorno, que foram, ao mesmo tempo, tentativas de um acerto de contas com uma história italiana que remonta ao século XVI, cristalizada nas obras de Francesco De Sanctis (1817-1883), Benedetto Croce (1866-1952) e Antonio Gramsci (1891-1937).

    Abstract in English:

    With the establishment of the modern Italian nation after the mid-nineteenth century, a constant appeal to the reconstruction of a national intellectual tradition became typical of the Peninsula's political thinking . The latter was part of the challenges of building a new political and social order that guided among other things, a return to the history of the Renaissance and to the figure of Niccolò Machiavelli. Italian Risorgimento would gain new thrust and come to an apex with the papacy's defeat and the construction of a new nation between 1861 and 1871. Along that decade - a time of triumph for unification, a definite return of Machiavelli to Italian culture was prepared. The reinvigoration of historiography and political science in Italy was, therefore, a sort of reencounter with Machiavellian tradition. The Risorgimento was also Machiavelli's rebirth. This essay seeks to examine three moments of this return, which were at the same time attempts to settle accounts with Italian history dating back to the sixteenth century, crystallized in the works of Francesco De Sanctis (1817-1883), Benedetto Croce (1866-1952), and Antonio Gramsci (1891-1937).
  • Da honra ao patrimônio: conflito social e instituições políticas nos Discorsi de Maquiavel

    Silva, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Uma das mais radicais inovações de Maquiavel na tradição de pensamento político republicano é a tese de que o conflito entre a nobreza e a plebe foi a "causa primeira" da liberdade da antiga república romana. Mas, assim como o conflito social pode causar a liberdade, ele pode também resultar na corrupção e na tirania, exatamente como Maquiavel afirma ter ocorrido em Roma a partir de certo momento. Discuto as relações entre conflito social e instituições políticas em Maquiavel, de modo a indicar as condições que explicam os efeitos positivos e negativos dos conflitos. Por meio do exame da discussão de Maquiavel sobre a Lei Agrária dos irmãos Graco, o paper sugere que o fim dos efeitos virtuosos do conflito social coincide com a mudança de atitude da nobreza frente às novas demandas da plebe. A nobreza abandona a reação institucional e assume uma reação violenta, por meios extraordinários, quando o objeto do conflito se desloca da divisão de honras para a divisão de patrimônio.

    Abstract in English:

    The thesis of the conflict between nobles and plebeians as the 'prime cause' of freedom of the ancient Roman republic is one of the most innovative changes made by Machiavelli in the tradition of republican political thought. However, according to Machiavelli, in the same way that social conflict can generate freedom, it can generate corruption and tyranny, exactly as it started to happen in Rome after a certain point in time. I will discuss relations between social conflict and political institutions in Machiavelli in order to show the conditions which explain the positive and negative effects of social conflicts. By means of an analysis of Machiavelli's discussion of the Gracchi brothers' Agrarian Law, the paper suggests that the end of the virtuous effects of social conflict coincides with the change in the nobility's attitude regarding the new plebeian's demands. The nobility gives up its institutional reaction and initiates an extraordinary and violent behavior after the dislocation of the subject of the conflicts from honors to property.
  • A densidade conflitiva da república nos Discorsi de Maquiavel

    Abreu, Maria Aparecida Azevedo

    Abstract in Portuguese:

    O caráter positivo da conflitividade na república nos Discorsi de Maquiavel já é algo bastante reconhecido nos debates acadêmico internacional e nacional. O objetivo deste artigo é explorar como o conflito de interesses é tratado nessa obra e qual seu alcance. Para esse fim, serão debatidas as concepções de liberdade e de grandeza presentes no mesmo livro. A partir desse debate, o conflito maquiaveliano será caracterizado como aquele formado por interesses coletivos e comuns, passíveis de serem expressos por meio de mecanismos institucionais públicos e transparentes e que, nessa medida, se torna elemento constitutivo da liberdade da república. Tal caracterização, sem dúvida, dá à obra do autor uma atualidade bastante fecunda.

    Abstract in English:

    The positive character of the conflict in the republic in Machiavelli's Discorsi is well known in international and national academic debates. The aim of this paper is to explore how conflict of interests is approached in that work as well as its scope. In order to do this, conceptions of liberty and greatness are also explored. From that debate, Machiavellian conflict is characterized as composed by collective and common interests, which can be expressed by public and transparent institutional devices. Therefore, it becomes a constitutive part of republican freedom. Such interpretation certainly gives his work a very fruitful timeliness.
  • Servidor republicano: política nos "textos menores" de Maquiavel

    Mettenheim, Kurt

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa vinte e quatro textos menores de Maquiavel sobre a política, a maioria escrita durante seu serviço público na Chancelaria florentina. Esses textos são exemplos de ciência política aplicada e de propostas e estratégias em políticas públicas. Considerados em conjunto, eles oferecem novas oportunidades de pesquisa e perspectivas diferentes sobre a ciência política e o republicanismo de Maquiavel, inclusive no sentido de ajudar a resolver ambiguidades em suas obras principais, cujos propósitos e posições políticas ainda são objeto de debate e reavaliação. A discussão de cada um desses textos menores sobre a política com base em estudos recentes e sua colocação no contexto da política florentina doméstica e internacional sugere que o realismo de Maquiavel é temperado por um valor forte de republicanismo e de liberdade, interna e externa. Essas características do pensamento político de Maquiavel nem sempre são claras no Príncipe nem nos Discursos ou em outras grandes obras políticas e literárias que não eram resultado do serviço público de Maquiavel à república florentina.

    Abstract in English:

    This article reviews twenty-four minor texts by Machiavelli on politics, mostly from the period of his service in the Florentine Chancellery. The texts are examples of applied political science as well as policy proposals and strategies. Together, they provide new research opportunities and distinct insights into Machiavelli's political science and republicanism. They may help resolve ambiguities in his major works whose theoretical purpose and political positions are still subject to debate and evaluation. Discussion of each of those minor texts on politics based on recent studies and their placement within Florence's domestic and international politics suggest that Machiavelli's realism is tempered by a strong value of republicanism and freedom - internal and external. Such characteristics of machiavelli's political thought are not always clear in The Prince, the Discourses, and his other major political and literary works that were not part of Machiavelli's public service to the Florentine republic.
  • A política da guerra em Maquiavel

    Coelho, Maria Francisca Pinheiro; Menezes, Marilde Loiola de

    Abstract in Portuguese:

    Ao considerar que os objetivos do governante são a conquista e a manutenção do poder, Nicolau Maquiavel sugere ser o estado de guerra uma situação permanente na arte de governar. Este artigo aborda o pensamento político do autor, a partir de sua análise sobre a guerra. Visa apreender o sentido que ele confere à política e os fundamentos de uma teoria sobre a guerra, construída com base no diálogo com as experiências dos antigos e as circunstâncias históricas de seu tempo. O trabalho está estruturado nos seguintes tópicos: o diálogo de Maquiavel com os antigos; a dessacralização da política; e o diálogo dos modernos com Maquiavel.

    Abstract in English:

    Considering that the goals of the ruler are the conquest and maintenance of power, Niccolò Machiavelli suggests that the state of war is a permanent situation in the art of governing. This article discusses the political thought of the author based on his analysis of war. It aims to apprehend the meaning that he confers on politics and the foundations of a theory about war, built on the dialogue with the experiences of past and the historical circumstances of his time. The work is structured according to the following topics: Machiavelli's dialogue with the past, desacralization of politics, and the dialogue between modernity and Machiavelli.
  • Maquiavel e a dimensão simbólica do poder: fundamentos da teoria democrática de Claude Lefort

    Trindade, Gleyton

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo pretende apontar a influência decisiva da obra de Maquiavel na construção da teoria democrática de Claude Lefort. Em especial, pretende-se assinalar como Lefort assimila de Maquiavel uma concepção propriamente política da sociedade ao identificar na obra maquiaveliana uma noção da "dimensão simbólica do poder". Na perspectiva deste artigo, é a partir dessa noção, que remete à divisão originária e ao momento instituinte do social, que Maquiavel, mesmo não se constituindo como um autor propriamente democrático, permitiria a Lefort uma reavaliação da questão democrática e do fenômeno totalitário.

    Abstract in English:

    This article points to the decisive influence of Machiavelli's work in building Claude Lefort's democratic theory. In particular, it notes how Lefort assimilates from Machiavelli a properly political conception of society, by identifying in the work of Machiavelli a notion of 'symbolic dimension of power.' According to this article, it is from this concept, which refers to the original division and the instituting moment of the social, that Machiavelli, even though he is not exactly a democratic author, would allow Lefort to reassess the question of democracy and the totalitarian phenomenon.
  • Maquiavel e Harrington: medicina e história como métodos políticos

    Falcão, Luís

    Abstract in Portuguese:

    O artigo visa preencher uma lacuna na bibliografia especializada sobre a relação entre Maquiavel e Harrington. Comumente, as aproximações são feitas a partir do republicanismo e da redução aos princípios. Argumentamos que, de um ponto de vista do método, ambos os autores utilizam a medicina e a história como fontes de conhecimento político. A medicina é tratada por meio de metáforas e comparações entre corpos naturais e corpos políticos, a partir do vocabulário dos "remédios". Os autores também se aproximam no entendimento teórico das continuidades e rupturas históricas, pautadas na língua e na religião, para além da utilização de exemplos. Concluímos que os dois aspectos se complementam mutuamente pela rejeição dos autores a quaisquer critérios transcendentais para o entendimento político.

    Abstract in English:

    The paper aims to fill a gap within specialized literature on the relationship between Machiavelli and Harrington. Approximations are usually made from the perspective of republicanism and the reduction to principles. We argue that, from the point of view of method, the authors use both medicine and history as sources of political knowledge. Medicine is treated through metaphors and comparisons between natural bodies and political bodies, using the vocabulary of 'medicines'. The authors also converge in their theoretical understanding of historical continuities and breaks, guided by language and religion, beyond the use of examples. We conclude that these two aspects complement each other by the authors' rejection of the any transcendental criteria for political understanding.
  • Gênero e política no pensamento de Maquiavel

    Pitkin, Hannah

    Abstract in Portuguese:

    O texto é parte de uma análise mais ampla da teórica política Hanna Pitkin sobre as relações de gênero na obra de Nicolau Maquiavel. Apresenta uma análise das representações do feminino nos textos do autor florentino. Há um inventário detalhado, no artigo, de quais são as imagens das mulheres e como elas são mobilizadas. Com ele, Pitkin discute as implicações políticas dessas imagens. A oposição entre o masculino e o feminino é apresentada como um componente importante das compreensões do poder e do Estado em Maquiavel.

    Abstract in English:

    The text is part of a broader analysis, by political theorist Hanna Pitkin, about gender in the studies written by Nicolau Maquiavel. It discusses the representations of the feminine in his texts. There is an accurate collection of images of women and an analysis of how they enter the issues focused by Maquiavel. Pitkin discusses the political effects of those images. The duality between masculine and feminine is presentes as an important feature in the understandings of power and State in Maquiavel.
  • Democracia maquiaveliana: controlando as elites com um populismo feroz

    McCormick, John P.

    Abstract in Portuguese:

    Este ensaio demonstra que o pensamento político de Maquiavel lida com as deficiências de dois polos opostos da teoria democrática contemporânea. Assim como fazem as abordagens formais ou minimalistas, ele especifica mecanismos eleitorais para o controle das elites; e de modo similar às abordagens da cultura substantiva ou cívica, encoraja modos mais diretos e robustos de participação popular. Com base nisso, seleciono aspectos dos Discursos de Maquiavel que proporcionam uma teoria da democracia na qual a população escolhe as elites que assumirão o poder, mas também as patrulha constantemente por meio de instituições e práticas extraeleitorais, como os tribunos do povo, as denúncias públicas e as petições populares. Maquiavel acrescenta a essas características do governo popular uma dimensão cultural importante: o povo deve desdenhar as elites, desconfiar delas e enfrentar ativamente a injustiça inevitavelmente acarretada pela elite governante. Finalmente, exploro as ramificações dessa teoria para os debates sobre a responsabilidade das elites na teoria democrática contemporânea.

    Abstract in English:

    This essay demonstrates that Niccolò Machiavelli's political thought addresses the deficiencies of two opposite poles of contemporary democratic theory: As do formal or minimalist approaches, he specifies electoral mechanisms for elite control; and similar to substantive or civic culture approaches, he encourages more direct and robust modes of popular participation. On these grounds, I cull from Machiavelli's Discourses a theory of democracy in which the populace selects the elites who will hold office but also constantly patrols them through extra electoral institutions and practices, such as the tribunes of the people, public accusations, and popular appeals. Machiavelli adds to these institutional features of popular government an important cultural dimension: The people should despise and mistrust elites, and they should actively confront the injustice that elite governing inevitably entails. Finally, I explore the ramifications of this theory for debates over elite accountability in contemporary democratic theory.
  • Eduardo Jardim. Hannah Arendt: pensadora da crise e de um novo início Resenha

    Fernandes, Mateus Braga
Universidade de Brasília. Instituto de Ciência Política Instituto de Ciência Política, Universidade de Brasília, Campus Universitário Darcy Ribeiro - Gleba A Asa Norte, 70904-970 Brasília - DF Brasil, Tel.: (55 61) 3107-0777 , Cel.: (55 61) 3107 0780 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbcp@unb.br