Accessibility / Report Error

Silicato de cálcio como fonte de silício para o arroz de sequeiro

Calcium silicate as source of silicon for upland rice

M. P. Barbosa Filho G. H. Snyder N. K. Fageria L. E. Datnoff O. F. Silva Sobre os autores

Resumos

No Brasil, o arroz de sequeiro é cultivado predominantemente em solos de cerrado, os quais, em razão do seu avançado grau de intemperização, apresentam baixos valores de pH, baixa saturação por bases e baixa relação Si/óxidos de Fe e Al. Assim, realizou-se um experimento em casa de vegetação, com objetivo de avaliar o efeito do silicato de cálcio no rendimento de grãos do arroz de sequeiro, bem como seu efeito corretivo na acidez do solo. Os tratamentos consistiram de seis doses de SiO2 (0; 125; 250; 375; 500 e 625 mg kg-1 de solo), na forma de volastonita Vansil-10 (50% de SiO2, 44 de CaO e 1,48 de MgO), e três cultivares de arroz de sequeiro (Caiapó, Carajás e Confiança), dispostos em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. O rendimento de grãos aumentou de forma linear com a fertilização silicatada, mostrando correlação significativa e positiva com os teores de Si e Ca no solo, derivados da aplicação do silicato de cálcio. A aplicação de SiO2 aumentou o pH e os teores de Ca, Mg trocáveis e Si solúvel no solo.

Oryza sativa L.; Latossolo; correção do solo; absorção de nutriente


In Brazil, upland rice is cultivated mainly on cerrado soils, which, due to their highly weathered degree, present low pH, low base saturation and low ratio of Si oxides of Fe and Al. A greenhouse experiment was conducted to evaluate the response of upland rice to calcium silicate as well as its effect on correcting soil acidity. The treatments consisted of six levels of SiO2 (0; 125; 250; 375; 500 and 625 mg kg-1 of soil) as of wallastonite, Wansil-10 (50% of SiO2, 44 of CaO and 1.48 of MgO) and three upland rice cultivars (Caiapo, Carajas, and Confiança).The experimental design was completely randomized with four replications. Rice response to SiO2 was linear, showing significant positive correlation with Si and Ca content of soil, derived from application of calcium silicate. The application of SiO2 also increased the pH, exchangeable Ca and Mg and soluble Si in the soil.

Oryza sativa L.; Oxisol; soil ammendment; nutrient absorption


SEÇÃO IV - FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS

  • Silicato de cálcio como fonte de silício para o arroz de sequeiro

    Calcium silicate as source of silicon for upland rice
  • M. P. Barbosa FilhoI; G. H. SnyderII; N. K. FageriaI; L. E. DatnoffII ; O. F. SilvaIII

    IPesquisador, Embrapa Arroz e Feijão. Caixa Postal 179, CEP 74375-000 Santo Antônio de Goiás (GO)

    IIPesquisador, University of Florida, IFAS, Everglades Research and Education Center, P.O. Box 8003, Belle Glade 33430, USA

    IIIEconomista, Embrapa Arroz e Feijão

    RESUMO

    No Brasil, o arroz de sequeiro é cultivado predominantemente em solos de cerrado, os quais, em razão do seu avançado grau de intemperização, apresentam baixos valores de pH, baixa saturação por bases e baixa relação Si/óxidos de Fe e Al. Assim, realizou-se um experimento em casa de vegetação, com objetivo de avaliar o efeito do silicato de cálcio no rendimento de grãos do arroz de sequeiro, bem como seu efeito corretivo na acidez do solo. Os tratamentos consistiram de seis doses de SiO2 (0; 125; 250; 375; 500 e 625 mg kg-1 de solo), na forma de volastonita Vansil-10 (50% de SiO2, 44 de CaO e 1,48 de MgO), e três cultivares de arroz de sequeiro (Caiapó, Carajás e Confiança), dispostos em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. O rendimento de grãos aumentou de forma linear com a fertilização silicatada, mostrando correlação significativa e positiva com os teores de Si e Ca no solo, derivados da aplicação do silicato de cálcio. A aplicação de SiO2 aumentou o pH e os teores de Ca, Mg trocáveis e Si solúvel no solo.

    Termos de indexação:Oryza sativa L., Latossolo, correção do solo, absorção de nutriente.

    SUMMARY

    In Brazil, upland rice is cultivated mainly on cerrado soils, which, due to their highly weathered degree, present low pH, low base saturation and low ratio of Si oxides of Fe and Al. A greenhouse experiment was conducted to evaluate the response of upland rice to calcium silicate as well as its effect on correcting soil acidity. The treatments consisted of six levels of SiO2 (0; 125; 250; 375; 500 and 625 mg kg-1 of soil) as of wallastonite, Wansil-10 (50% of SiO2, 44 of CaO and 1.48 of MgO) and three upland rice cultivars (Caiapo, Carajas, and Confiança).The experimental design was completely randomized with four replications. Rice response to SiO2 was linear, showing significant positive correlation with Si and Ca content of soil, derived from application of calcium silicate. The application of SiO2 also increased the pH, exchangeable Ca and Mg and soluble Si in the soil.

    Index terms:Oryza sativa L., Oxisol, soil ammendment, nutrient absorption.

    Texto completo disponível apenas em PDF.

    Full text available only in PDF format.

    LITERATURA CITADA

    Trabalho recebido para publicação em novembro de 1999

    Aprovado em setembro de 2000

    • DATNOFF, L.E.; RAID, R.N.; SNYDER, G.H. & JONES, D.B. Effect of calcium silicate on blast and brown spot intensities and yields of rice. Plant Dis., 75:729-732, 1991.
    • DATNOFF, L.E.; SNYDER, G.H. & DEREN, C.W. Influence of silicon fertilizer grades on blast and brown spot development and on rice yields. Plant Dis., 76:1182-1184, 1992.
    • ELAWAD, S.H. & GREEN Jr., V.E. Silicon and the rice plant environment: A review of recent research. II Riso, 28:235-253, 1979.
    • ELLIOTT, C.L. & SNYDER, G.H. Autoclave - Induced digestion for the colorimetric determination of silicon in rice straw. J. Agric. Food Chem., 39:1118-1119, 1991.
    • EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo. Rio de Janeiro, 1979. 282p.
    • FAGERIA, N.K. Resposta de cultivares de arroz à aplicação de calcário em solo de cerrado. Pesq. Agropec. Bras., 19:883-889, 1984.
    • KORNDÖRFER, G.H.; ARANTES, V.A.; CORRÊA, G.F. & SNYDER, G.H. Efeito do silicato de cálcio no teor de silício no solo e na produção de grãos de arroz de sequeiro. R. Bras. Ci. Solo, 23:635-641, 1999.
    • LIAN, S. Silica fertilization of rice. In: LIAN, S., ed. The fertility of paddy soils and fertilizer applications for rice. Taipei, Food Fertilizer Tecnology Center, 1976. p.197-220.
    • MAJUNDER, N.D.; RAKSHIT, S.C. & BORTHAKUR, D.N. Genetics of silica uptake in selected genotypes of rice (Oryza sativa L.). Plant Soil, 88:449-453, 1985.
    • PRABHU, A.S.; BARBOSA FILHO, M.P.; FILIPPI, M.C. & DYNIA, J.F. Influência de fertilização com Si sobre mancha de grãos em arroz. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FITOPATOLOGIA, 29, Campo Grande, 1996. Resumos. Fitopatol. Bras., 21:405, 1996.
    • SAS Institute. SAS/STAT. Software. Version 6, Cary, 1990. 50p.
    • SNYDER, G.H. Development of a silicon soil test for Histosol-grown rice. Belle Glade, University of Florida, 1991. (Belle Glade EREC Res. Rep.EV-1991-2)
    • SNYDER, G.H.; JONES, D.B. & GASCHO, G.J. Silicon fertilization of rice on Everglades Histosols. Soil Sci. Soc. Am. J., 50:1259-1263. 1986.
    • YOSHIDA, S. Fundamentals of rice crop science. Los Baños, International Rice Research Institute, 1981. 269p.
    • TANAKA, A. & YOSHIDA, S. Nutritional disorders of the rice plant in Asia. Los Bãnos, International Rice research Institute, 1970. 51p. (IRRI. Technical Bulletin, 10)

    Silicato de cálcio como fonte de silício para o arroz de sequeiro Calcium silicate as source of silicon for upland rice

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      02 Out 2014
    • Data do Fascículo
      Jun 2001

    Histórico

    • Aceito
      Set 2000
    • Recebido
      Nov 1999
    Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Secretaria Executiva , Caixa Postal 231, 36570-000 Viçosa MG Brasil, Tel.: (55 31) 3899 2471 - Viçosa - MG - Brazil
    E-mail: sbcs@ufv.br