Accessibility / Report Error

Entre a ruptura e a continuidade: visões da história do movimento sindical brasileiro

Between breach and continuity: views on the history of the Brazilian trade union movement

Entre rupture et continuité: images de l'histoire du mouvement syndical brésilien

O artigo analisa algumas das visões que se consolidaram no processo de construção de identidades políticas ocorrido em torno do chamado "novo sindicalismo", em fins dos anos 70. Estas visões, produzidas na articulação entre os estudos acadêmicos e o movimento social, tinham como uma de suas características a idéia de ruptura entre o passado e o presente do movimento sindical de nosso país, estabelecendo um corte entre o que seriam o novo e o velho sindicalismo. Levando em conta não só aquele período, mas também acompanhando o desenvolvimento posterior do "novo sindicalismo" e dos estudos acerca do sindicalismo brasileiro, indico os limites do enfoque baseado nesta rígida separação. Além disso, apresento uma possibilidade de interpretação alternativa que dá maior ênfase à continuidade de determinadas práticas no interior da experiência organizativa dos trabalhadores. Nesse sentido, aponto, a partir de alguns exemplos, como o "novo sindicalismo" teria continuado certas tradições já existentes no meio sindical.

Novo sindicalismo; Trabalhadores; Sindicalismo pré-64; Estudos sobre sindicalismo; Brasil


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 116, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-4664, Fax: +55 11 3091-5043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anpocs@anpocs.org.br