Tropa de elite: perigosas ambiguidades

Tropa de elite: dangerous ambiguities

Troupe d'élite: de dangeureuses ambigüitées

Este artigo visa discutir as relações entre imagem cinematográfica e produção de conhecimento na direção da constituição de um imaginário social que funda e orienta interpretações e avaliações sobre o mundo e os fenômenos sociais que o constituem. Discute como os filmes constroem uma determinada forma de apreensão dos fenômenos sociais por meio da complexa elaboração de um imaginário que vai servir de base para que se olhe o mundo sob determinado recorte e a partir de determinados valores. Para materializar esta perspectiva em uma análise concreta, toma-se o filme Tropa de Elite, de ampla repercussão nacional e internacional, para investigar os artifícios e opções de constituição de personagens e de estruturação de narrativa utilizados pelo diretor no sentido de apresentar enquanto filme sistemas relacionais e hierarquias que recortam e generalisam determinados personagens e grupos sociais apresentados ao público de forma coesa e significativa ao mesmo tempo que elidem a percepção dos valores que orientaram o recorte e a reconstrução do mundo nos moldes que o filme realiza. Nessa direção o artigo empreende um destrinchamento destas construções revelando os valores que estão fundando essas construções e que terminam por orientar as valorações e, no caso, também as avaliações que o filme realiza mas que tenta não deixar explícitas.

Tropa de elite; violência; sociologia do cinema; violência policial


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 116, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-4664, Fax: +55 11 3091-5043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anpocs@anpocs.org.br