A influência doutrinária francesa sobre os militares brasileiros nos anos de 1960

L'influence doctrinaire française sur les militaires brésiliens dans les années soixante

French doctrinaire influence on Brazilian military in the 1960s

Com base em documentos de Estado-Maior, este artigo analisa a importação pelos militares brasileiros de um corpo de idéias gerado na França na segunda metade dos anos de 1950. Trata-se da doutrina conhecida como guerre révolutionnaire, voltada para a derrota do movimento marxista-leninista e desenvolvida no contexto da Guerra da Argélia. Trazidas para a América do Sul, inicialmente por militares argentinos, as idéias francesas chegaram ao Brasil em 1959, numa conferência pronunciada na Escola Superior de Guerra. A partir de então, foram adotadas como doutrina oficial pelo Estado-Maior das Forças Armadas, ajudaram na campanha de idéias que precedeu o golpe de 1954 e continuaram influentes depois da ruptura do processo constitucional. Ao contrário do que aparece na literatura sobre o tema, autores franceses, e não norte-americanos, teriam sido a fonte principal do pensamento militar brasileiro nos anos de 1960.

Forças Armadas; Guerra Fria; Governo militar; Teoria da guerra; Golpe de 1964


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 116, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-4664, Fax: +55 11 3091-5043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anpocs@anpocs.org.br