Accessibility / Report Error

Disputas políticas entre movimentos sociais: a Universidade dos Trabalhadores IMPA

Resumo:

Neste artigo analisamos as disputas políticas emergentes entre as organizações sociais envolvidas na criação de uma universidade popular: a Universidade dos Trabalhadores IMPA. Nosso objetivo é contribuir para a compreensão dos obstáculos vinculares existentes para a articulação entre organizações sociais, mesmo quando estas têm um objetivo comum. Isto se faz necessário porque os movimentos sociais latino-americanos vêm desenvolvendo uma variedade de estratégias formativas, com a criação de múltiplos espaços socioeducativos. A nossa investigação baseia-se no trabalho etnográfico realizado durante três anos (2011-2013) em IMPA, uma empresa recuperada pelos seus trabalhadores. A análise da estrutura vincular emergente nesta fábrica, permite-nos concluir sobre aspectos que dificultam a integração entre os movimentos sociais, quando o vínculo - mesmo entre semelhantes - passa a ser visto como uma ameaça para a preservação das suas estruturas prévias.

Palavras-chave:
Empresa Recuperada pelos seus Trabalhadores; Universidade dos Trabalhadores; IMPA; Disputas Políticas; Etnografía

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 116, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-4664, Fax: +55 11 3091-5043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anpocs@anpocs.org.br