Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Volume: 25, Issue: 8, Published: 2021
  • Hourly reference evapotranspiration by Moretti-Jerszurki-Silva method using data from alternative station1 Articles

    Souza, Jorge L. M. de; Oliveira, Sísara R. de; Rosa, Stefanie L. K.; Jerszurki, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Medidas confiáveis de variáveis climáticas e a disponibilidade de métodos alternativos seguros são fundamentais para estimar a evapotranspiração de referência (ETo) em condições técnicas e financeiras desfavoráveis. Objetivou-se no presente estudo avaliar o desempenho da estimativa da evapotranspiração de referência, na periodicidade horária, com os modelos Moretti-Jerszurki-Silva (EToMJS(ψair); EToMJS(ψair;Ra)), utilizando dados de temperatura (T) e umidade relativa (UR) do ar, medidos em estação alternativa. A calibração e validação das leituras da estação alternativa foram realizadas com dados de estações meteorológicas automáticas de Curitiba no Paraná (tipo climático Cfb), e Santa Rita de Cássia na Bahia (tipo climático Aw). O uso da estação alternativa para medições horárias da temperatura e umidade relativa do ar dos locais e tipos climáticos analisados foi promissor. Os modelos Moretti-Jerszurki-Silva foram robustos nos locais analisados, indicando desempenho satisfatório para a periodicidade horária. O modelo Moretti-Jerszurki-Silva que considera o uso do potencial hídrico atmosférico e radiação solar (EToMJS(ψair;Ra)) proporcionou melhores ajustes e estimativas da evapotranspiração de referência horária, considerando o modelo padrão Penman-Monteith.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Moretti-Jerszurki-Silva (MJS) models can estimate the hourly ETo. Atmospheric water potential and solar radiation at the top of the atmosphere allows a reliable estimate of the hourly ETo. The hourly ETo estimation over the hours of the day can be satisfactorily performed using alternative methods.
  • Cover crop increases soybean yield cropped after degraded pasture in sandy soil1 Articles

    Cordeiro, Carlos F. dos S.; Batista, Guilherme D.; Lopes, Bruno P.; Echer, Fábio R.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O cultivo de soja vem crescendo nos últimos anos em ambientes de solos arenosos e com risco climático, mas a produtividade é baixa, principalmente nos primeiros anos. Objetivou-se neste estudo avaliar o efeito do manejo de culturas de cobertura e nitrogênio em solo arenoso previamente ocupado por pastagem degradada na produtividade da soja. O estudo foi conduzido no Oeste de São Paulo. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e os tratamentos foram: aveia preta; aveia preta + 50 kg ha-1 de N na aveia preta; aveia preta + 50 kg ha-1 de N na soja; aveia preta + tremoço; aveia preta + tremoço + 50 kg ha-1 de N na soja; tremoço; pousio; pousio + 50 kg ha-1 de N na soja. O teor de nitrogênio da biomassa microbiana foi maior com aveia preta + N na soja aplicado no início do florescimento (R1). O número de nódulos nas raízes da soja aumentou 2,3 vezes com aveia e aveia + N na soja em relação ao pousio. A produtividade da soja foi maior nos tratamentos com aveia + N na aveia (2.130 kg ha-1), aveia (2.038 kg ha-1) e aveia + N na soja (1.872 kg ha-1). Na ausência de culturas de cobertura, a adubação nitrogenada na soja aumentou a produtividade em 19% (262 kg ha-1) comparado ao pousio. A aveia preta é a melhor opção para aumentar a produtividade da soja. Porém na ausência de planta de cobertura é necessária a adubação nitrogenada na soja.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Black oats improve soil microbial activity, nodulation and soybean yield. Shoot dry weight, shoot nitrogen, root nodules number and dry weight of root nodules, have a positive correlation with soybean yield. Nitrogen fertilization is not recommended where cover crops are used.
  • Soursop production under supplementary irrigation and mulching in the semiarid region of Brazil1 Articles

    Cavalcante, Lourival F.; Silva-Matos, Raíssa R. S.; Souto, Antônio G. de L.; Lima, Antonio J. de; Nunes, Járisson C.; Mesquita, Francisco de O.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A irregularidade das chuvas na região semiárida do Brasil e do mundo exerce ação limitante na produção agrícola, em geral, inclusive das espécies frutíferas. Nessas condições, a irrigação é o insumo que mantém o sistema produtivo com viabilidade econômica e social. O estudo foi desenvolvido no período de 2012 a 2014, no município de Remígio, Estado da Paraíba, Brasil, com o objetivo de avaliar a produção de gravioleira ‘Morada’ cultivada em condições de sequeiro e irrigada, no solo sem e com cobertura morta em duas safras. Os tratamentos foram distribuídos em blocos casualizados com três repetições, em arranjo fatorial 2 × 3 × 2, relativos às plantas não irrigadas (lâmina de 0 mm) e irrigadas semanalmente (lâmina de 17,2 mm) no solo sem cobertura, com cobertura a partir de restos de culturas e com bagaço de sisal nas safras agrícolas de 2012/2013 e 2013/2014. No solo sem cobertura a irrigação elevou a produtividade de 5,3 para 34,7 t ha-1 na primeira safra e de 9,4 para 57,7 t ha-1 na segunda safra. O uso conjunto da irrigação e a cobertura com resíduo de sisal proporcionou as maiores produtividades. O uso do resíduo de sisal como cobertura morta aumentou o número e a massa média de frutos, a produção por planta e a produtividade da gravioleira ‘Morada’ em relação ao solo sem cobertura e coberto por resíduos culturais.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Water supplementation in the dry season increases the yield of soursop. Irrigation and mulching increase soursop yield in semiarid regions. The mulch with Agave sisalana residue was more efficient in increasing the yield of soursop.
  • Technical and agronomic efficiency of nitrogen use on the yield and quality of oat grains1 Articles

    Mantai, Rubia D.; Silva, José A. G. da; Carbonera, Roberto; Carvalho, Ivan R.; Lautenchleger, Francine; Pereira, Laura M.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A eficiência do nitrogênio na aveia associada às condições climáticas são fundamentais no desenvolvimento de manejos sustentáveis com produtividade e qualidade. Objetivou-se neste estudo definir a eficiência agronômica do nitrogênio pela relação dose fornecida e produto obtido, estimar a máxima eficiência técnica do nutriente na produtividade de grãos, e pela dose ideal, simular a expressão da produtividade de palha e de indústria, proteína e fibra total em diferentes condições do ano agrícola no sistema soja/aveia. O estudo foi conduzido de 2011 a 2016, em Augusto Pestana, RS, em delineamento de blocos casualizados com quatro repetições em esquema fatorial 4 x 2 referente a doses de nitrogênio (0, 30, 60 e 120 kg ha-1) e cultivares de aveia (Barbarasul e Brisasul) no sistema soja/aveia. O nitrogênio incrementa a produtividade de grãos, de palha, de indústria e o teor de proteína dos grãos, com eficiência agronômica de 7,8, 19,7 e 3,3 kg ha-1 e 0,10 g kg-1, respectivamente, com redução na fibra total de grãos de 0,05 g kg-1 por kg de N fornecido. A dose de máxima eficiência técnica na expressão da produtividade de grãos depende das condições de cultivo. Em geral, a máxima eficiência de produtividade de grãos é obtida com 86 kg ha-1 de N, com equações lineares que mostram acréscimos da produtividade da palha e de indústria e a proteína total, e redução do teor de fibras dos grãos de aveia pelo uso do nitrogênio.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Sustainable cultivation management of oats should consider the efficiency of nitrogen in association with weather conditions. Technical efficiency of nitrogen use showed doses that certify greater economic return with reduced environmental impact. Agronomic efficiency of nitrogen indicated an unstable increase in productivity of oats affected by weather conditions.
  • Model for determining nutritional and non-nutritional limitations of Grande Naine banana in the Brazilian semiarid region1 Articles

    Rodrigues, Vagner A.; Neves, Júlio C. L.; Donato, Sérgio L. R.; Guimarães, Bruno V. C.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A nutrição de plantas é essencial para se atingir produtividades elevadas, porém fatores não nutricionais podem limitar bastante o rendimento das culturas. Objetivou-se com o presente estudo ajustar o modelo e quantificar as limitações de ordem nutricional e não nutricional com base no grau de balanço e equilíbrio em bananeiras ‘Grande Naine’ cultivadas nos estados da Bahia e Ceará. Utilizou-se banco de dados de teores de nutrientes nas folhas e de produtividade coletados entre 2010 e 2017 em duas fazendas, localizadas em Missão Velha, Ceará (7° 35’ 90” S e 39° 21’ 17” W, e altitude de 442 m), e Ponto Novo, Bahia (10º 51’ 46’’ S, 40º 08’ 01’’ W, e altitude de 342 m). Os talhões com produtividade acima da média mais 0,5 desvio-padrão, definidos como de alta produtividade (PAP), foram considerados população de referência e utilizados para geração das normas, enquanto os talhões com produtividade abaixo desse limite, população de baixa produtividade (PBP), foram utilizados para diagnóstico nutricional. O banco de dados foi subdividido em quatro. O primeiro e o segundo, respectivamente, com 46 amostras e população de referência com produtividade maior que 58,84 t ha-1 ano-1, 104 amostras para a PBP, área de Missão Velha. O terceiro e quarto, respectivamente, com 19 amostras e população de referência acima de 76,12 t ha-1 ano-1, 46 amostras para a PBP, área de Ponto Novo. Fatores nutricionais limitaram a produtividade de bananais ‘Grande Naine’ em 11,17 e 14,79%, e não nutricionais, em 30,11 e 29,41%, respectivamente, para o Ceará e a Bahia. Fatores não nutricionais limitam mais a produtividade da bananeira ‘Grande Naine’ comparados aos nutricionais.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Nutrition and other factors limit the yield of Grande Naine banana. Nutritional and non-nutritional limitations maintain magnitudes between environments of Grande Naine banana. Non-nutritional factors further limit the yield of the Grande Naine banana.
  • Effect of saline water and shading on dragon fruit (‘pitaya’) seedling growth1 Articles

    Sousa, Geocleber G. de; Sousa, Sinara B.; Pereira, Ana C. da S.; Marques, Virna B.; Silva, Maria L. G. da; Lopes, Jayrla da S.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO ‘ Pitaya’ (Hylocereus undatus) é um cacto trepador, frutífera com grande potencial de alimento para região semiárida. Objetivou-se avaliar a produção de mudas de ‘pitaya’ irrigadas com água de baixa e alta salinidade e cultivadas em diferentes tipos de ambientes. O experimento foi conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 × 2, sendo duas condutividades elétricas da água de irrigação: S1 - 0,3 dS m-1 (baixa salinidade) e S2 - 5,0 dS m-1 (salinidade moderada), em dois ambientes: A1 - telado preto com 50% de sombreamento e A2 - pleno sol, com 10 repetições. As variáveis analisadas foram: altura da planta, diâmetro do caule principal, massa seca da parte aérea, massa seca da raiz, massa seca total da planta, número de brotos secundários, comprimento de raiz e comprimento dos brotos secundários. O telado preto com 50% de sombreamento proporcionou maior altura de planta, número de brotos secundários e comprimento de raiz de plantas de ‘pitaya’. A irrigação com água de salinidade moderada (5,0 dS m-1) reduz o número de brotos secundários, e comprimento da raiz e dos cladódios secundários. As mudas de ‘pitaya’ cultivadas sob 50% de sombreamento (telado preto) apresentaram maior biomassa seca de raiz quando irrigadas com água de baixa salinidade. Foram observados maiores valores do diâmetro do cladódio primário, da biomassa seca acima do solo e da biomassa seca total sob luz plena do sol e elevado estresse salino.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS The protected environment under 50% shade with black net is an alternative for the production of ‘pitaya’ seedlings. The full sun environment mitigated the salt stress on the biomass of the aerial part of ‘pitaya’ seedlings. Saline stress affected plant height, number of secondary shoots and root length of ‘pitaya’ seedling.
  • The methodology of the electrical conductivity test for Carthamus tinctorius L. seeds Articles

    Silva, Ingrid M. H. de L. e; Silva, Givanildo Z. da; Coelho, Mirelle V.; Gama, Gabriela F.; Silva, Amalia A. S.; Machado, Carla G.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O teste de condutividade elétrica destaca-se por gerar respostas rápidas para diferenciação de lotes, no entanto, necessita-se de estudos visando o aprimoramento desta prática em sementes de cártamo. Objetivou-se verificar a eficiência e estabelecer metodologia do teste de condutividade elétrica para sementes de cártamo. Inicialmente, 12 lotes foram caracterizados quanto às propriedades físicas e potencial fisiológico. Para condutividade elétrica, o experimento foi efetuado em três etapas com os 12 lotes: primeiro determinou-se o período de embebição (2, 4, 6, 8, e 16 horas), em seguida avaliou-se o volume (50, 75, 100, 150 e 200 mL) e por fim determinou-se a quantidade de sementes (25 e 50). O teste de condutividade elétrica utilizando 25 sementes embebidas em 50 mL de água destilada no período de seis horas possibilita a diferenciação de lotes de sementes de cártamo. A análise multivariada dos componentes principais é eficiente na discriminação do vigor de lotes de sementes de cártamo.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS The electrical conductivity test was adapted for safflower seeds; it is easily reproducible and allows reliable results. The six-hour soaking period for safflower seeds represents a significant reduction in the seed conditioning period. The use of 50 mL of water for the safflower electrical conductivity test is economical and practical in the routine analysis of seed laboratories.
  • Drying of ‘yacon’ pretreated by pulsed vacuum osmotic dehydration1 Articles

    Oliveira, Letícia F.; Corrêa, Jefferson L. G.; Silveira, Paula G.; Vilela, Marina B.; Junqueira, João R. de J.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Neste estudo, o yacon foi seco pelo uso de desidratação osmótica com pulso de vácuo como pré-tratamento seguida por secagem a vácuo (em diferentes temperaturas) ou secagem convectiva. O uso de desidratação osmótica e de vácuo na secagem teve sua influência avaliada com relação à cinética de secagem e à qualidade do produto final considerando a retenção de frutanos, cor e atividade de água. A segunda lei de Fick e a equação de Page se mostraram adequadas para o ajuste da evolução da secagem. Observou-se que temperaturas mais altas (60 °C) levaram a tempos de secagem menores, maiores difusividades efetivas, e maior retenção de frutanos, quando comparada a 40 e 50 °C. O pré-tratamento osmótico e a secagem a vácuo diferiram (p ≤ 0.05) na retenção de frutanos. Além disto, o produto seco pré-tratado osmoticamente apresentou menores tempos de secagem. A melhor condição foi a secagem a vácuo a 60 ºC precedida por desidratação osmótica com pulso de vácuo, que resultou na retenção de aproximadamente 38% de frutanos em um processo mais rápido, maior difusividade e um produto mais claro que nas demais condições testadas.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Mathematical models could adjust the drying behavior. Osmotic pretreatment, higher drying temperature, and vacuum preserve the characteristics of the ‘yacon’.
  • Precooling of table grapes on a commercial scale as function of packaging1 Articles

    Miranda, Isadora B.; Santos, Ítalo E. dos A.; Turco, Silvia H. N.; Freitas, Sérgio T. de; Faustino, Amélia C.; Lins, Ana C. de S. S.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Embora o pré-resfriamento por ar forçado seja amplamente utilizado na remoção do calor de campo de uvas de mesa frescas, muitas vezes não há conhecimento sobre seu funcionamento e eficiência. Fatores como temperatura e umidade relativa do ar, quantidade e temperatura inicial das frutas, velocidade do ar e embalagens, influenciam o processo. Objetivou-se neste estudo avaliar o efeito e eficiência do resfriamento de uvas de mesa sujeitas a resfriamento por ar forçado. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em um fatorial 2 × 3, correspondente a dois tipos de embalagens e três alturas no pallet: inferior, meio e superior com quatro repetições. Foi avaliado o gradiente de temperatura no sentido do fluxo de ar. Há heterogeneidade de resfriamento tanto no sentido vertical quanto horizontal dos paletes, com uma zona de calor concentrada na região central em ambas as direções. Nenhuma embalagem apresentou design favorável ao resfriamento rápido, já que em ambas o tempo de resfriamento foi de 15,5 horas, além de valores de umidade relativa do ar muito abaixo do ideal para uvas de mesa.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS Temperature heterogeneity along the airflow direction in a pallet was identified. Cooling effects in polystyrene and cardboard packaging were the same. Relative humidity in the cooling room and the percentage of package openings were inadequate.
  • Dicamba residues in sprayers: Phytotoxicity on non-dicamba tolerant soybean1 Articles

    Marques, Matheus G.; Cunha, João Paulo A. R. da; Alves, Guilherme S.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar o resíduo de dicamba após a limpeza de pulverizadores com tanques de diferentes materiais (fibra de vidro e polietileno), e os efeitos desse resíduo na sintomatologia de soja não-tolerante ao dicamba. O experimento consistiu na pulverização de água coletada nos enxágues durante a limpeza dos pulverizadores em soja não-resistente ao dicamba no estádio V3. Depois que a solução com dicamba foi misturada no tanque do pulverizador e pulverizada, quatro enxágues foram feitos e, para cada enxágue, uma amostra foi coletada. As análises do resíduo de dicamba nos enxágues foram realizadas em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições no esquema fatorial 2 × 4, correspondendo a dois tipos de material do tanque (fibra de vidro e polietileno) e quatro enxágues, utilizando Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). A avaliação do risco potencial de injúria em soja por resíduo de dicamba foi realizada em um delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 2 × 4 + 1, correspondendo a dois tipos de material do tanque (fibra de vidro e polietileno), quatro enxágues e controle (sem aplicação). O dicamba foi removido efetivamente com a realização de pelo menos três enxágues, independentemente do material do tanque. O pulverizador com tanque de fibra de vidro reteve mais resíduos no primeiro enxágue, mas foi similar ao pulverizador com tanque de polietileno nos enxágues seguintes. A altura das plantas foi reduzida pela aplicação do primeiro enxágue, independentemente do material do tanque, enquanto a estimativa visual de injúria e a redução da produtividade foram observadas pela aplicação do primeiro e segundo enxágues.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS The triple rinsing was effective in removing dicamba residue in fiberglass and polyethylene tank sprayers. The sprayer with fiberglass tank accumulated more dicamba residue in the first rinse. Visual injury, yield loss and plant height reduction were avoided when at least two full tank volume rinses were performed.
  • Errata Errata

Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Av. Aprígio Veloso 882, Bodocongó, Bloco CM, Caixa Postal 10078, 58109-970 Campina Grande PB Brasil, Tel. +55 83 3310-1056, Fax +55 83 3310-1185 - Campina Grande - PB - Brazil
E-mail: agriambi@agriambi.com.br