A escrita acadêmica: do excessivo ao razoável

Academic writing: from excessive to reasonable

Escritura académica: del excesivo al razonable

Marcos Villela Pereira Sobre o autor

O artigo propõe uma reflexão pontual sobre a natureza da escrita, colocando em análise procedimentos argumentativos, enunciativos e dispositivos de produção de regimes de verdade no interior de textos acadêmicos. Discute a tensão entre escritor e leitor, constituindo a escrita como um campo turbulento de disputa e negociação de sentidos e significados de modo que a mútua interpelação produza deslocamentos na direção da constituição do sujeito escritor e do sujeito leitor. Apresenta uma revisão de estilos de escrita acadêmica, apontando potencialidades e fragilidades, destacando-se os riscos que o exagero e o excesso podem produzir nos efeitos de apreensão e compreensão do conteúdo. Propõe, a modo conclusivo, a ponderação e a plausibilidade como estratégias de estabelecimento de uma medida do que seja o razoável no interior da cultura acadêmica.

escrita; ponderação; plausibilidade; subjetivação; cultura acadêmica


ANPEd - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação Rua Visconde de Santa Isabel, 20 - Conjunto 206-208 Vila Isabel - 20560-120, Rio de Janeiro RJ - Brasil, Tel.: (21) 2576 1447, (21) 2265 5521, Fax: (21) 3879 5511 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rbe@anped.org.br