A predominância da vertente “alunos em tempo integral” nas discussões sobre o tema da educação integral em tempo integral

THE PREVALENCE OF THE “FULL-TIME STUDENTS” ASPECT IN THE DISCUSSIONS ON FULL-TIME INTEGRATED EDUCATION

LA PREDOMINANCIA DE LA VERTIENTE “ESTUDIANTES EN TIEMPO INTEGRAL” EN LOS DEBATES SOBRE EL TEMA DE LA EDUCACIÓN INTEGRAL EN TIEMPO INTEGRAL

BRUNO ADRIANO RODRIGUES DA SILVA Sobre o autor

RESUMO

Nas discussões sobre o tema da educação integral em tempo integral identificamos duas vertentes: uma que amplia o tempo de permanência dos alunos na escola, tendo-os como foco dos investimentos administrativos, pedagógicos e financeiros, e outra que tem como foco desses investimentos toda a instituição escolar. Este artigo tem o objetivo de analisar a predominância da primeira vertente sobre a segunda, de acordo com um olhar sócio-histórico, em virtude do desenvolvimento, pelo Governo Federal, do Programa Mais Educação. Analisamos as experiências escolares e as legislações referentes ao tema e as produções da sociedade civil organizada que fundamentam a primeira vertente. Concluímos que estamos diante de um debate em aberto no campo da educação, em que pese à predominância de uma vertente sobre a outra e que essa vertente predominante é a expressão de uma nova configuração na oferta do direito à educação.

PALAVRAS-CHAVE:
educação integral; Programa Mais Educação; direito à educação

ANPEd - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação Rua Visconde de Santa Isabel, 20 - Conjunto 206-208 Vila Isabel - 20560-120, Rio de Janeiro RJ - Brasil, Tel.: (21) 2576 1447, (21) 2265 5521, Fax: (21) 3879 5511 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rbe@anped.org.br