Análise comparativa de clubes de futebol com escalões de formação de diferentes contextos

Comparative analysis of soccer clubs with formation teams from different contexts

Artur Jorge SANTOS Carlos Eduardo GONÇALVES Sobre os autores

Resumo

No decorrer da sua existência e funcionamento os clubes estão sujeitos a influências provenientes do contexto onde estão inseridos, todavia também podem influenciar os sujeitos envolvidos no clube através da sua cultura organizacional. Pelas especificidades dos contextos dos clubes revela-se necessário obter dados sobre a sua cultura e o seu funcionamento para poder perceber os seus efeitos no envolvimento e desenvolvimento dos indivíduos. Para este artigo pretendeu-se a análise e comparação de três clubes de futebol de contextos diferentes, um clube profissional e dois amadores, em que um provém de meio rural e outro de meio urbano. Recorreu-se à observação participante e a entrevistas semiestruturadas para recolher os dados. A AAC-OAF diferencia-se dos clubes amadores pela sua orientação para o esporte de rendimento/espetacularização. Os últimos são suportados no voluntariado, dependendo mais das autarquias e políticas locais e revelam maiores dificuldades na angariação de voluntários, os quais aderem por amizade. A assunção dos cargos dirigentes nos clubes amadores são motivados pelo receio da extinção do clube. A estabilidade financeira da UCE contribui para mudanças na sua cultura e funcionamento organizacional. Todos os clubes demonstram falhas no processo de avaliação na implementação dos programas com vista ao desenvolvimento do jovem atleta, centrando-se esta essencialmente nos resultados desportivos obtidos.

PALAVRAS-CHAVE:
Profissional; Voluntário; Rural; Urbano

Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Av. Prof. Mello Moraes, 65, 05508-030 São Paulo SP/Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3091 3147 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reveefe@usp.br
Accessibility / Report Error