• Revista Brasileira de Educação Física e Esporte: 1986 - 2016 EDITORIAL

    Bertuzzi, Rômulo
  • Apresentação APRESENTAÇÃO

    Carbinatto, Michele Viviene; Nunomura, Myrian
  • Do Code of Points in men artistic gymnastics and women artistic gymnastics favor asymmetric elements? BIODINÂMICA

    ČUK, Ivan

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A pesquisa investigou se o Código de Pontuação (COP) da Ginástica Artística Masculina (MAG) e da Ginástica Artística Feminina (WAG) favoreciam elementos assimétricos, a fim de arquitetar elementos competitivos do ginasta. Todos os elementos descritos no COP da MAG (N = 993) e WAG (N = 713) foram analisados em suas posições de início, durante a na posição final no que se refere à simetria. Foram considerados simétricos os movimentos em que braços, troncos e pernas eram ativados simultaneamente e do mesmo lado. Os resultados mostraram que no COP MAG há um número significativamente maior de elementos assimétricos, sobretudo na relação tronco e pernas. No COP WAG há um maior número de elementos assimétricos entre braços, tronco e pernas. Hipoteticamemte, os exercícios com maior dificuldade em cada um dos aparelhos revelaram que a proporção entre elementos assimétricos e simétricos é de cerca de 70% e 30% respectivamente, o que releva que a dificuldade está associada com maior assimetria. O COP na MAG e WAG reforçam que realizar movimento assimétricos amplia o grau de dificuldade e elevados resultados, no entanto, os técnicos devem se atentar ao COP e sua influência no bem-estar dos ginastas, minimizando cargas assimetrias e trabalhado em condicionamento simétric.

    Abstract in English:

    Abstract The purpose of research was to determine whether Code of Point (COP) in Men Artistic Gymnastics (MAG) and Women Artistic Gymnastics (WAG) favor asymmetric elements in order to build gymnast’s competition exercise. All elements which are described in MAG (N = 993) and WAG (N = 713) COP were included and defined if they are symmetric at start position, during movement and at final position. Element is symmetric by arms and trunk with legs activity when all left and right body side performs simultaneously same activity. Results show in MAG COP as a whole is significantly more asymmetric elements with asymmetric trunk and legs activity. In WAG COP as a whole is significantly more asymmetric elements with asymmetric activity of arms, trunk and legs. Hypothetical most difficulty exercises on each apparatus revealed that in general for all around gymnast proportion between asymmetric and symmetric elements is close to 70% to 30%, what suggests that difficulty relates to increased asymmetry. COP in MAG and WAG enforces asymmetric movements for achieving high results, however, coaches’ task is to be aware of COP influence on gymnasts’ health and minimize asymmetries in load and to work on symmetric conditioning.
  • Laterality in artistic gymnastics BIODINÂMICA

    BESSI, Flavio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Técnicos do mundo todo questionam se há um esquema de rotação, que facilita a aprendizagem dos elementos nas rotações longitudinais. As pesquisas sobre o assunto verificam a relação entre dois a quatro elementos daquelas, então, neste estudo, analisamos a apreciação de especialistas n = 161 treinadores (idade: 34,9 ± 10,9) de diferentes níveis de especialização e de diferentes países (ARG, BOL, BRA, CHI, ECU, ELS, GER, GUA, HON, MEX, PAN , PER, URU, VEN) com 12 ± 8,8 anos de experiência a respeito de como um ginasta deve executar 27 diferentes elementos em cinco aparelhos masculinos. Escolhemos esses elementos, pois desejávamos investigar movimentos com rotação na posição em pé, de cabeça para baixo e em combinação com a rotação transversal. Por meio de um questionário para técnicos, averiguamos se existem diferenças, coincidências ou regras ainda imóveis no esquema de rotação que ginastas devem usar (ou deveriam usar). As respostas foram conceituadas em três categorias de preferência de rotação: rotação consistente unilateral, rotação consistente bilateral e rotação inconsistente. O estudo teve como objetivo responder a várias perguntas: Os técnicos concordam em relação a qual esquema de rotação deve estar na ginástica? Como técnicos (ex-ginastas) determinaram que caminho tomar? O posicionamento das mãos e dos pés influenciam na rotação? O modelo individual de rotação influência no conceito apropriado de rotação? As práticas nacionalizadas influênciam em um modelo de rotação? Existem diferenças na apreciação entre técnicos de diferentes níveis? Há regras ambíguas entre os elementos?

    Abstract in English:

    Abstract Worldwide trainers ask if there is a rotation scheme, which facilitate the learning of the elements with longitudinal rotations. Although there are some research on it, they did not attempt to verify a total scheme, but merely to see the relationship between two elements or four elements. In this study we analyse the appreciation of experts N = 161 coaches (age: 34.9 ± 10.9) from different levels of expertise and from different countries (ARG, BOL, BRA, CHI, ECU, ELS, GER, GUA, HON, MEX, PAN, PER, URU, VEN) with 12 ± 8.8 years of experience regardinghow gymnasts should execute 27 different elements in 5 male apparatus. We chose these elements, because we wanted to have movements with rotation in upright stance, upside down and in combination with transversal rotation. Through a questionnaire for coaches, we tried to verify if there are differences, coincidences or even immovable rules in the rotation scheme that gymnasts use (or should use). The answers were typologized with three categories of rotational preference: unilateral consistent twister, bilateral consistent twister and inconsistent twister. The study aimed to answer several questions: Do coaches agree on how the rotation scheme should be in gymnastics? How do coaches (former gymnasts) determined which way to turn? Do the handedness or the footedness influence on the direction of rotation? Does the personal rotation scheme influence on the concept of appropriate rotation scheme? Do the national practices influence the rotation scheme? Are there differences in appreciation between coaches at different levels? Are unambiguous rules among the elements?
  • Option selection in whole-body rotation movements in gymnastics BIODINÂMICA

    HEINEN, Thomas; NICOLAUS, Marc

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Quando um ginasta executa um mortal, o momento linear e angular, juntamente com determinado controle de inércia durante a fase de voo, restringem as possibilidades de ação. Devido à complexidade e à natureza dinâmica do sistema do movimento humano, pode-se argumentar que existe determinada quantidade de estados coordenativos estáveis quando se executa mortais. O objetivo deste estudo foi explorar a multiplicidade de opções de movimento e estados coordenativos, juntamente com os seus parâmetros de diferenciação para um único mortal na ginástica, com base em um modelo matemático simples que reflita o comportamento da rotação do ginasta durante a fase de voo. Os parâmetros biomecânicos que determinam o comportamento da rotação durante um mortal variam sistematicamente em relação a determinado conjunto de restrições biomecânicas que definem a execução bem sucedida do mortal. Simulações em série revelaram que, a partir de 10229760 ciclos de simulação, somente 655346 (aproximadamente 6,41%) levaram ao desempenho bem sucedido do mortal. Uma análise subsequente da perspectiva de movimento para o momento angular ótimo revelou 10 estados de coordenação para um único mortal que poderiam ser claramente distinguidos com base nos parâmetros de simulação. Considerados os resultados em conjunto, torna-se evidente que seria mais aconselhável realizar um único mortal com momento de inércia maior quando se atinge a posição grupada, duração mais longa para atingir a posição grupada, duração mais longa da posição grupada, e um momento de inércia intermediário durante a aterrissagem. Essa estratégia compreende a maior quantidade de opções de movimento associados a uma aterrissagem na posição ereta e, assim, a maior probabilidade de sucesso quando se realiza um único mortal.

    Abstract in English:

    Abstract When a gymnast performs a somersault, the linear and angular momentum along with a particular control of inertia during the flight phase constrain the possibilities for action. Given the complexity and dynamic nature of the human moving system, one could argue that there exist a particular amount of stable coordination states when performing somersaults. The goal of this study was to explore the manifold of movement options and coordination states along with their differentiating parameters for a single somersault in gymnastics based on a simple mathematical model reflecting gymnast’s rotation behavior during the flight phase. Biomechanical parameters determining rotation behavior during a somersault were systematically varied with regard to a particular set of biomechanical constraints defining a successful somersault performance. Batch simulations revealed that from 10229760 simulation cycles only 655346 (approximately 6.41%) led to successful somersault performance. A subsequent analysis of the movement option landscape for the optimum angular momentum revealed ten coordination states for a single somersault that could be clearly distinguished based on the simulation parameters. Taken the results together, it becomes apparent that it may be most advisable to perform a single somersault with a larger moment of inertia when achieving the tucked position, a longer duration to achieve the tucked position, a longer duration of staying tucked, and an intermediate moment of inertia during landing. This strategy comprises the largest amount of movement options associated with an upright landing and thus the highest probability of success when performing a single somersault.
  • Explosive power of lower limbs in rhythmic gymnastics athletes in different competitive levels BIODINÂMICA

    SANTOS, Amanda Batista; LEBRE, Eunice; CARVALHO, Lurdes Ávila

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A força na Ginástica Rítmica manifesta-se na grande maioria dos movimentos e elementos realizados pelas ginastas, especialmente nos saltos, que são elementos corporais indispensáveis na prática da modalidade. O treino voltado para o desenvolvimento da habilidade de salto apresenta uma grande quantidade de exercícios que visam aumentar o grau de potência muscular de membros inferiores, e portanto, a capacidade de impulsão. A impulsão vertical é uma importante medida utilizada para mensurar a força explosiva de membros inferiores e está diretamente ligada ao sucesso que a ginasta poderá atingir. Deste modo, o presente estudo teve por objetivo avaliar a altura de dois saltos da Ginástica Rítmica (salto de corça e salto cossaco) através da plataforma de contato Ergojump, que calcula a altura do salto em função do tempo de voo, executados por ginastas juniores de nível nacional e comparar com resultados da Seleção Nacional Júnior – no total 30 ginastas, com idade média de 13,73 ± 0,17 anos. Além disso, comparar os níveis de força explosiva do membro inferior preferido (MIP) e membro inferior não preferido (MINP) de todas as ginastas do estudo, de modo a verificar possíveis assimetrias funcionais. Para a análise estatística recorremos aos Testes Paramétricos (Teste T) e não Paramétricos (Teste Mann-Whitney e Wilcoxon). As ginastas da Seleção Nacional alcançaram melhores resultados em 33% dos testes, deste modo concluímos que não conseguiram mostrar a superioridade esperada nos testes realizados. Além disso, verificamos que a maior parte das ginastas apresentaram um harmonioso desenvolvimento da força explosiva em ambos os membros inferiores, dado que e 83,3% das ginastas da amostra não demonstraram assimetrias funcionais.

    Abstract in English:

    Abstract The explosive power in Rhythmic Gymnastics shows itself in the great majority of movements and elements performed by the gymnasts, particularly in the jumps, which are essential corporal movements in this sport. The training directed to the development of jumping capacity presents a large quantity of exercises which aim to improve muscular power in the lower limbs and therefore the impulsion capacity. The vertical impulsion is an important measure used to calculate the explosive power of the lower limbs and is directly connected to the success that the gymnast will be able to achieve. Therefore, the aim of this study is to evaluate the height of two jumps in the RG (stag jump and Cossack jump) in contact mat Ergojump, which calculates the jump height in connection with the flight timing, executed by national level junior gymnasts and to compare them to the results of the Junior National Team - in total 30 junior gymnasts with 13.73 ± 0.17 years old. Furthermore, to compare the levels of explosive power of preferred lower limb (PLL) and non-preferred lower limb (NPLL) of all gymnasts in the study, in order to verify eventual functional asymmetries. For the statistical analysis we used Parametric Tests (t Test) and Nonparametric (Mann-Whitney Test and Wilcoxon Test). The gymnasts of the National Team achieved superior marks in 33.3% of the tests and 83.3% of the gymnasts of our sample did not present explosive power asymmetries. We conclude that the gymnasts of the National Team did not show the expected superiority in the tests, and the most of gymnasts presented a harmonious development of explosive power for both lower limbs, since they did not show functional asymmetries.
  • Men’s artistic gymnastics: is the use of elastic surfaces systematic in the training process? BIODINÂMICA

    BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; COELHO, Tiago Furtado

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Em alguns esportes, o espaço de jogo representa o componente sistêmico de maior relevância: esse é o caso da Ginástica Artística (GA). Desse modo, quando nos empenhamos em compreender a lógica interna dessa modalidade precisamos dedicar especial atenção à relação ginasta-aparelho. Observamos uma mudança no paradigma de treinamento em que o uso das Superfícies Elásticas constitui um componente essencial, visando atender às características contemporâneas desse esporte, como a hipervalorização das acrobacias e a maior presença dos elementos ginásticos com “fase aérea”. Nessa oportunidade, analisamos, a partir de estudo de caso de um ginásio de treinamento de alto rendimento de Ginástica Artística Masculina, o emprego de diferentes Superfícies Elásticas (SpE) na preparação dos ginastas. Embora os treinadores reconheçam o papel fundamental das SpE para o desenvolvimento dos ginastas, seu uso cotidiano ainda é restrito a poucos equipamentos e realizado de modo assistemático. Essas dificuldades se devem principalmente à ausência de programas formativos que desenvolvam metodologias específicas e à inexistência de fornecedores de equipamentos nacionais com qualidade certificada pela Federação Internacional de Ginástica.

    Abstract in English:

    Abstract In Artistic Gymnastics, the area (the apparatus) represents the most relevant systemic component. Thus, when one strives to comprehend the internal logic of this sport, the gymnast-apparatus relationship warrants special attention. A change in the training paradigm was observed, showing that the use of Elastic Surfaces (ES) is an essential resource, due to the contemporary features of this sport, such as the hyper-valorisation of acrobatics and a greater presence of flight elements. Through a case study developed in a men’s artistic gymnastics high-performance gymnasium, this study analysed the use of different ES in the training process. Although coaches recognize the importance of ES in training programs, the record of daily activities showed that this use is still limited to select equipment and is not systematic. Such difficulties are due mainly to the lack of educational programs to the development of certain specific methodologies and the non-existence of national equipment suppliers certified by International Gymnastics Federation.
  • Body dissatisfaction and sociodemographic, anthropometric and maturational factors among artistic gymnastics athletes BIODINÂMICA

    NEVES, Clara Mockdece; MEIRELES, Juliana Fernandes Filgueiras; CARVALHO, Pedro Henrique Berbert de; FERREIRA, Maria Elisa Caputo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo buscou avaliar a insatisfação corporal geral e em áreas corporais específicas em adolescentes que praticam ginástica artística nos níveis de base e de alto rendimento, bem como analisar a influência de fatores sociodemográficos, antropométricos e maturacionais sobre a insatisfação corporal. A pesquisa é caracterizada como transversal, quantitativa, descritiva e correlacional. A amostra foi constituída por 285 adolescentes de ambos os sexos praticantes de ginástica artística. Eles foram divididos em dois grupos: 245 atletas da categoria de base e 40 atletas de alto rendimento. Os jovens tinham idade entre 10 e 18 anos (média de 12,86 ± 1,80) e residiam na cidade de Três Rios-RJ. Os instrumentos utilizados para avaliação foram: Body Shape Questionnaire, Escala por Áreas Corporais, Critério de Classificação Econômica Brasil e questionário sociodemográfico. Foram coletados dados antropométricos e de maturação somática. Os resultados mostraram que 24,9% dos atletas de base e 15% dos atletas de alto rendimento apresentavam insatisfação corporal geral. Para as áreas corporais específicas, os atletas de base foram significativamente mais insatisfeitos com a área corporal “peso” do que os atletas de alto rendimento. Variáveis sociodemográficas e econômicas não exerceram influência sobre a insatisfação corporal geral. Em atletas de base, apenas o percentual de gordura e a maturação somática foram preditores para a insatisfação corporal geral e específica, respectivamente. Conclui-se que os atletas de base apresentaram maior insatisfação com seu corpo e peso corporal do que os atletas de alto rendimento.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to evaluate the overall body dissatisfaction and in specific areas in adolescents who practice artistic gymnastic in elite and non-elite levels, and to analyze the influence of sociodemographic, anthropometric and maturational factors on body dissatisfaction. The research is characterized as transversal, quantitative, descriptive and correlational. The sample consisted of 285 adolescents, of both sexes, practicing gymnastics. They were divided into two groups: 245 non-elite athletes and 40 elite athletes. The participants were aged between 10 and 18 years (mean 12.86 ± 1.80) and were resident of the city of Três Rios-RJ. The assessment instruments were: Body Shape Questionnaire, Body Areas Scale, Critério de Classificação Econômica Brasil and socio-demographic questionnaire. Anthropometric and somatic maturation data were collected. The results showed that 24.9% of the non-elite athletes and 15% of elite athletes were dissatisfied with their body as a whole. For specific body areas, nonelite athletes were significantly more dissatisfied with their body area “weight” than the elite athletes. Sociodemographic and economic factors had no influence on overall body dissatisfaction. For non-elite athletes, only the body percentage of fat and somatic maturation were predictors for the overall body dissatisfaction and in specific areas, respectively. It was concluded that the non-elite athletes were more dissatisfied with their body and weight than the elite athletes.
  • The cross on rings performed by an Olympic champion BIODINÂMICA

    CARRARA, Paulo; AMADIO, Alberto Carlos; SERRÃO, Júlio Cerca; IRWIN, Gareth; MOCHIZUKI, Luis

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O crucifixo é uma habilidade essencial na prova das argolas na Ginástica Artística Masculina. Entretanto, poucas pesquisas foram encontradas sobre esta habilidade. Há conhecimento sobre as forças necessárias para a realização do crucifixo, ou sobre a ativação muscular, isoladamente. O objetivo deste artigo foi realizar uma pesquisa abrangente sobre a biomecânica do crucifixo nas argolas, de forma e obter um modelo descritivo desta habilidade. Para isto, o atual campeão olímpico na prova de argolas foi voluntário desta pesquisa. Ele realizou três crucifixos em seu ginásio e com os aparelhos habituais. Foram combinados os métodos de mensuração: uma câmera de vídeo digital, uma célula de carga acoplada em cada cabo das argolas e eletromiografia de superfície em nove músculos do ombro direito. Os resultados foram comparados por testes paramétricos, não paramétricos e estatística descritiva. Valores de simetria foram calculados para os ângulos dos ombros e forças nos cabos direito e esquerdo. Coeficientes de variação de ativação muscular e cocontração também foram verificados. A variabilidade entre as tentativas foi calculada com a utilização do coeficiente biológico de variação (BCV), para as medidas discretas de cinemática. São descritos os ângulos dos ombros e forças nos cabos direito e esquerdo, como também a ativação muscular. Houve pequena variância entre as tentativas nos valores de cinemática e dinâmica, como também nos valores de simetria. A ativação muscular variou conforme a função muscular, enquanto os valores de cocontração foram diferentes entre as tentativas. Estes resultados distinguem as características do crucifixo realizado por um ginasta de nível elite. O conhecimento sobre as características do crucifixo podem informar técnicos, ginastas e profissionais da área da saúde sobre como esta habilidade deve ser apresentada em alto nível.

    Abstract in English:

    Abstract The cross is a key skill in Male Artistic Gymnastics rings routines. However, few researches were found about this skill. There is knowledge about the forces needed to perform the cross, or about muscles activation, separately. The aim of this paper was to accomplish a comprehensive research about the biomechanics of cross on rings, in order to obtain a descriptive model about this skill. Therefore, the currently Olympic champion on rings event volunteered in this research. He performed three crosses with the usual apparatus in his training gym. The measurement methods were combined: One digital video camera, one strain gauge in each cable and surface electromyography of nine right shoulder muscles were used. Statistical analyses were performed by parametric and non parametric tests and descriptive statistics. Symmetry values were calculated for shoulder angles and cables of right and left side. Coefficient of variation of muscle activation and co contraction were verified. Within gymnast variability was calculated using biological coefficient of variation (BCV), discretely for kinematic measures. Low variability values of shoulder angles and cable forces were verified and low values of asymmetry as well. Muscle activation varied according to muscle function, while co-contraction values were different among trials. These results pointed out the characteristics of the cross performed by an elite gymnast. Knowledge about the characteristics of cross can inform coaches, practitioners and clinicians how a successful skill should be presented.
  • Injuries prevalence in elite male artistic gymnasts BIODINÂMICA

    GOULART, Natália Batista Albuquerque; LUNARDI, Morgana; WALTRICK, Jennifer Faraon; LINK, Annelise; GARCIAS, Leandro; MELO, Mônica de Oliveira; OLIVA, João Carlos; VAZ, Marco Aurélio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A proposta deste estudo foi investigar a prevalência de lesões na ginástica artística masculina de alto rendimento. Vinte ginastas brasileiros da categoria adulta, com 23,1 ± 6,5 anos, 13,9 ± 5,0 anos de prá- tica no esporte e 36,5 ± 4,7 horas de treino semanais, participaram do estudo. Os atletas responderam o questionário de lesões referidas, formulado a partir de estudos da literatura, para obter informações sobre as características e circunstâncias das lesões. Foram considerados dados sobre o aparelho ou evento do treinamento em que ocorreu a lesão, o local anatômico lesionado, o tecido biológico afetado e o retorno às atividades após a lesão. Os dados foram avaliados por meio de estatística descritiva, a partir das frequências absolutas e relativas. A sobrecarga de treinamento e os aparelhos solo, cavalo com alças e salto sobre a mesa foram os eventos com maior frequência de lesões. Em relação ao local anatômico, tornozelo, mãos/dedos e ombro foram as regiões mais citadas. Os tecidos ligamentares e ósseo, bem como a cápsula articular foram os tecidos biológicos mais afetados. Em relação ao retorno às atividades, 56% relataram melhora, 33% reportaram retorno ao mesmo nível prévio à lesão e 10% relataram piora do desempenho após retorno às atividades. As lesões na ginástica artística masculina estão associadas às demandas mecânicas do esporte. A análise dos fatores de risco contribui no entendimento dos mecanismos das lesões na ginástica, bem como pode auxiliar em estratégias efetivas de prevenção.

    Abstract in English:

    Abstract The purpose of this study was to investigate the injuries prevalence in men elite artistic gymnasts. Twenty Brazilian senior gymnasts, aged 23.1 ± 6.5 years, 13.9 ± 5.0 years of practice and 36.5 ± 4.7 hours per week training, participated in this study. The athletes answered a morbidity questionnaire, formulated according to studies from the literature, for information on the injuries’ characteristics and circumstances. Information about the injury circumstances (gymnastic apparatus, overload training and physical exercises), the anatomic site injured, the affect biological tissue and the return to training after injury treatment were evaluated. Data were analyzed by descriptive statistics, absolute and relative frequencies. The training overload, and floor, pommel horse and vault were the events that presented higher injuries frequency. In relation to anatomic site, ankle, hands/fingers and shoulder were the most cited regions. The ligament, bone and articular capsule were the most affected biological tissues. In relation to gymnasts’ return to their sports activities, 56% of them reported a better condition at return, 33% reported to have returned at the same fitness level and 10% indicated that they were in a worse condition when they returned to the sports activities. The men’s artistic gymnastics injuries are related to the mechanical demands of this sport. The analysis of risk factors helps in understanding the injuries mechanisms in gymnastics, and provides relevant information that can assist in effective prevention strategies.
  • The impact of intensive high performance training on adult height of female artistic gymnasts: a retrospective study BIODINÂMICA

    FERREIRA-FILHO, Raul Alves; MACHADO, Dalmo Roberto Lopes; MARQUES, Renato Francisco Rodrigues; NUNOMURA, Myrian

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste estudo foi identificar o potencial impacto do treinamento de alta intensidade sobre as características antropométricas e maturacionais de ex-atletas da ginástica artística feminina e comparar a estatura adulta com padrões internacionais de crescimento. Uma amostra composta de 23 ex-atletas de elite da ginástica artística feminina brasileira foi avaliada. A partir de uma retrospectiva histórica média de 29,56 anos, foi determinado o tempo médio de formação [9,3 (2,6) anos], horas semanais de treinamento [24,26 (4,2)] e tempo após encerramento da carreira competitiva (13,61 ± 5,12 anos). A partir dos dados antropométricos das ginastas (quando ativas), o alvo parental da estatura das ex-atletas, de suas irmãs mais velhas (1) e mais jovens (2) foi calculado pelo método de Tanner {[(Altura do pai - 13 cm) + Altura da mãe] ÷ 2}. Além disso, o histórico de treino, idade de ocorrência da menarca e classificação do crescimento segundo os padrões internacionais, foram registrados para comparações. A estatura média das ex-atletas apresentou normalidade esperada para estatura adulta (NCHS), e em alguns casos ultrapassaram os valores dos percentis 75%, 90% e 95%. As ex-atletas foram maiores do que suas mães (p = 0,039), mas não diferiram da irmã 1 (0,952) ou irmã 2 (p = 0,998). A idade da menarca daquelas foi significantemente mais tardia do que de suas irmãs 1 (p = 0,008) e 2 ( p = 0,017). Em relação às referências brasileiras (IBGE), a altura final das ex-ginastas foi sempre maior do que o padrão nacional, ligeiramente menor do que suas irmãs 2 em alguns momentos (centis 5 e 10), mas eram mais altas do que suas mães e irmãs 1. Em conclusão, não há evidências de que o treinamento de alto impacto da ginástica artística resulte em efeitos adversos sobre a estatura adulta final das atletas.

    Abstract in English:

    Abstract The purpose of this study was to identify the potential impact of the high performance training on the anthropometric and maturational characteristics of female artistic gymnasts and to compare the adult target height with international standards of growth. A sample consisted of 23 elite Brazilian female former gymnasts was evaluated. From a historic retrospective, about 29.56 yrs. ago (average of all) they devoted themselves to the training for 9.3 (2.6) years, with a weekly 24.26 (4.2) training hours, and had been retired from competition around at 13.61 (5.12) years old. From the anthropometric data of the gymnasts (while still competing), their parents and their older sister (1) and younger sister (2), the target height was calculated by Tanner method {[(father’s height -13 cm) + mother’s height] ÷ 2}. Additionally, training history, age of menarche occurrence, and growth classifying in accordance with the international standards was recorded, aimed at comparisons. The average stature shown normal adult stature (NCHS), and some cases surpassed the standard 75th, 90th and 95th percentile. They are higher than their mother (p = 0.039), but not their sister 1 (0.952) or sister 2 (p = 0.998), but the age of menarche was significantly later only than their sisters 1 (p = 0.008) and 2 (p = 0.017). According to the Brazilian percentiles reference (IBGE), the final height of the former gymnasts was always higher of the standard, slightly smaller than their sisters 2 (5th and 10th), but was taller than their mothers and sisters 1. In conclusion, there is no evidence of artistic gymnastics high performance training having adverse effects on the final adult height.
  • Kinematic variables of table vault on artistic gymnastics BIODINÂMICA

    FERNANDES, Sarah Maria Boldrini; CARRARA, Paulo; SERRÃO, Júlio Cerca; AMADIO, Alberto Carlos; MOCHIZUKI, Luis

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O salto sobre a mesa é uma prova da ginástica artística, tanto no setor masculino quanto no setor feminino. Embora existam inúmeras combinações para a realização de um salto, podemos separá-los em três grupos: reversões, Yurchenko e Tsukahara. Acredita-se que as variáveis cinemáticas do salto podem variar de acordo com o tipo de abordagem ou posição corporal do ginasta, porem pouco se têm estudado acerca das reais diferenças entre os três grupos de saltos, comparando-os e descrevendo os comportamentos em diferentes fases. Assim, o objetivo deste estudo foi organizar de maneira crítica, objetiva e sistemática as variáveis cinemáticas mais relevantes para o performance no salto sobre a mesa. Foi realizada uma meta-análise nas bases de dados Pubmed, Sport Discus and Web of Science sobre o assunto. A partir das referências bibliográficas resultantes, foi descrita e analisada a cinemática do salto sobre a mesa. O salto foi caracterizado em sete fases de análise. A maior parte dos estudos é descritiva, e alguns não abordam todas as fases. As diferenças entre as variáveis dos saltos de acordo com os grupos de saltos, nível técnico e gênero foram analisadas somente em estudos mais recentes. Ainda há lacunas na pesquisa sobre as variáveis cinemáticas do salto sobre a mesa, para fornecer informação abrangente sobre as possibilidades de saltos neste aparelho da ginástica artística. Concluiu-se que as variáveis cinemáticas do salto sobre a mesa dependem do tipo de salto e devem ser consideradas para a melhora da performance técnica. Mais pesquisas são necessárias para que uma interface entre o conhecimento da biomecânica e a aplicação prática seja abrangente ao técnico de ginástica.

    Abstract in English:

    Abstract The table vault is an event of male and female Artistics Gymnastics. Although it can be performed in a variety of rotations and body positions in different phases, it can be separated in three groups: handspring, Yurchenko and Tsukahara. It is believed that kinematic variables of vault may vary according to group of vault or gymnast body position, but few studies compares the real differences among the three groups of vaults, comparing and describing the variables in different phases. Vault kinematic variables could be diversifying according to the approach or position of the vaulting, but little has been studied about the biomechanical differences, comparing and describing behaviours at different stages. The aim of this study was to organize critical, objective and to systematize the most relevant kinematic variables to performance on vaulting. A Meta analysis over the basis Pubmed, Sport Discus and Web of Science were performed about this issue. From the selected references, we described and analyzed the kinematics of the table vault. Vault can be characterized in seven phases of analysis. Most of the studies are descriptive, and some do not descript all phases. Differences among vault variables according to group vaults, technical level and gender were analysed only in recent studies. There still gaps of knowledge about kinematic variables of table vault, in order to provide comprehensive information about all possibilities of vaults in this gymnastic event. It is concluded that kinematic variables of table vault depends upon vault group and may be considered to the improvement of technical performance. More researches are needed to approach the coaching interface with biomechanics applicable knowledge.
  • Parental support in sports development of Brazilian gymnasts participants in the Olympic Games (1980-2004) SOCIOCULTURAL

    SCHIAVON, Laurita Marconi; SOARES, Daniela Bento

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A formação esportiva envolve aspectos importantes que colaboram para o alto rendimento esportivo. O apoio da família é um dos fatores a serem considerados na preparação esportiva de muitos anos, podendo beneficiar ou prejudicar os atletas caso não seja bem conduzido. A presente pesquisa registra e discute a importância do apoio da família na Ginástica Artística feminina, na perspectiva de ginastas brasileiras participantes de Jogos Olímpicos. O método utilizado foi a História Oral com a técnica de depoimentos orais. As 10 participantes dessa pesquisa são todas as ginastas brasileiras representantes do Brasil em Jogos Olímpicos desde a primeira participação do país nesse campeonato, em 1980, até a melhor classificação brasileira, em Atenas (2004), totalizando 10 ginastas (amostra de 100% do universo da pesquisa). A análise dos depoimentos foi feita por meio da técnica de análise cruzada. Como resultado, todas as ginastas foram unanimes em relação à importância do apoio familiar no processo de formação esportiva. Além de reforçar os resultados presentes na literatura, os depoimentos revelam detalhes da relação entre as ginastas e suas famílias para maiores reflexões acerca do tema, um diferencial de estudos com depoimentos orais.

    Abstract in English:

    Abstract Sports development involves important aspects that collaborate towards the achievement of a high level sports performance. Parental support is one such fact to be considered in Long Term Athlete Development (LTAD), capable of benefiting or harming athletes if not adequately administered. This study registers and discusses the importance of parental support in female Artistic Gymnastics, from the perspective of Brazilian gymnasts who have participated in the Olympic Games. The method used was Oral History with the technique known as oral testimony. The participants of the study were the ten Brazilian gymnasts who represented Brazil in the Olympic Games from when the country first participated in this championship, in 1980, up to the best Brazilian classification in Athens (2004), totaling ten gymnasts (a sample comprising 100% or the research universe). Testimony analysis was conducted through crossanalysis. The study shows unanimity among the gymnasts in regards to the importance of parental support in the sports development process. In addition to reinforcing the results found in the literature, the testimonies provide details of the relationships between the gymnasts and their families for deeper reflections around the subject, a distinguishing feature of studies with oral testimonies.
  • The appreciation of artistic aspects of the Code of Points in rhythmic gymnastics: an analysis of the last three decades SOCIOCULTURAL

    TOLEDO, Eliana de; ANTUALPA, Kizzy

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Em busca de melhor promover os aspectos artísticos, tendo-se em vista os últimos ciclos olímpicos, o atual Código de Pontuação de Ginástica Rítmica (CPGR) foi submetido a significativas mudanças. É a partir desse contexto que essa pesquisa, de caráter documental e histórico, se desenvolve, tendo como objetivo, analisar as mudanças nos últimos oito ciclos Olímpicos de CPGR (1985-2016), com foco nos aspectos artísticos da modalidade. A partir da análise de diferentes ciclos do CPGR, conclui-se que há conexões de interdependência entre os aspectos artísticos e os técnicos, sendo nítido que quando há uma supervalorização do aspecto técnico há uma desvalorização do artístico. Foi possível identificar fases do CPGR, e portanto, da modalidade. Apesar de manter as suas raízes artísticas (de Dança e Ritmo), a busca pela esportivização e sistematização da modalidade, trouxe uma primeira fase caracterizada pela busca do caráter esportivo e pela padronização dos gestos da GR, baseada na inclusão de novos elementos do corpo no CPGR. A segunda fase se caracteriza por uma retomada do aspecto artístico, confirmando nossa hipótese sobre a grande mudança do último CPGR. Constatamos de maneira geral, que o CPGR atual retoma a relação entre a GR e suas origens, influenciado pela Ginástica Estética (sueca), Rítmica e Dança. Tal condição é observada, uma vez que o atual Código de Pontuação (2013-2016) marca a história da modalidade por dois aspectos: a permissão de rotinas com canto, que não eram permitidas desde a criação do CPGR; e mudanças significativas para a valorização de aspectos artísticos dos rotinas.

    Abstract in English:

    Abstract In pursuit of promoting the artistic aspects, the current Rhythmic Gymnastics Code of Points (RGCP) has been submeted significant changes that motivated this research, documentary and historical in character, which aimed to analyze the last eight Olympic cycles of RGCP. The research method used in this study is documentary and characterized by the information found in documents (RGCP) that had not received any scientific treatment. From the analysis of different RGCP cycles, we found artistic aspects, and their connection with RG technical requirements. We observed that the RG has distinct stages (technical aspects, flexibility etc). While retaining its artistic roots (from Dance and Rhythm), in pursuit of sportivization and systematization of the sport, the first stage was characterized by a search for the sportivization and standardization of the modality based on the inclusion of new body elements in the RGCP . The second stage confirms our previous hypothesis, that in the last RGCP the artistic component had undergone few changes. We noticed, in an overview, that at the present time the current RGCP brings back the relationship between RG and its origins, influenced by Aesthetic Gymnastics (Swedish), Rhythmic and Dance. Condition observed once the current Code of Points (2013-2016) marks the story of sports, by two aspects: the permissiveness of routines with singing wich has not allowed since since the creation the RGCP and significant changes to the appreciation of the routines’ artistic aspects.
  • Análise das condições de desenvolvimento da ginástica artística no Estado de São Paulo SOCIOCULTURAL

    LIMA, Letícia Bartholomeu de Queiroz; MURBACH, Marina Aggio; FERREIRA, Maria Dilailça Trigueiro de Oliveira; SCHIAVON, Laurita Marconi

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo, quantitativo descritivo, apresenta um diagnóstico da Ginástica Artística (GA) no interior do Estado de São Paulo a partir das condições de desenvolvimento das instituições que a promovem (tempo de existência da modalidade na instituição, infraestrutura de aparelhagem, número de profissionais, quantidade e nível dos ginastas no feminino e no masculino). Foi utilizado um questionário estruturado com perguntas fechadas para a coleta de dados, os quais foram analisados a partir da estatística descritiva. Fizeram parte deste estudo 56 técnicos/professores de GA, responsáveis por 28 instituições de 18 cidades do interior do Estado de São Paulo. Os dados coletados mostram que as condições destinadas para a prática não são satisfatórias para o desenvolvimento da GA no nível competitivo, há poucos profissionais em relação ao número de praticantes e poucos praticantes na iniciação esportiva, o que influencia diretamente na baixa quantidade de ginastas no nível competitivo. Muitas instituições não possuem ao menos os aparelhos oficiais da modalidade. Isso compromete o desenvolvimento da GA no interior do Estado de São Paulo, dificultando e influenciando diretamente o potencial de revelação e desenvolvimento de ginastas para o alto rendimento esportivo no Estado. Esses resultados podem refletir diretamente na GA brasileira, uma vez que São Paulo é um Estado bastante representativo em Campeonatos Brasileiros, e a Federação Paulista de Ginástica possui o maior número de entidades filiadas no País.

    Abstract in English:

    Abstract This descriptive quantitative paper presents a diagnosis of Artistic Gymnastics (AG) in the state of São Paulo from development conditions of the institutions that promote this sport (existent time of the sport in the institution, equipment’s infrastructure, number of professionals, quantity and level of the gymnasts in male and female). For data collection was used a structured questionnaire with closed questions and the data analysis was made from descriptive statistics. Participated in this study 56 AG coaches responsible for 28 institutions from 18 cities of the State of São Paulo. The collected data show that conditions designed for practice are not satisfactory regarding to the development conditions for AG in competitive level, with few professionals related to the number of practitioners, few practitioners in sport initiation, which directly influences the low amount of gymnasts in competitive level and many institutions do not have at least the official equipment of the sport. The non-appropriated conditions of AG development in the state of São Paulo complicate and directly influence the potential to revelation and development of gymnasts to high performance sport in the state. These results may directly reflect on Brazilian AG since São Paulo is a representative State in Brazilian championships and the São Paulo Gymnastics Federation has the largest number of affiliated entities in the country.
  • Promoting artistic quality in rhythmic gymnastics: a didactic analysis from high performance to school practice PEDAGÓGICA E COMPORTAMENTAL

    LOQUET, Monique

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Na França, o currículo para a Educação Física (EF) coloca as atividades ginásticas numa gama de competências denominada “Realização de práticas corporais para fins artísticos e acrobáticos”, juntamente com práticas artísticas como a Dança e o Circo. Mas qual o lugar da “arte ou do componente artístico” nas atividades ginásticas? A presença de gestos estéticos é suficientes para considerar a ginástica como uma atividade artística? Definir o termo “artístico” no campo desportivo é difícil, devido à dicotomia que se carrega historicamente entre os termos técnica e arte (nesse campo). Nossa análise foca na Ginástica Rítmica (GR), que parece ser um exemplo emblemático acerca dessa divisão entre técnica e arte, porque de um lado possui técnicas rígidas, prescrições detalhadas e regras; e por outro lado, possui a graciosidade, a criatividade e a expressão própria da ginasta. Nós acreditamos que há categorias fragmentadas e muito esquemáticas (estanques) para definir a ginástica e as atividades dos praticantes, e por isso, devemos analisar a articulação dessas categorias. Desse modo, primeiramente apresentamos uma visão geral acerca da GR como uma prática escolar com diferentes formas de ensinar; em seguida uma análise histórica sobre a configuração da GR como um esporte, destacando a instransponível lacuna entre as práticas escolares e as desportivizadas (que se constituíram ao longo do tempo), e buscando a conexão entre os aspectos técnicos e artísticos. E por fim, propomos três significativos pontos de articulação (denominados “jogos”), combinando de forma muito próxima as exigências técnicas e as demandas artísticas da modalidade. Consideramos que a variação desses três tipos de “jogos” (de criatividade, execução com graciosidade e de representação) é o produto do dinamismo do processo histórico desse esporte que ora denominamos de “artístico”. Assim, a partir dessa narrativa, apresentamos uma proposta de ensino da GR por meio de jogos para praticantes iniciantes, que visa promover as qualidades artísticas da prática da GR.

    Abstract in English:

    Abstract In France, the curricula for physical education (PE) place gymnastic activities in a set of competences named “Achieving a corporal performance for artistic and acrobatic aims”, alongside dance and circus arts. What place does Artistic occupy in gymnastic activities? Is an aesthetic gesture sufficient to be considered as part of an artistic activity? Defining the term «Artistic» is difficult in the field of sports, as descriptions usually come from the technique/Artistic dichotomy. Our analysis focuses on rhythmic gymnastics (RG), which is precisely seen as emblematic of this technique/Artistic division: on the one hand, technical rigor, prescriptions and rules; on the other hand, grace, creation and self-expression. We believe such compartmentalized categories are too schematic to define gymnasts’ and students’ activities, so we will examine their articulation points. We first present an overview of RG as a school practice in ordinary forms of teaching, then an historical analysis of RG as a sports practice, to highlight the unbridgeable gap between both school and sports practices, regarding technique/Artistic connections. We then propose three significant points of articulation (called games) closely combining technical requirements and artistic commitment. We consider that the variation of the three games played in GR (creating, making beautiful, representing) is the product of historical dynamics of this sport we call artistic. Finally, on this basis, we propose a learning game for novice students promoting the artistic quality of RG practice.
  • Proposal of analytical records for choreographic compositions in gymnastics for all PEDAGÓGICA E COMPORTAMENTAL

    SCARABELIM, Maria Letícia Abud; TOLEDO, Eliana de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Ginástica para Todos (GPT) é uma prática encontrada no amplo universo da ginástica, e a sua maior forma de expressão se dá por meio de composições coreográficas (CC), por motivos históricos, pedagógicos, entre outros. E os festivais de ginástica vêm se mostrando, em nível internacional, como um fórum privilegiado de mostra das CC, ocorrendo em diferentes contextos de intervenção social, como escolas, clubes, associações, ONGs e universidades. Nesse contexto, nosso objetivo é fornecer um instrumento para registrar e analisar composições coreográficas de GPT, por meio de fichas analíticas. A partir de uma pesquisa bibliográfica e documental, propõe-se um conjunto de oito fichas analíticas, que abordam aspectos gerais e específicos das CC na GPT. Conclui-se que o instrumento proposto possui uma estrutura didática e bem detalhada, alicerçada nas prerrogativas teóricas da área, o que viabiliza seu uso por diferentes perfis de profissionais e praticantes, podendo ser de grande valia para todos os envolvidos nos processos de CC na GPT, como uma ferramenta de registro (inclusive histórico), catalizadora de processos de reflexão e mudanças (caso sejam necessárias).

    Abstract in English:

    Abstract Gymnastics for All (GfA) is a practice found in the wide world of gymnastics and its greatest form of expression is through choreographic compositions (CC) due to historical and pedagogical reasons, among other factors. In addition, in the international arena, gymnastics festivals have become a privileged forum to perform CC as they take place in different contexts of social intervention, such as schools, clubs, associations, NGOs, and universities. In this context, our objective is to provide a tool to register and analyze GfA choreographic compositions by means of analytical record system. Based on bibliographical and documentary research, we propose a set of eight aspects that address general and specific aspects of CC in GfA. We conclude that the proposed tool displays a didactic and very detailed structure that is based on the theoretical prerogatives of the area. Not only it is useful to professionals and practitioners with different profiles, but it also holds the power of being of great value to all those involved in the processes of CC in GfA as a tool for recording data (including historical data), which is a catalyst for processes of reflection and changes (whenever they are required).
  • Gymnastics in higher education: reflections on assessment PEDAGÓGICA E COMPORTAMENTAL

    CARBINATTO, Michele Viviene; NUNOMURA, Myrian

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Os processos de avaliação tradicionais pautavam-se nos paradigmas educativos de linearidade e encadeamento, cujo objetivo era classificar e selecionar os indivíduos. Com o avanço do discurso das Ciências Humanas e Sociais, a avaliação ganhou um caráter reflexivo e analítico, e passou a se constituir em um sistema de apoio e orientação para as aprendizagens individuais e coletivas, e sem perder de vista a formação pessoal dos alunos. Apoiado na pesquisa qualitativa, o presente estudo identificou e discutiu as avaliações utilizadas por 14 docentes universitários do Estado de São Paulo que ministram as disciplinas de ginástica nos cursos de licenciatura em Educação Física. Os resultados evidenciaram diferentes formatos de avaliação, quais sejam: teórica; debates; prática/vivência pesquisa; autoavaliação e avaliação entre pares . Nenhum dos docentes esclareceram claramente os critérios de avaliação, ficando a mesma, sobretudo, subjetiva, quatro docente apontaram indícios de utilização dos instrumentos avaliativos na concepção formativa e apenas um docente orienta sua prática durante o processo de ensino-aprendizagem, após analisar o que foi detectado nas avaliações.

    Abstract in English:

    Abstract Assessment procedures were based on the traditional educational paradigms of linearity and sequence, whose aim was to categorize and select individuals. With the advancement of Social and Human Sciences, assessments gained both a reflexive and an analytical characteristic and now they constitute a system of support and guidance for individual and group learning, all without losing sight of building character in the students. Supported by qualitative research, this study identified and discussed the assessments used by 14 university lecturers in the state of São Paulo who teach Gymnastics in the Physical Education undergraduate courses. The results showed different formats of assessment, namely: theoretical; debates; practical/experience; research; self-assessment and peer-review. None of the evaluated lecturers clearly stated the assessment criteria, becoming it, mainly, subjective. Four lecturers gave indication of using the assessment tools in the formative conception and only one lecturer guides its practice during the teaching-learning process after analyzing what has been detected in assessments.
  • A produção acadêmica sobre ginástica: estado da arte dos artigos científicos PEDAGÓGICA E COMPORTAMENTAL

    SIMÕES, Regina; MOREIRA, Wagner Wey; CHAVES, Aline Dessupoio; SANTOS, Suziane Peixoto; COELHO, Ana Laura; CARBINATTO, Michele Viviane

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo, de caráter descritivo do tipo bibliográfico, analisou o estado da arte da ginástica das pesquisas acadêmico-científicas publicadas em periódicos nacionais indexadas na área da Educação Física pela CAPES entre os anos de 2000 a junho de 2015. Detectamos 340 trabalhos que, de maneira geral, são produzidos de forma coletiva, com primeira autoria feminina, com concentração institucional regionalizada (sudeste) e pouca colaboração internacional. Das abordagens dos estudos, destacaram-se as discussões sobre saúde, pedagogia do esporte e fisiologia. Em todas as temáticas, as discussões sobre as modalidades esportivas presentes no programa da Federação Internacional de Ginástica foram pífias.

    Abstract in English:

    Abstract Using bibliometrics parameters, this article analyze the “state of art” of the theme “gymnastics” in the academic and scientific researches published in Brazilian Journals indexed in Physical Education Area at CAPES, between 2000 and june/2015. We detected 340 articles. Generally they are produced collectively, normally the first authors are female, with regionalized institutional concentration (southeast) and little international collaboration. The approaches of the studies were, mainlyn about health, sport pedagogy and physiology. In all subjects, discussions on the sports present at the International Gymnastics Federation program were plus lackluster.
  • Festivais de ginástica no mundo e no Brasil: reflexões gerais ENSAIO

    PATRÍCIO, Tamiris Lima; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; CARBINATTO, Michele Viviene

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Os festivais ginásticos consistem em eventos majoritariamente não-competitivos, em que possibilidades gímnicas são apresentadas visando o congraçamento e o intercâmbio entre os praticantes. Este trabalho apresenta alguns dos principais festivais internacionais e nacionais, destacando aspectos relevantes de sua organização, periodicidade e contribuição para a manutenção da tradição gímnica. Por fim, tratamos de esboçar alguns apontamentos para consolidar um festival nacional que seja alicerçado e apoiado pelas diferentes federações, consolide identidade nacional e fomente a prática efetiva da ginástica.

    Abstract in English:

    Abstract The gymnastic festivals are consisted of predominantly non-competitive events, on which several gymnastics possibilities are displayed aiming at fellowship and exchanges between practitioners. The objective of this study is to present some of the top national and international festivals, highlighting relevant aspects of their organizations, frequency and contribution to the maintenance of gymnastic tradition. Finally, we try to sketch some points to consolidate a national festival that would be supported by the different federations, consolidating national identity and promoting the effective gymnastics practice.
  • Erratav.29, n.2, abr./jun. 2015 Errata

Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Av. Prof. Mello Moraes, 65, 05508-030 São Paulo SP/Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3091 3147 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reveefe@usp.br