Estratégias de Educação Permanente na Avaliação das Equipes de Saúde da Família: uma Revisão Sistemática

Permanent Education Strategies in the Evaluation of Family Health Teams: a Systematic Review

Livia Mendes Mesquita Geilsa Soraia Cavalcanti Valente Raquel Lima Soeiro Elaine Antunes Cortez Bianca Maria Innocencio da Silveira Lobo Simone Costa da Matta Xavier Sobre os autores

Resumo:

O Programa de Melhoria de Acesso e Qualidade da Atenção Básica, implantado pelo Ministério da Saúde, visa garantir a melhoria do acesso e da qualidade dos serviços ofertados pela atenção básica. Essa estratégia tem como perspectiva a promoção de melhorias do processo de trabalho e da assistência à saúde com base na indução, no monitoramento e na avaliação de processos e resultados a serem alcançados pelas equipes da Estratégia Saúde da Família. Nesse contexto, apresenta como uma das suas ferramentas mais potentes a educação permanente em saúde, que tem como objetivo promover as mudanças das práticas de atenção, gestão, educação e participação. Este artigo objetiva descrever as estratégias de educação permanente em saúde utilizadas no processo de avaliação das equipes de saúde da família, visando à melhoria da qualidade da assistência. Trata-se de uma revisão sistemática, com vistas a responder à seguinte questão de pesquisa: “Quais estratégias devem ser inseridas no âmbito das equipes de saúde da família para consolidar os processos avaliativos fomentados pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, tendo como foco a educação permanente em saúde?”. Em síntese, os artigos selecionados nesta revisão apresentam as experiências em relação à avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, as ações referentes à educação permanente em saúde inseridas no processo de trabalho das equipes de saúde da família e o grau de incorporação de tecnologias de informação e comunicação na atenção básica. Ainda há evidências do uso de práticas educativas formativas e verticalizadas que não levam em consideração as necessidades do território nem as demandas dos profissionais no cotidiano do trabalho em saúde. A revisão demonstra a existência de uma lacuna do conhecimento que retrate estratégias de educação permanente para efetivação do processo avaliativo fomentado pelo Programa de Melhoria de Acesso e Qualidade da Atenção Básica.

Palavras-chave:
Estratégia Saúde da Família; Atenção Básica; Educação Permanente; Avaliação em Saúde; Gestão da Qualidade em Saúde

Associação Brasileira de Educação Médica SCN - QD 02 - BL D - Torre A - Salas 1021 e 1023 | Asa Norte, Brasília | DF | CEP: 70712-903, Tel: (61) 3024-9978 / 3024-8013, Fax: +55 21 2260-6662 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbem.abem@gmail.com