Desenvolvimento e Validação de Instrumento para Avaliação das Competências Gerais nos Cursos da Área da Saúde

Graciele de Matia Marcio José de Almeida Roberto Zonato Esteves Elaine Rossi Ribeiro Izabel Cristina Meister Martins Coelho Sobre os autores

RESUMO

A avaliação das competências gerais nas graduações da área da saúde permanece desafiante.

Objetivos

Desenvolver um instrumento para apoiar os docentes na avaliação das competências gerais dos graduandos de cursos da área da saúde; testar a confiabilidade do instrumento com professores e estudantes do mesmo campo de atuação; validar o instrumento de competências gerais, direcionado aos professores e graduandos da área da saúde.

Métodos

A pesquisa foi do tipo metodológico, aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa nº 826.770. Foram realizadas a validação de constructo, a de critério e a de conteúdo com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) e na busca de referencial teórico, além de testes estatísticos como alfa de Cronbach, test t, valor de p, análise fatorial, correlação do coeficiente de Pearson e Akaike information criterion (AIC), que também garantiram a confiabilidade. O estudo foi desenvolvido em uma instituição de ensino superior de Curitiba (PR), nos cursos de Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Psicologia e Medicina, sendo a sua população composta de 50 avaliações de estudantes e 50 de professores, o que contemplou todos os períodos e cursos em andamento no segundo semestre de 2014.

Resultados

Foi possível a confecção de um modelo com três versões de instrumentos que avaliam as competências gerais para os cursos da área da saúde. A primeira englobou as competências gerais de 10 cursos da área da saúde, que se subdividem em: atenção à saúde, tomada de decisões, comunicação, liderança, administração e gerenciamento e educação permanente. A segunda e terceira versões contam com três dimensões, atenção à saúde, gestão em saúde e educação em saúde, voltadas para as competências gerais da nova formulação das DCNs do curso de Medicina. As três versões contam com um instrumento voltado para o professor e outro, espelho, dirigido ao estudante.

Conclusão

Para validar o instrumento sobre competências gerais, direcionado aos professores e graduandos de cursos da área da saúde, foram utilizadas, no que se refere ao seu conteúdo, a busca de referencial teórico, as DCNs e a avaliação de experts; para a validação de critério, o teste t, o teste χ2e a correlação de coeficiente de Pearson; e para validade de constructo, os testes estatísticos de análise fatorial exploratória e confirmatória e o AIC. Para validade de conteúdo, recorreu-se aos mesmos passos descritos para o primeiro objetivo, a fim de garantir a confiabilidade dos instrumentos, e empregaram-se o alfa de Cronbach e o AIC. Após esse processo, foi possível o desenvolvimento de três versões do instrumento, sendo as duas primeiras para utilização de professores e para professores e estudantes em conjunto; e a versão 3 foi apropriada para professores ou estudantes e ainda para professores e estudantes em conjunto, porém ela pode ser utilizada por todos os cursos da área da saúde estudados.

Competência Profissional; Ensino; Avaliação do Ensino; Educação Superior; Estudos de Validação

Associação Brasileira de Educação Médica SCN - QD 02 - BL D - Torre A - Salas 1021 e 1023 | Asa Norte, Brasília | DF | CEP: 70712-903, Tel: (61) 3024-9978 / 3024-8013, Fax: +55 21 2260-6662 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbem.abem@gmail.com