Uma Estratégia de Redução do Estresse entre Estudantes Médicos

A Strategy for Stress Reduction among Medical Students

Fernanda Martin Catarucci Talita Cardoso Rossi Vânia Hercília Talarico Bruno Ivan da Silva Beteto Pedro Henrique Leonetti Habimorad Madeline Susan Andrews Emmanuel A. Burdmann Karina Pavão Patrício Sobre os autores

Resumo:

Introdução:

O curso de graduação em Medicina expõe os alunos a uma quantidade significativa de estresse, o que pode gerar consequências negativas para o aprendizado, a motivação e o contato com os pacientes. Algumas técnicas e práticas têm sido indicadas para auxiliar no manejo e na redução do estresse, como é o caso da meditação que já é utilizada em escolas médicas. Este estudo avaliou os efeitos de um programa de redução do estresse e desenvolvimento da empatia em medicina (Redemed©) sobre a percepção de estresse de seus participantes e possíveis grupos de acolhimento.

Método:

Este é um ensaio quase experimental cuja amostra foi composta por 40 estudantes que compuseram o grupo controle e 47 alunos de um grupo de intervenção que participaram de oito encontros semanais de duas horas divididas em: 30 minutos de teoria sobre como o estresse influencia o estado de saúde, 60 minutos de vivências interpessoais e 30 minutos de ioga e meditação. Ambos os grupos, antes e depois do curso, responderam ao questionário sobre estresse percebido (PSS - Escala de Cohen).

Resultados:

Após os oito encontros semanais, o grupo intervenção apresentou melhora significativa (p = 0,030), demonstrando que a participação no curso Redemed© mostrou-se eficaz no controle do estresse entre os estudantes do presente estudo. Os alunos também foram questionados quanto à autopercepção sobre se sentirem ou não apoiados por outros grupos. Os três grupos de acolhimentos mais citados entre os alunos, tanto do grupo ativo como do controle, foram: amigos/família, centro acadêmico e a equipe do esporte que praticavam. Após as oito semanas, enquanto o grupo controle permaneceu com as mesmas indicações, no grupo intervenção foram citados: amigos/família, Redemed© e centro acadêmico.

Conclusão:

Este estudo mostrou que o programa Redemed©, com encontros durante oito semanas utilizando a meditação como sua técnica central, foi eficaz na redução do estresse percebido pelos estudantes de Medicina que participaram dessa intervenção quando comparado ao grupo controle (p = 0,000). As práticas integrativas e complementares podem ser uma ferramenta importante dentro das escolas médicas, de modo a levar os estudantes a lidar melhor com o estresse a que estão expostos ao longo do curso.

Palavras-chave:
Meditação; Estresse; Estudantes de Medicina; Educação Médica; Medicina Integrativa

Associação Brasileira de Educação Médica SCN - QD 02 - BL D - Torre A - Salas 1021 e 1023 | Asa Norte, Brasília | DF | CEP: 70712-903, Tel: (61) 3024-9978 / 3024-8013, Fax: +55 21 2260-6662 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbem.abem@gmail.com