Revista Brasileira de Educação Médica, Volume: 32, Issue: 2, Published: 2008
  • Editorial Editorial

    Marins, João José Neves
  • Community Health in the graduate medical course of the State University of Londrina: initial reflections Pesquisa

    Campos, João José Batista de; Elias, Paulo Eduardo Mangeon

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa o enfoque da Saúde Coletiva no desenvolvimento curricular na graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL), focalizando as diferentes visões de gestores, professores e estudantes sobre o processo de ensino-aprendizagem, introduzindo a análise da progressão do conhecimento em Saúde Coletiva no curso médico. Trata-se de um estudo qualitativo sobre a percepção dos entrevistados, tendo como população de estudo quatro gestores, quatro professores e um grupo focal de estudantes. Os resultados evidenciaram uma importante vinculação das atividades docentes da área junto à rede de serviços de saúde. No entanto, constata-se que os temas da área têm pequena inserção no currículo atual (5%), não considerando os estágios do internato e a estratégia de ensino que vem sendo utilizada. Concluiu-se que os docentes do Departamento de Saúde Coletiva sempre tiveram uma participação de vanguarda nos processos de mudança no curso de Medicina da UEL, havendo um grande esforço em tomar a realidade dos serviços de saúde de Londrina como eixo articulador do ensino em Saúde Coletiva, na tentativa de contribuir para a formação de médicos com maior conhecimento da realidade e comprometidos com o SUS.

    Abstract in English:

    This qualitative study aims analyzing to which extent collective health is approached in the curriculum of the graduate course in medicine of the UE with special attention to the viewpoint of managers, professors and students regarding the teaching-learning process. To this purpose, four managers, four professors and a focal group of students were interviewed. The results revealed an important commitment of the teaching body in this area to the net of health services. However, internship and the teaching strategies in use apart, the subjects making part of this field participate with only 5% in the current curriculum. It was concluded that the professors of the Community Health Department have always held a vanguard position with regard to promoting changes in the medical course of the UEL and that there are strong efforts towards using the reality of the health services in Londrina as an articulating axle in the teaching of collective health so as to educate practitioners with greater awareness of the reality and commitment to the Unified Health System.
  • Are innovative medical curricula more costly?Cost analysis of the Medicine Course of the State University of Londrina Pesquisa

    Trelha, Celita Salmaso; Casarim, Luis Fernando; Almeida, Marcio José de; Gordan, Pedro A.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi analisar os custos do curso de graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina. Foi realizado um estudo de caso, prospectivo, com levantamento das horas de dedicação dos professores às atividades acadêmicas e de gerenciamento do curso e número de docentes equivalentes a regime de tempo integral. No levantamento das informações utilizou-se o Cost Construction Model, e a coleta dos dados foi realizada por meio de análise documental e entrevistas. Esta metodologia permite separar custos instrucionais e custos compartilhados, de maneira a deixar claras eventuais diferenças de custo relacionadas ao desenho curricular. Foi realizada a identificação das despesas totais, alocação nas atividades-base, apoio efins, e distribuição das despesas diretas e indiretas por meio do sistema de absorção. Participaram das atividades do curso 222,2 equivalentes a professores de regime de 40 horas. O total de "horas contato" foi de 52.284. As atividades da primeira à quarta série implicaram um custo geral de R$ 855.586,74 e de R$ 1.629,025.93 para os dois anos de internato. Incluindo-se o custo compartilhado equivalente ao curso de Medicina do hospital universitário, o custo total do curso foi estimado em R$ 15.643.660,89, e o custo aluno/ano foi de R$ 31.162,67, o equivalente a US$ 10,633.86. Este valor, apesar de cenários diversos e metodologias de apuração diferentes, está aquém dos custos estimados em universidades estrangeiras ou mesmo brasileiras.

    Abstract in English:

    The aim of this prospective case study was to conduct a cost analysis of the Integrated Problem-Based Medical Course of the Health Sciences Center of the State University of Londrina, Brazil, during the fiscal year 2005. This analysis was done in two phases. First, using a Cost Construction Model, the administrative and educational faculty contact hours during all educational activities were identified through analysis of documents and interviews with the teaching body and students. Second, all direct and indirect costs required for supporting the course were added through a Cost Absorption Method done by the Planning and Development Office of the University, which included all shared costs. In 2005 the medical course had 502 medical students enrolled and 284 teachers (222,2 full-time equivalents) were necessary to accomplish all educational and management tasks. For the first four years 18,932 and for the internships (years five and six) 33,352 faculty contact hours were needed. The hours allocated for administrative tasks amounted to 13.173. The estimated cost for the first four years was R$ 855,586.74 and for the internships R$ 1,629,025.93. The administrative costs wereR$ 586,642.21. The share of the University Hospital was ofR$ 12,522,406.00 so that the total cost of the medical course was estimated in R$ 15,643,660.89, which corresponds to R$ 31,162.67 or US$ 10,633.86 (2005/dollar) per student/year. Due to the use of different approaches and diverse scenarios, cost comparisons with other institutions, local or international, are difficult but that could be overcome by using methods like the one used in this case study, where educational costs are established based on the design of the curriculum and separatedfrom other administrative or shared costs.
  • The participation of basic sciences in the integrated curriculum of the Londrina State University medical school Pesquisa

    Vargas, Lúcia Helena Mendonça; Colus, Ilce Mara de Syllos; Linhares, Rosa Elisa Carvalho; Salomão, Tereza Maria Sandis; Marchese, Maurício de Castro

    Abstract in Portuguese:

    O curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL) implementou um currículo integrado que utiliza a metodologia da Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) nos módulos temáticos. Embora dados da literatura apontem que o uso dessa metodologia aumenta o entendimento e a retenção de conceitos das ciências básicas, alguns autores demonstram preocupação com o fato de estas não receberem suficiente ênfase nesta metodologia. Esse trabalho teve por objetivo avaliar a inserção das ciências básicas no currículo integrado do curso de Medicina da UEL. Para isto, foi elaborado um questionário semiestruturado sobre o processo de inclusão dos docentes das áreas básicas nas várias atividades desenvolvidas no atual currículo. Houve aumento de 36% na participação dos docentes em relação ao currículo anterior. Foi verificado que ocorreu uma distribuição dos docentes em atividades do currículo integrado nas quatro primeiras séries, embora com maior concentração nas duas primeiras. Devem ser feitos esforços para que a integração básico-clínico possa ocorrer com maior intensidade em todas as séries.

    Abstract in English:

    The medical school of the State University of Londrina established an integrated curriculum using Problem Based Learning (PBL) as teaching strategy in the thematic modules of the medical course. Although according to the literature Problem Based Learning enhances the understanding and retention of basic sciences concepts, some authors fear that these basic concepts are not sufficiently emphasized in this methodology. The objective of this study is to evaluate the participation of basic sciences in the integrated curriculum of the Londrina State University medical school. To this purpose a semi-structured questionnaire was elaborated for evaluating the participation of teachers of the basic areas in the different activities making part of the current curriculum. There was an increase of 36% in the participation of basic science teachers in relation to the previous curriculum. It was verified that basic sciences teachers participated in activities of the integrated curriculum during the first four but mainly during the first two years. Efforts should be made for achieving a more intense integration of basic sciences and clinical practice throughout the course.
  • The use of a portfolio in home health care delivery to aged people during the medical course Pesquisa

    Cabrera, Marcos Aparecido Sarria; Turini, Barbara; Paccola, Lílian Bruniera Bruneli

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta e analisa a utilização do portfólio na prática de atendimento domiciliar a idosos no Módulo do Envelhecimento do segundo ano do curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina. As informações analisadas foram obtidas dos 40 portfólios apresentados pelos alunos na conclusão do módulo em 2006. O portfólio é estruturado com dados de identificação, anamnese, exame físico, medicamentos, exames complementares e avaliações funcionais, cognitivas e sociais. As seguintes informações foram selecionadas para análise: descrição das visitas domiciliares e avaliação individual dos alunos. As principais vantagens identificadas pelos alunos foram à possibilidade de aplicação do conhecimento adquirido (50,0%), a criação de vínculos (37,2%) e o desenvolvimento da relação médico-paciente (35,9%). Como principais dificuldades, apontaram insegurança (26,9%), dúvida em relação ao consentimento (15,4%) e invasão de privacidade (12,8%). A análise sugere que a prática de atendimento domiciliar a idosos é importante para a formação de profissionais com condições de atender à população idosa. Além disso, o portfólio mostrou ser um recurso pedagógico que proporciona um aprendizado ativo e garante o envolvimento do aluno com o conteúdo proposto para a atividade.

    Abstract in English:

    This study aims at presenting and analyzing the use of a portfolio in the home visits to aged people made by second year medical students attending the topic-based module "Aging" at the State University of Londrina. The information analyzed was collectedfromforty portfolios presented by the students on concluding the module in 2006. The portfolio contains data regarding identification of the patient, anamnesis, physical examination and complementary exams, medicines as well as functional, cognitive and social assessments. The information selected for analysis was: description and evaluation of the home visits by the students. The main advantages from the viewpoint of the students were the possibility of applying the acquired knowledge (50.0%), the establishment of links (37.2 %) and the development of a good doctor-patient relationship (35.9%). On the other hand, the main difficulties pointed out by the students were insecurity (26.9%), doubt regarding consent (15.4%) and invasion of privacy (12.8%). The analysis suggests home health care delivery to be important in the education of future professionals capable of attending the aged population in a satisfactory way. Moreover, the portfolio showed to be a pedagogical tool contributing to active learning and making the students get involved with the content proposed for the activity.
  • Evaluation of prescription data of a Brazilian teaching hospital Pesquisa

    Cruciol-Souza, Joice Mara; Thomson, João Carlos; Catisti, Douglas Godoy

    Abstract in Portuguese:

    A prescrição é o ponto de partida para a utilização de medicamentos. O objetivo deste trabalho foi identificar a qualidade das informações presentes nas prescrições das enfermarias de um hospital universitário brasileiro. Foram coletadas 1.785 prescrições medicamentosas de pacientes maiores de 12 anos, de ambos os sexos, internados em enfermaria de 1º de janeiro a 30 de abril de 2004. A amostragem foi feita coletando-se todas as prescrições emitidas em um dia de cada semana durante o período de estudo, observando-se o intervalo de seis dias entre cada coleta. Foram avaliados dados relativos à identificação do paciente, do medicamento e do prescritor. Em 230 (12,9%) prescrições não havia a idade do paciente. Em 224 (12%) prescrições não constava à assinatura do prescritor. Em 16% dos medicamentos prescritos foi detectada afalta de pelo menos uma informação relativa à posologia (dose, forma farmacêutica, via e/ou intervalo entre doses). Afalta destas informações é um obstáculo ao uso seguro de medicamentos, podendo levar ao uso inadequado e a reações adversas. Sugerimos intervenções educativas junto aos profissionais que lidam com o medicamento (desde a prescrição até sua utilização) e a implantação de monitoramento farmacoterapêutico dos pacientes. A participação mais ativa do farmacêutico na equipe de saúde também pode proporcionar tratamentos mais efetivos, seguros e convenientes aos pacientes hospitalizados. A assistência farmacêutica e a utilização de medicamentos em hospitais brasileiros precisam ser mais estudadas.

    Abstract in English:

    Prescription is the starting point for medicine use. The objective of this work was to identify the quality of the information contained in the prescriptions of a Brazilian university hospital. During the period January 1 to April 30,2004,1.785 drug prescriptions for inpatients older than 12 years were collected. The sample consisted of the total of prescriptions emitted on one day of each week during the study period, observing an interval of 6 days between each collection. Characteristics of the patient, the drug and the prescriber were evaluated. In 230 (12.9%) prescriptions the age of the patient was no mentioned. In 224 (12%) cases the prescriber had not signed the prescription. In 16% of prescriptions at least one item of the information regarding dosage (dosage, pharmaceutical form, route and/or time interval between doses) was missing. The lack of such information represents an obstacle for safe use of medicines and can lead to misuse and adverse reactions. We suggest educative interventions for the professionals who deal with medicines and pharmacotherapeutic monitoring of patients. The participation of the pharmacist in the health team can also contribute to more effective, safe and convenient therapies for the hospitalized patients. Pharmaceutical care and medicine use in Brazilian hospitals need further studies.
  • Writing good problems Ensaio

    Lima, Gerson Zanetta de; Linhares, Rosa Elisa Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Bons problemas são fundamentais em um currículo que utiliza o Aprendizado Baseado em Problemas. Escrevê-los requer conhecimento sobre os elementos básicos que devem fazer parte da estrutura do problema e também os fatores fundamentais que devem ser levados em consideração para que os objetivos sejam alcançados. Neste trabalho foram revistos alguns artigos da literatura com sugestões sobre a estrutura de problemas para uso em atividades tutoriais. São também apresentados princípios que devem ser respeitados e o modelo de estrutura de um problema, tal como têm sido sugeridos para os grupos de planejamento dos módulos temáticos e tutoriais do curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina além de exemplos de erros, observados em nossa experiência de 10 anos com este modelo de currículo, e que devem ser evitados.

    Abstract in English:

    Good problems are crucial for the development of a Problem-Based Learning curriculum. Writing good problems requires discipline and knowledge of the basic principle of the structure and fundamental features that have been considered to achieve the goals. Herein, the authors reviewed some of the rules suggested by the medical literature, and presented a model of written problems that are suggested for the tutorial planning groups of the Medical Course at the State University of Londrina, Brazil. Examples of errors observed in our 10-year experience in Problem-Based Learning are commented.
  • The management of the undergraduate medical school: criticism and self-criticism Ensaio

    Almeida, Marcio José de

    Abstract in Portuguese:

    A administração universitária, em especial a gestão da escola médica, não é temática reconhecida e valorizada pela comunidade acadêmica. No entanto, o desenvolvimento da formação médica depende, em grande parte, de boas práticas de gestão. Isso é ainda mais relevante quando a escola está imersa em processos de mudança. Este ensaio aborda nove tópicos relacionados à gestão segundo um enfoque crítico/autocrítico: 1. Auto-suficiência médica; 2. Dicotomia acadêmica e administrativa; 3. Aprimazia do bombeiro frente ao estrategista; 4. Educação permanente de docentes; 5. Despreparo para formar e manter equipes de trabalho; 6. Parcerias incompletas; 7. Ensino multiprofissional; 8. Trabalho em rede; 9. Produção teórica. A análise visa contribuir para o sucesso das mudanças na educação médica, para melhores perspectivas de trabalho dos atuais e futuros gestores e para a melhoria das escolas médicas.

    Abstract in English:

    University management, and mainly that of the undergraduate medical school, has not been an issue recognized and valued by the academic community. However, medical formation depends largely on good management practices. This turns even more relevant when the school is undergoing changes. This essay addresses nine topics related to management from a critical and self-critical viewpoint: 1. Medical self-sufficiency; 2. The administrative and academic dichotomy; 3. The primacy of last-minute solutions over strategies; 4. Continuing education of teachers; 5. Lack of skills to form and maintain work teams.; 6. Incomplete partnerships; 7. Multi-professional teaching; 8. Networking; 9. Weak theoretic production. This analysis aims at contributing to better perspectives for the medical school and for the work of its current and future managers.
  • The teaching of psychiatry, communication skills and attitudes in the integrated curriculum of the medical course at the Londrina State University Relato De Experiência

    Nunes, Sandra Odebrecht Vargas; Vargas, Heber Odebrecht; Liboni, Marcos; Martins Neto, Daniel; Vargas, Lúcia Helena Mendonça; Turini, Bárbara

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo relata uma experiência de ensino de psiquiatria, habilidades de comunicação e atitudes no currículo integrado do curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina. O mapa conceitual do módulo temático de problemas mentais e do comportamento foi proposto para facilitar uma aprendizagem interdisciplinar significativa de psiquiatria. O conhecimento de psiquiatria é adquirido utilizando-se a metodologia de Aprendizagem Baseada em Problemas. O treinamento de habilidades de comunicação e atitudes é realizado de diferentes formas, com pacientes verdadeiros, pacientes simulados, vídeos, relatos de casos, dramatizações e trabalhos em pequenos grupos. Os métodos de avaliação do conhecimento de psiquiatria, habilidades de comunicação e atitudes incluem avaliação somativa eformativa, que fornecem feedback ao estudante acerca de seu progresso, o exame clínico estruturado por objetivo (Osce), portfolios e relatórios de casos. As competências de conhecimento de psiquiatria, habilidades em comunicação e atitudes são internalizadas dependendo do método de treinamento de uma aprendizagem significativa e de como os estudantes são avaliados em sua prática da medicina.

    Abstract in English:

    This article describes an experience of teaching psychiatry, communication skills, and attitudes in an integrated medical curriculum at the Londrina State University. The concept map of the thematic module of mental disorders and of behavior were proposed as a strategy promoting interdisciplinary meaningful learning of Psychiatry. Psychiatric knowledge is acquired through problem-based learning. Communication skills and attitudes are taught in different ways, with patients, with simulated patients, using videos, case reports, role-playing, and work in small groups. The methods used for evaluating the knowledge in psychiatry, the communication skills and the attitudes include summative and formative assessment designed to give the student a feedback on his progress in objective structured clinical examination (Osce), portfolios, and case reports. The psychiatric knowledge, communication skills, and attitudes are assimilated depending on meaningful learning as a teaching method and on the way the students are evaluated in their medical practice.
  • Institutional evaluation in the undergraduate medical course of the State University of Londrina - Brazil: an innovatory experience Relato De Experiência

    Perim, Gianna Lepre; Sakai, Marcia; Almeida, Márcio; Marchese, Maurício; Matsuo, Tiemi

    Abstract in Portuguese:

    O curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL) desenvolveu sua proposta de avaliação institucional, contextualizada no panorama nacional e na realidade regional, e a partir de 2003 implantou o Sistema Integrado de Avaliação do Curso de Medicina (SIAMed)¹, cujos princípios se encontram em consonância com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior proposto pelo MEC/Inep. O SIAMed¹ engloba o conjunto das dimensões que compõem o curso, envolve todos os que participam do processo deformação do médico e é composto por três fases de desenvolvimento: avaliação interna, avaliação externa e reavaliação. Os resultados possibilitaram identificar as potencialidades efragilidades do curso, as quais foram amplamente discutidas e aprovadas pela comunidade interna. Posteriormente, foram traduzidas em propostas de ação que passaram a integrar os Planos de Ação da Comissão Executiva e das Comissões de Apoio do Colegiado para o biênio subseqüente (2006-2008), fortalecendo o processo de mudança vivenciado pelo curso.

    Abstract in English:

    The undergraduate medical course of the State University of Londrina elaborated a proposal for institutional evaluation in the context of the national panorama and of the reality of the region, which was implanted in 2003. The Integrated Evaluation System (SIAMed) analyzes all components of the curriculum and was carried out in three phases: internal evaluation, external evaluation and re-evaluation. These three phases took place from 2003 to 2005. The results allowed identifying the positive and negative aspects of the course, which were discussed with all people involved. As a consequence, new solutions for the identified problems were proposed and approved, and will be implemented in 2006-2008. The evaluation process contributed to consolidating the integrated medical course of the State University of Londrina.
  • Teaching, care and community interaction practice: challenges and perspectives of a teaching-learning experience in primary care Relato De Experiência

    Gil, Célia Regina Rodrigues; Turini, Bárbara; Cabrera, Marcos Aparecido Sarria; Kohatsu, Marilda; Orquiza, Sonia Maria Coutinho

    Abstract in Portuguese:

    As Práticas de Interação Ensino, Serviço e Comunidade (PIN) são módulos curriculares do curso deMedicina da Universidade Estadual de Londrina e têm como objetivo possibilitar aos estudantes uma inserção nas Unidades Saúde da Família (USF) que lhes permita compreender os determinantes do processo saúde-doença, a importância das medidas de promoção e prevenção e da USF como espaço do cuidado. As atividades são desenvolvidas nos quatro primeiros anos do curso, em módulos de cerca de 102 horas, por meio de conteúdos seqüenciais construídos mediante mapas conceituais que abrangem desde o conhecimento do território até atividades médicas da atenção básica. Os resultados mais evidentes são: a diversificação dos cenários de ensino-aprendizagem, a inserção precoce dos estudantes na rede básica e o desenvolvimento de habilidades voltadas à humanização do atendimento e ao cuidado centrado no paciente. Como desafios, destacam-se a necessidade de tornar mais atrativas as práticas em saúde nas unidades locais afim de aumentar a adesão dos estudantes, docentes e das equipes locais.

    Abstract in English:

    Teaching, Care and Community Interaction Practical Activities are curricular modules of the medical course of the State University of Londrina aimed at early introduction of students to the Family Health Program in order to give them the opportunity to understand the determinants of the health-disease process, the importance of health promotion and preventive actions and of the local health services. The activities are developed in the first four years of the medical course in modules of about 140 hours, with sequential contents structured in concept maps ranging from knowledge about the covered neighborhood to medical activities making part of primary care. The most evident results include diversification of the teaching-learning scenario, early contact of the students with the primary care system and development of skills involving the doctor-patient relationship and patient-centered care. Among the challenges is the need to make the work in the local health services more attractive to students, teachers and local health teams.
  • Continuing education of medical teachers: critical analysis of non- systematic experiences Relato De Experiência

    Almeida, Henriqueta Galvanin Guidio de; Ferreira Filho, Olavo Franco

    Abstract in Portuguese:

    Quando alterações curriculares abrangentes são propostas para os cursos de Medicina, como no caso da implantação de um currículo integrado, exige-se do professor a modificação de seu papel central de transmissor de conhecimentos para um papel mais cooperativo efacilitador do processo de ensino-aprendizagem, o que pode gerar insegurança, sensação de perda de poder e resistência. A capacitação formal dos docentes para suas novas funções é imperiosa para o sucesso nas mudanças. Além das ações educativas sistematizadas, atividades alternativas podem contribuir para aperfeiçoar a função docente. Este artigo analisa a experiência de docentes do curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL), membros das comissões de apoio ao colegiado, que desenvolveram, nos primeiros anos da implantação do currículo integrado, atividades não sistematizadas de educação permanente junto a docentes do curso. São comentadas informações a respeito: da reunião semanal realizada com os tutores; da pesquisação sobre a inserção e o desenvolvimento docente no currículo integrado; da revisão dos conteúdos dos módulos temáticos; da pesquisação com os coordenadores dos módulos temáticos; e do inquérito realizado com os preceptores de áreas do internato médico. As atividades analisadas forneceram respostas a demandas locais e contribuíram com a dinâmica de um processo de implantação que deve permanecer em contínua renovação.

    Abstract in English:

    Whenever great changes in the curriculum of medical courses are proposed, as is the case in the current implementation of an integrated curriculum, the teachers are expected to change their role from mere knowledge providers to a more cooperative and integrating role, facilitating the teaching-learning process. Such changes can cause insecurity, a sense of powerlessness and consequently resistance to these changes. To qualify the teachers for their new functions is thus pivotal for the success of any curricular changes. Besides the systematic educational actions, alternative activities can also contribute to the improvement of the teaching practice. This article analyzes the experience of teachers from the Londrina State University Medical School (UEL), who participated in the group responsible for developing non-systematic education activities with the teaching body of the medical course during the first year of the implementation of the integrated curriculum. The following activities are commented: the weekly meetings with tutors, the action-research on the development and insertion of the teaching body in the integrated curriculum, the topic-based module content reviews, the action-research with the topic-based module coordinators and the survey carried out with the coordinators of internship areas. The analyzed activities provided answers for local needs and contributed to a dynamic and continuously renewed implementation process.
  • The challenge of faculty development: the experience of the medical school at the State University of Londrina Relato De Experiência

    Faria, Maria José Sparça Salles de; Nunes, Elisabete de Fátima Polo de Almeida; Anastasiou, Lea; Sakai, Marcia Hiromi; Silva, Vera Lúcia Menezes da

    Abstract in Portuguese:

    Na prática docente, verifica-se que o corpo de professores detém um alto nível de conhecimento técnico-científico, que se contrapõe às deficiências em sua formação didático-pedagógica, o que leva a resistência às mudanças. Este artigo apresenta os desafios enfrentados no processo de implementação de um projeto de educação permanente dos professores que atuam no curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina, com vistas ao desenvolvimento de uma prática pedagógica que leve em conta a realidade humana em toda a sua complexidade e diversidade. Para isso,foi realizado um curso deformação básica para professores-tutores, desenvolvido em três etapas e que possibilitou aos participantes a vivência da ABP. Além disso, foi constituído um grupo de estudos para refletir sobre temas relacionados à prática pedagógica docente, com uma assessoria pedagógica. Este grupo foi denominado Grupo de Estudos Seqüenciais, e o resultado esperado é a formação de multiplicadores. A superação dos desafios do processo de profissionalização do docente médico requer que se avaliem constantemente todas as iniciativas implantadas, pois este processo de acompanhamento auxiliará um aperfeiçoamento contínuo.

    Abstract in English:

    Faculty staff of undergraduate medical school has usually a high level of techno-scientific knowledge but deficient didactic and pedagogical competences, resulting in resistance to change. The purpose of this article is to discuss the challenges posed to the implementation of a faculty development program for the medical course of the State University of Londrina. The faculty development committee introduced two activities, as there are: a) An introductory course to prepare future tutors who will provide support to the tutorial group using problem-based learning methods; b) The establishment of a study group in order to discuss and reflect about topics related to the teaching practice. For overcoming the challenges posed by nurturing medical faculty development all implanted activities need to be constantly evaluated in order to assure continuing capacity building.
  • Progress testing and course evaluation: ten years of experience in the undergraduate medical course at the State University of Londrina Relato De Experiência

    Sakai, Marcia Hiromi; Ferreira Filho, Olavo Franco; Almeida, Márcio José de; Mashima, Denise Akemi; Marchese, Maurício de Castro

    Abstract in Portuguese:

    O teste de progresso (TPMed) é uma avaliação cognitiva longitudinal com conteúdo final do curso, que tem por finalidade avaliar a instituição e o desempenho cognitivo dos estudantes. Atualmente, tem sido aplicado em diversas escolas médicas no mundo e no Brasil. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) implantou esse teste em 1998. Este trabalho apresenta a experiência da UEL na implementação do TPMed como um instrumento de avaliação do curso e alguns resultados desse período: houve aumento na participação dos estudantes para realizar o teste; o desempenho cognitivo dos estudantes apresentou aumento de uma série para outra em cada teste; a média de acertos nas áreas de Clínica Médica foi menor na quinta série, no oitavo e nono TPMed; na Saúde Coletiva, houve alto percentual de acerto nas duas primeiras séries. Tais resultados refletem a estrutura curricular, bem como as potencialidades e fragilidades do curso. O teste de progresso é um bom indicador do processo de auto-avaliação do curso, mas ainda necessita de aprofundamento nos estudos de técnicas de análise dos resultados, para permitir estimar o crescimento cognitivo dos estudantes.

    Abstract in English:

    Progress testing is a longitudinal assessment method covering the full cognitive content considered pertinent to the curriculum of undergraduate medical education. Several medical schools in the world and in Brazil have been applying this test. The medical school of the State University of Londrina, Brazil, introduced the test in 1998 in order to evaluate the course and the learning performance of the students. The purpose of this paper was to present the implementation process of progress testing as an evaluation method and some of the results observed during this period. Among these results were increasing participation of students in the test; the students showed progress in their overall medical knowledge in each test, however with lower scores than expected in ethics, public health and internal medicine. These results reflect the structure of the curriculum as well as the strong and weak points of the course. It is concluded that progress testing is a good indicator in the self-assessing process but that further studies into techniques for analyzing the results are necessary to be able to determine the cognitive progress of the students during the course.
  • Communication skills in medical teaching: structure, experience and challenges in new medical curricula Relato De Experiência

    Turini, Barbara; Martins Neto, Daniel; Tavares, Marcelo de Sousa; Nunes, Sandra Odebrecht Vargas; Silva, Vera Lucia Menezes da; Thomson, Zuleika

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo relata a experiência de um grupo de docentes do curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina no ensino de comunicação no módulo de Habilidades do currículo integrado. A constatação da importância da comunicação no relacionamento médico-paciente e na evolução de doenças levou à elaboração de uma estrutura com dificuldades progressivas ao longo dos quatro primeiros anos do curso. Os conteúdos abordados variam desde a observação de pacientes em sala de espera até a discussão técnica sobre a abordagem da transmissão de informações, adesão ao tratamento e manejo de grupos especiais de pacientes em diferentes fases da vida. As estratégias utilizadas incluem observação de pacientes, entrevistas, discussões em grupo, dramatizações, filmes, mesas-redondas, conferências e depoimentos de pacientes. A avaliação é feita em duas partes, formativa e cognitiva. O treinamento da comunicação visa desenvolver a competência do aluno em aprimorar seu vínculo com o paciente, potencializar os processos de obtenção e transmissão de informações, o manejo do paciente e a promoção da adesão ao tratamento.

    Abstract in English:

    This article relates an experience of a group of teachers of the Integrated Medical Course of the State University of Londrina in teaching communication in the Skills Module. The awareness of the importance of communication skills not only in the doctor-patient relationship but also in the evolution of diseases led to the design of a module with progressive difficulties throughout the first years of the course. The content of the module ranges from observation of patients in the waiting room to discussions on how to transmit information, treatment adherence and management of special groups of patients in different stages of life. The methods used include observation of patients, interviews, group discussions, role-playing, films, round tables, conferences and statements of patients. The evaluation occurs in two parts: formative and cognitive. The training of communication skills is aimed at developing the ability of the student to establish a good doctor-patient relationship, history taking and transmission of information and at promoting treatment adherence.
  • Einstein and the education Resenha

    Siqueira-Batista, Rodrigo; Helayël-Neto, José Abdalla
  • Estudo da relação entre o stress e os estilos de vida nos estudantes de Medicina Tese

    Loureiro, Elizabete Maria Ferraz
  • Avaliação da educação superior: uma realidade na educação médica Tese

    Perim, Gianna Lepre
Associação Brasileira de Educação Médica SCN - QD 02 - BL D - Torre A - Salas 1021 e 1023 | Asa Norte, Brasília | DF | CEP: 70712-903, Tel: (61) 3024-9978 / 3024-8013, Fax: +55 21 2260-6662 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbem.abem@gmail.com