Revista Brasileira de Educação Médica, Volume: 40, Issue: 2, Published: 2016
  • Editorial Editorial

    Ferreira Filho, Olavo Franco
  • Cultural Competence in Undergraduate Medical and Nursing Training Pesquisa

    Moreira, Glaucia de Oliveira; Motta, Luciana Branco

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Introdução A competência cultural é necessária para que os futuros profissionais saibam trabalhar em contextos diversos. Material e métodos Uma coorte prospectiva com alunos de Enfermagem e Medicina avaliou, por meio de um questionário na fase pré-estágio e de um portfólio reflexivo após quatro meses, o nível de conhecimento das políticas públicas para a população indígena, as reflexões e as impressões sobre o ensino e as práticas de saúde a ela destinadas. Resultados Menos de 67% dos alunos tinham conhecimento das políticas públicas de atenção à saúde indígena; todos indicaram a necessidade de o currículo dar maior atenção aos aspectos culturais na prática. O portfólio revelou desafios no atendimento, com desarticulação das políticas públicas e falha de comunicação, que supera a barreira linguística. Conclusão Há uma demanda real para o desenvolvimento de estratégias de treinamento para os profissionais de saúde que atuarão na rede. Daí a necessidade de adequar o currículo dos cursos da área da saúde, contribuindo para a integração, a interdisciplinaridade e assistência com diálogo intercultural, como preconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2014.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Introduction Cultural competence is needed for future professionals to know how to work in different settings. Methods A prospective cohort study, with a group of nursing and medicine students, assessed by means of a pre-internship questionnaire and reflective portfolio after four months of the internship, the students’ level of knowledge of public policies related to the indigenous population and their opinions on education and health practices aimed at indigenous people. Results Less than 67% of the students were aware of the indigenous health care policy; all of them indicated the need for the curriculum to give greater attention to cultural aspects in practice. The portfolio revealed challenges in treatment, with the deterioration of public policies and failures in communication to overcome the language barrier. Conclusion There is a real requirement for the development of training strategies for health care professionals who will work in the health system, involving a need to adapt course curricula in the health area, and contributing to the integration, interdisciplinarity and assistance with an intercultural dialogue, as advocated in the National Curriculum Guidelines of 2014.
  • Matrixes for Competency-Guided Teaching of Medical Emergency Care Pesquisa

    Senger, Maria Helena; Campos, Maria Celeste Gonçalves

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) da PUC-SP, campus Sorocaba, inseriu o aluno do internato em uma Unidade de Pronto Atendimento no estágio de urgências clínicas com os objetivos de melhorar o processo de ensino-aprendizagem em urgências durante a graduação e preparar o graduando para atuar em todos os níveis de atenção do Sistema Único de Saúde (SUS). Essa experiência levou à análise das competências a serem adquiridas para o atendimento ao paciente clínico nos serviços de urgência, considerando as especificidades desse tema. Para a aquisição de tais competências, foram construídas matrizes de conhecimentos, habilidades e atitudes, baseadas nas demandas por atendimento e nas oportunidades de aprendizagem, enfatizando que os conteúdos e as práticas devem ser oferecidos desde os anos iniciais da graduação. O modelo curricular da FCMS, desenvolvido por meio de módulos, mostrou ser propício a esta construção. Esse arcabouço pode ser estendido a escolas que usam outras estratégias pedagógicas e pode ser desenvolvido por várias disciplinas, conferindo ao ensino de urgências um caráter longitudinal e interdisciplinar.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The School of Medical Sciences and Health at the Pontifical Catholic University of São Paulo (PUC-SP), Sorocaba campus, inserted its fifth and sixth year students into an Emergency Care Unit during their emergency care internship, aiming to enhance the teaching and learning of emergency care and to prepare them to perform at all care levels of the Unified Health System. This experience led to analysis of the competencies that must be acquired to assist clinical patients in urgent care, taking into account the specific characteristics of this matter. For the acquisition of these skills, matrixes of medical knowledge themes, abilities and attitudes were built, based on the patient’s demands and on the learning opportunities, emphasizing that these contents and practices must be offered as from the beginning of the course. The school’s curricular design, developed through modules, turned out to favor this process. This framework could be adopted by other schools that use different pedagogical strategies and even by other disciplines, bestowing on the teaching of emergency care a longitudinal and interdisciplinary characteristic.
  • Evaluation of the Knowledge of Medical Professors, Residents, and Medical Students regarding Death Certificate Pesquisa

    Silva, Pedro Henrique Alcântara da; Lima, Amanda Samara Davi de; Medeiros, Ana Cláudia Moraes; Bento, Beatriz Moraes; Silva, Rômulo Jerônimo Souza da; Freire, Fernanda Dionisio; Morais, Kleyton César Lima de; Frederico, Teolinda Judite Gomes; Correia, Lucianna Pereira da Motta Pires; Melo, Maria do Carmo Lopes de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Declaração de Óbito (DO) é o documento-base do Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde. Contudo, trata-se de um assunto pouco abordado na formação médica continuada. O objetivo deste trabalho é avaliar o nível de conhecimento sobre questões básicas e de ordem prática no preenchimento e emissão da DO em alunos do 12º período do curso médico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em médicos residentes e em médicos docentes do Complexo Hospitalar da UFRN. Foram aplicados questionários com 11 questões de mútipla escolha, elaborado de acordo com o Manual de Preenchimento de Declaração de Óbito. Participaram da pesquisa 45 alunos, 66 médicos residentes e 96 médicos professores. Os médicos residentes obtiveram a melhor média de acerto entre as categorias. Nenhuma das três categorias obteve média de acertos de 70%. Considerando o tempo de formação em relação ao número de acertos, observou-se que, para cada ano de formação, em média, a porcentagem de acerto diminui em 0,485%. Este estudo evidencia a importância de uma educação médica continuada nas faculdades de Medicina para um adequado preenchimento e emissão da DO.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The death certificate is the base document for the Ministry of Health’s Mortality Information System. However, this is a subject rarely addressed in continuing medical education. The objective of this study is to assess the knowledge about basic and practical issues in completing and issuing death certificates among 6th year medical students from UFRN, residents and medical professors from the UFRN Hospital Complex. A questionnaire was used containing eleven multiple choice questions, prepared in accordance with the Death Certificate Completion Manual. 45 students, 66 medical residents and 96 medical professors participated in the study. The residents obtained the highest average score of the three groups. None of the groups obtained a mean score of 70%. Considering the amount of training in relation to the number of correct answers, it was observed that for each year of training, the success rate decreased by 0.485%. This study highlights the importance of continuing medical education in medical schools for proper completion and issuance of death certificates.
  • Giving New Meaning to Health Promotion in Groups for Health Professionals Pesquisa

    Santos, Siegrid Kurzawa Zwiener dos; Da Ros, Marco Aurélio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Diferenças entre os conceitos de promoção e prevenção não estão claras para parte dos profissionais de saúde, incluindo médicos e estudantes de Medicina. Este trabalho objetivou problematizar o conceito de grupos de promoção de saúde para contribuir com o desenvolvimento da autonomia de profissionais de modo a avaliarem criticamente a maneira como vinham realizando educação em saúde e a refletirem sobre novas práticas. Foram realizados seis encontros no formato de círculos de cultura com profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF). Após esse trabalho, o grupo compreendeu a diferença entre promoção e prevenção. Promoção foi entendida como abordagem de condições de vida, cidadania, moradia, dinâmica familiar, como um processo que capacita para enfrentamentos, desenvolvimento do afeto, da discussão, do ouvir, do aceitar, do opinar e do oferecer. Os profissionais concluíram que é necessário desenvolver a autonomia dos grupos e indivíduos, ouvir a comunidade para compreender suas necessidades, resgatar o saber que a população possui e ver a saúde como um todo. Fatores biológicos foram relacionados à prevenção, e os sociais e psicológicos à promoção. O grupo é um instrumento importante para a promoção de saúde e deve ter uma metodologia problematizadora.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Differences between the concept of promotion and prevention are unclear to some health professionals, including doctors and medical students. This study aimed to critically question the concept of health promotion groups to contribute to the development of professional autonomy, so that they are able to critically evaluate how they have executed health education and reflect on new practices. Six meetings were held in the format of culture circles with primary health care professionals. After this work the group understood the difference between promotion and prevention. Promotion was understood as living conditions, citizenship, habitation, family dynamics, as a process that leads to the development of coping skills, and the ability to care, discuss, listen, accept, opine and offer. The professionals concluded that it is necessary to develop both group and individual autonomy, to listen to the community to understand their needs, retrieve knowledge held by the people and see health as a whole. Biological factors were related to prevention, whereas psychological and social factors were associated to promotion. The group is an important tool for health promotion and should have a methodology of critical questioning.
  • Inclusion of Phytotherapy Content in Health Training Courses Pesquisa

    Feitosa, Maria Helena Alves; Soares, Letícia Lopes; Borges, Guilherme Almeida; Andrade, Marina Magalhães; Costa, Simone de Melo

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este trabalho verificou a opinião de acadêmicos da Saúde sobre a inserção do conteúdo fitoterapia nos cursos de graduação. Trata-se de estudo transversal e analítico, realizado com aplicação de questionário a alunos de Enfermagem, Medicina e Odontologia em 2011. Participaram 248 acadêmicos, a maioria do sexo feminino (69,8%), com idade entre 17 e45 anos. Os estudantes (70,8%) mostraram interesse pela inclusão da fitoterapia, sem diferença entre os sexos (p= 0,757), sendo 83,1% da Enfermagem, 68,2% da Medicina e 63,0% da Odontologia (p=0,019). Entre as motivações destacam-se: ampliação do conhecimento (35,7%) e constatação da evidência científica (16,5%). O desconhecimento da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares foi de 84,7% na Enfermagem, 84,6% na Medicina e 74,7% na Odontologia (p=0,166), sem diferença significativa entre os sexos (p= 0,333). Conclui-se que os estudantes são favoráveis à inserção do conteúdo fitoterápico no currículo, embora desconheçam a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, regulamentada para o sistema de saúde brasileiro.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study examined the views of health academics about the inclusion of herbal medicine content in undergraduate courses. It is cross-sectional analytical study, with a questionnaire applied tonursing, medical and dentistry students in 2011. The study involved248 students, mostly women (69.8%), aged 17-45 years. The students (70.8%) showedinterest in the inclusion of herbal medicine, with no difference between genders (p = 0.757) and 83.1% of nursing, 68.2% and 63.0% of medical and dentistry students (p = 0.019), respectively. The reasons given for this include: expansion of knowledge (35.7%) and finding scientific evidence (16.5%). 84.7% of the nursing students, 84.6% ofthe medical students and 74.7% of the dentistry students (p = 0.166) did not know about the National Policy on Integrative and Complementary Practices, with no significant difference between genders (p = 0.333). In conclusion, students favor the inclusion of herbal medicine content in the curriculum, despite being unaware of the National Policy on Integrative and Complementary Practices, regulated forthe Brazilian health system.
  • Medical Preceptorship in Accident and Emergency Hospital Service from the Doctors’ Perspective Pesquisa

    Sant’Ana, Elisete Regina Rubin de Bortoli; Pereira, Edna Regina Silva

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo analisa a preceptoria na perspectiva de médicos em um serviço de emergência e urgência de um hospital de ensino em Goiânia (GO). Teve abordagem qualitativa e participação de 15 médicos no período de janeiro a março de 2013, por meio de entrevista semiestruturada. Na análise dos dados foi utilizada a técnica de análise temática de conteúdo. Constatou-se que os médicos entrevistados consideraram a preceptoria fundamental para o processo ensino-aprendizagem e que ser preceptor significa transmitir conhecimentos e se responsabilizar pela formação profissional. As discussões de casos clínicos e cirúrgicos foram as atividades de preceptoria mais citadas. Os entrevistados relataram que a preceptoria contribuiu para o preceptor continuar aprendendo. Destacaram como facilidades o bom relacionamento com a equipe multiprofissional, o interesse do estudante e a boa formação teórica; como dificuldades, falta de infraestrutura e de tempo, pouca comunicação entre docentes e preceptores, e ausência de capacitação para a preceptoria. Concluiu-se, na perspectiva dos médicos, que a preceptoria contribuiu para a formação dos futuros profissionais e que os preceptores enfrentaram muitas dificuldades no exercício dessa função, razão pela qual sugeriram melhorias na infraestrutura, nas condições de trabalho e em capacitação.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study aims to analyze preceptorship, from the doctor’s perspective, in a school hospital urgency and emergency service in Goiânia, Goiás. The study used a qualitative approach and, through semi-structured interview, interviewed fifteen doctors from January to March 2013. It was developed a thematic content analysis, which concluded that the doctors interviewed consider preceptorship central to the teaching-learning process. They believe that being a preceptor means transferring knowledge and taking responsibility for vocational training. The discussion of clinical and surgical cases were the most cited activities. Participants reported that preceptorship helped the preceptor to keep learning. They highlighted the good relationship with the multidisciplinary team, the student’s interest and his/her good theoretical training as abilities. As difficulties, they mentioned the lack of infrastructure and time, little communication between professors and preceptors and low training to preceptorship. The research concluded that, from the doctor’s perspective, preceptorship contributed to the formation of future professionals. They also faced difficulties developing this task and therefore they suggested improvements in infrastructure, working conditions and training.
  • Core Competencies for Working in the Family Health Support Group Pesquisa

    Shimizu, Helena Eri; Fragelli, Thais Branquinho Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo do estudo foi identificar as competências essenciais, bem como verificar sua importância e viabilidade para o trabalho nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf). Na primeira etapa do estudo, aplicou-se um questionário online via Google Docs para identificar as competências necessárias ao trabalho no Nasf, que foram respondidos por 66 profissionais da área e analisados com a técnica de análise de conteúdo. Na segunda etapa, foi utilizado o método Delphi de Políticas em duas rodadas, a primeira com 75 e a segunda com 44 participantes, profissionais dos Nasf. Os dados foram coletados por meio de questionário com escala de tipo Likert de quatro pontos, via online, e analisados pelos índices IQR e De Loe. Os resultados indicaram que as competências são constituídas por oito domínios – organizar o cuidado, trabalhar de modo colaborativo, realizar o diagnóstico da comunidade, planejar as ações da comunidade, desenvolver ações intersetoriais, fortalecer as políticas públicas, desenvolver ações educativas com a equipe, atuar com as diferentes coletividades – e 42 subdomínios. Todavia, existem dificuldades para operacionalizar as competências essenciais, que requerem investimento no desenvolvimento do trabalho interdisciplinar, na construção de um processo de trabalho centrado na corresponsabilização e na gestão integrada do cuidado, bem como na revisão dos processos educativos em saúde.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The aim of the study was to identify the core competencies as well as to verify their importance and viability for work in the Family Health Support Group (NASF). In the first stage of the study a questionnaire was applied online via Google Docs to identify the competencies needed for work in the NASF, which was completed by 66 professionals. The answers were subjected to content analysis. In the second step we used the Delphi method of Policies in two rounds, with the first 75 and second 44 participants, all Family Health Support Group professionals. Data were collected through an online questionnaire with a Likert scale of four points and analyzed by IQR and De Loe indexes. The results indicated that competencies consist of eight domains: organizing care, working collaboratively, diagnosing the community, planning community actions, developing cross-sectorial actions, strengthening public policies, developing educational activities with staff, acting with different groups, and 42 subdomains. However, there are difficulties in engaging the core competencies that require investment in the development of interdisciplinary work, in building a working process centered on co-ownership and integrated care management, as well as the revision of educational processes in health.
  • Medicine as a New Undergraduate Degree: Motivations, Challenges and Expectations Pesquisa

    Corrêa, Ricardo Dias; Gonçalves, Rafaela Cristina Brito; Oliveira, Letícia Santos de; Silva, Vinícius Coelho Machado; Ribeiro, Maria Mônica Freitas

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Os motivos que levam graduados a iniciarem novo curso superior em Medicina têm sido pouco estudados, principalmente no Brasil. O objetivo deste trabalho foi conhecer os motivos que levam um profissional já graduado a iniciar um novo curso, especificamente Medicina, as dificuldades para cursá-lo e as expectativas profissionais. Estudo transversal com estudantes de Medicina já graduados em outros cursos superiores. Utilizou-se questionário com questões abertas e fechadas. Análise descritiva dos dados quantitativos e análise de conteúdo dos dados qualitativos foram realizadas. Dos 110 estudantes já graduados em outro curso matriculados na faculdade no período estudado, 49% (54) participaram da pesquisa. A faixa etária predominante foi de 29 a 33 anos. Os graduados ingressam no curso médico em busca de maior valorização pessoal e profissional, não alcançada no primeiro curso, principalmente melhores remuneração e empregabilidade. Embora ter completado um curso superior traga benefícios ao ingressar num segundo, há também dificuldades, uma vez que muitos já constituíram família ou precisam trabalhar. Em relação às expectativas, o desejo de obter independência financeira coexiste com a intenção de realizar a especialização em residência médica.

    Abstract in English:

    ABSTRACT There is, especially in Brazil, a lack of papers about people’s reasons for opting to study medicine after graduating in other areas. The aim of this study was to understand the reasons that lead a professional to embark on a new course, specifically medicine, the difficulties involved and professional expectations. A cross-sectional study with medical students already graduated in other areas, using a structured self-administered form with open-ended and closed-ended questions. Descriptive analysis of quantitative data and content analysis of qualitative data were performed. Of the 110 graduates enrolled during the studied period, 49% took part in the research. The predominant age was 29 to 33 years. Graduates enter the medical course in pursuit of greater personal and professional valuation not achieved with their first qualification, including, especially, better remuneration and employability. Although completing a higher education course brings benefits when starting a second one, there are also difficulties since many of the graduates have already established a family or need to work. In relation to expectations, despite the desire to achieve financial independence, specialization in medicine is usually the goal.
  • Reflective e-Portfolio: Results of a Pilot Project Pesquisa

    Forte, Marcos; Souza, Wanderley Lopes de; Silva, Roseli Ferreira da; Prado, Antonio Francisco do

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo investigou a implantação de um Portfólio Reflexivo Eletrônico (PRE) nas atividades de Prática Profissional (PP), que ocorrem em ambientes internos e externos ao campus. Para avaliação, um protótipo foi instalado em netbooks e usado durante cinco meses por um grupo de estudantes e um facilitador do primeiro ciclo da Unidade Educacional de Prática Profissional (Uepp) do curso de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O estudo percorreu as seguintes etapas: levantamento dos requisitos, design e implementação do protótipo e avaliação do protótipo. Na avaliação foi feito um inquérito com aplicação de dois questionários e a realização de observações locais durante esse período. Os resultados demonstraram que a maioria dos estudantes prefere usar o PRE nas atividades internas e em grupo, mas prefere usar papel durante o atendimento aos pacientes, e que características de hardware e software do dispositivo de acesso e os diferentes ambientes de uso influenciam essa preferência.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study investigated the deployment of a Reflective e-Portfolio (REP) for Professional Practice (PP) activities, which activities occur on and off the campus. For the prototype evaluation, the e-Portfolio was installed on netbooks and used for five months by a group of students and a facilitator of the first cycle of the Educational Unit of Professional Practice (EUPP) of the UFSCar Medicine Course. The study involved the following steps: survey to establish the requirements, design and implementation of the prototype, and evaluation of the prototype. The evaluation consisted of an investigation with the application of two questionnaires and local observations conducted during that period. The results showed that most students prefer to use the REP in the internal and group activities, but prefer to use paper for patient care, and that hardware and software characteristics of the access device as well as the different environments of use influence this preference.
  • Teaching and Learning Professional Practice: Medical Students’ Perspective Pesquisa

    Costa, Maria Cristina Guimarães da; Tonhom, Silvia Franco da Rocha; Fleur, Lucas Noda

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Faculdade de Medicina de Marília (Famema) construiu um currículo integrado e orientado por competência dialógica, sendo a Unidade de Prática Profissional (UPP) uma das unidades educacionais desenvolvida por meio da Problematização. Este estudo tem como objetivo analisar o processo de ensino-aprendizagem na Unidade de Prática Profissional (UPP) na perspectiva dos estudantes do curso de Medicina. Trata-se de um estudo qualitativo, em que foi realizada entrevista com 16 estudantes escolhidos aleatoriamente, abrangendo todas as séries do curso de Medicina. Na análise de dados utilizou-se a análise de conteúdo, na modalidade temática. Obtiveram-se três categorias temáticas: compreensão da proposta da UPP; o processo ensino-aprendizagem; organização do espaço de construção do conhecimento. Apesar de serem identificadas lacunas quanto à organização dessa unidade educacional, considera-se que essa proposta curricular possibilita formar um profissional definido pelas Diretrizes Nacionais e que atenda às necessidades do SUS, contribuindo para que outras escolas possam adequar seus currículos e buscar a formação de profissionais mais críticos e reflexivos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Marília Medical School has built an integrated and dialogic curriculum, with the Professional Practice Unit (PPU) developed through problem-based learning. This study aims to analyze the teaching and learning process in the Professional Practice Unit (PPU) from the medical students’ perspective. This is a qualitative study based on interviews with 16 randomly chosen students, encompassing all series of the Medical Course. The data was subjected to content analysis, with three thematic categories: Understanding of the proposed PPU; The teaching-learning process; and the organization of knowledge construction. Despite some gaps in the educational unit organization, the proposed curriculum enables professional training according to National Guidelines, and meets the needs of the Unified Health System, thus helping other schools to adapt their curricula and seek a more critical and reflective professional education.
  • Comparative Analisys of the Familiarity and Use of ICT by Dental Students Pesquisa

    Lopes, Roanny Torres; Pereira, Andresa Costa; Silva, Marco Antônio Dias da

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Estudos demonstram que o oferecimento de conteúdo virtual parece tornar as disciplinas mais atraentes. O objetivo deste estudo foi comparar o perfil de familiaridade e uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) de alunos ingressantes e concluintes do curso de Odontologia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Para isto, foi enviado, via e-mail, um link para um questionário criado com a utilização do Google Drive®. A maioria dos discentes de ambos os grupos afirma utilizar a internet todos os dias, ser capaz de executar ações básicas, principalmente via dispositivos móveis, e considerar interessante o uso de Ambientes Virtuais de Aprendizagem e redes sociais no ensino, por entender que facilitam a aprendizagem. Contudo, os alunos concluintes disseram só usar a internet para estudo quando têm dúvidas, e os ingressantes afirmaram estudar pela internet todos os dias, independentemente da existência de dúvidas. Conclui-se que os discentes executam tarefas computacionais básicas e que um período de quatro anos foi suficiente para se verificarem mudanças importantes no perfil discente de um curso de graduação a ponto de se entender que a formação docente deve ser revista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Studies demonstrate that courses are considered more attractive when they offer virtual content. The aim of this study was to compare the familiarity profile and use of ICT by freshman and senior dental students. In order to do so, a link to a questionnaire posted on Google Drive® was sent by e-mail. It was observed, in both groups, that the majority of the students claim to use the internet every day, to be capable of executing basic information technology procedures and consider the use of Virtual Learning Environments e Social networks for academic purposes quite interesting, since they can facilitate learning. However, senior students reported that they use the internet to study only when in doubt about something, whereas the first-year students reported using the internet for study on a daily basis. In conclusion, as a rule students are able to execute simple information technology procedures using mainly mobile devices and a short period of time was enough to verify important differences in the behaviour of dental students. These observations lead to an understanding that the teacher training requires review.
  • Cross-sectorial Analysis in the Health at Schools Program Pesquisa

    Farias, Isabelle Carolline Veríssimo de; Franco de Sá, Ronice Maria Pereira; Figueiredo, Nilcema; Menezes Filho, Abel

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A pesquisa objetivou conhecer e analisar o processo da intersetorialidade no Programa Saúde na Escola (PSE)em um município da região metropolitana de Pernambuco. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que abordou, por meio de entrevista semiestruturada, profissionais da saúde e da educaçãonas 20 primeiras escolas que aderiram ao PSE desde seu lançamento no município. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo proposta por Bardin, associada ao programa computacional NVivo®, assim como também foi utilizado o diário de campo. A pesquisa revelou que o maior dilema é operar uma política necessariamente intersetorial, explicitada num ambiente com atores que possuem agendas setoriais previamente montadas e sem espaço suficiente para a correta execução da política, o que leva à dificuldade de conciliar os tempos institucionais dos vários setores e o comprometimento e envolvimento setorial, impedindo a sustentabilidade das ações. Mudanças estão sendo implementadas, mas o que se observa é a escassez de capacitação e educação permanente, além da inexistência de protocolos que norteiem o desenvolvimento de ações intersetoriais.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This research aimed to identify and analyze the process of cross-sectorialcooperation in the Health at Schools Program in a cityin Pernambuco state. Through semi-structured interviews this qualitative research addressed health care and education professionals in the first 20 schools that joined the PSE since its launch in the city. Data were analyzed using content analysis proposed by Bardin, associated with the computer program NVivo ®, as well as field diary also being used. The survey revealed that the biggest dilemma is to operate a necessarily cross-sectorial policy explained in an environment with actors that have previously established sectorial agendas and without sufficient space for the correct implementation of the policy, which leads to difficulty in reconciling institutional times of the various sectors and the sector involvement and commitment, preventing the sustainability of actions. Changes are being implemented, but what can be seen is the lack of training and continuing education, besides the lack of protocols to guide the development of cross-sectorial actions.
  • Prevalence of Common Mental Disorders and Associated Factors among Medical Students: a Comparative Study Pesquisa

    Ferreira, Carlos Magno Guimarães; Kluthcovsky, Ana Claudia Garabeli Cavalli; Cordeiro, Tatiana Menezes Garcia

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Objetivos Os objetivos do estudo foram estimar a prevalência de transtornos mentais comuns (TMC) e avaliar possíveis fatores associados em estudantes de Medicina de uma universidade pública do Sul do Brasil. Métodos Estudo prospectivo com 134 estudantes de Medicina, comparando os resultados no início e final do semestre letivo. Para o rastreamento dos TMC utilizou-se o Self-Reporting Questionnaire. Também foram coletados dados socioeconômicos, demográficos, atividade física regular, doenças, atividades acadêmicas e qualidade do sono para avaliar possíveis associações com TMC. Resultados A idade média foi de 22,5 anos (DP = 4,3), a maioria do sexo masculino, solteiros e procedentes de outras cidades. A prevalência de TMC aumentou de 35,8% no início para 51,5% no final do semestre (p = 0,002). Os fatores associados aos TMC no início do semestre foram renda familiar mensal per capita ≤ R$ 2.000,00 (OR = 3,2; IC95% = 1,31-8,02) e qualidade do sono ruim (OR = 3,3; IC95% = 1,13-9,47). No final do semestre, a qualidade do sono ruim (OR = 3,3; IC95% = 1,22-7,92) esteve associada aos TMC. Conclusão Os resultados demonstram elevadas prevalências de TMC e a importância de direcionar ações de prevenção e enfrentamento ao cuidado com a saúde mental dos estudantes de Medicina.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Objective The goal of this study was to estimate the prevalence of Common Mental Disorders (CMD) in medical students from a university in the south of Brazil and to evaluate possible associated factors. Methods The present study prospectively screened CMD using SRQ-20 in 134 medical students. Socioeconomic, demographic, lifestyle and health, academic activities and sleep quality data were also collected to evaluate possible associations with CMD. Results The average age was 22.5 years (SD = 4.3), mostly male, single and from other cities. The prevalence of TMC increased from 35.8% at the beginning of the semester to 51.5% at the end of the semester (p = 0.002). Factors associated with CMD at the beginning of the semester were monthly per capita family income ≤ R$ 2,000.00 (OR = 3.2, IC95% = 1.31-8.02), and poor sleep quality (OR = 3.3, IC95% = 1.13-9.47). A factor associated with CMD found at the end of the semester was poor sleep quality (OR = 3.3, IC95% = 1.22-7.92). Conclusion The results showed a high prevalence of CMDs and the importance of targeting prevention and remedial actions at mental health care of medical students.
  • Reflections about the Approach of Clinical Governance in Health Education Relato De Experiência

    Sena, Tais Soares; Costa, Mariana Lisboa

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O delineamento de um sistema de saúde gratuito de cobertura universal, a partir da garantia constitucional de direito à saúde em seu conceito mais abrangente, representou grande avanço para a Saúde Pública no Brasil. Entretanto, a persistência de problemas como a má gestão e insuficiência de recursos, aliados às dimensões continentais do País e às diferenças consideráveis entre as suas regiões, compromete o acesso, a qualidade e a eficiência do cuidado no Sistema Único de Saúde (SUS)1. Nesse contexto, urge a mudança do modelo assistencial vigente, para o que se torna fundamental a reforma do perfil do profissional de saúde nele inserido. O presente trabalho relata a experiência de aprendizagem de uma especializanda em um curso de Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde do SUS e a contribuição do emprego de metodologias ativas de ensino-aprendizagem para amplificar a aquisição de novos conteúdos aplicáveis à sua prática profissional. Trata-se de um relato da trajetória de uma médica inserida no SUS, que descreve suas principais reflexões sobre uma nova temática, guiada por uma nova maneira de aprender.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The design of a health system of free and universal coverage, based on the constitutionally guaranteed right to health in its broadest sense, represents a major breakthrough for public health in Brazil. However, persistent problems have hindered its implementation, such as mismanagement and lack of resources, combined with the continental dimensions of the country and the considerable differences between its regions, resulting in impaired access, quality and efficiency of healthcare in the Unified Health System (SUS)1. In this context, it is urgent to change the current health care model, as well as the profile of the health care professional built into it. This paper refers to the learning experience of a SUS doctor in a course on Clinical Governance in Health Regions of the SUS, and the contribution of active teaching and learning methodologies to expanding the acquisition of new content applicable to professional practice. It is a report of an SUS doctor’s experience and her reflections on this new theme, guided by a new learning method.
  • Plastic Surgery Training at Medical School in the Context of Brazil Relato De Experiência

    Fernandes, Julio Wilson

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Apesar do grande número de cirurgiões plásticos no Brasil, o formando egresso/médico generalista necessita conhecimentos de Cirurgia Plástica que possibilitem sua adequada atuação em situações de emergência ou eletivas, referindo pacientes ou proporcionando proteção e suporte básico da vida. Esta educação deve ainda considerar o ambiente socioeconômico brasileiro, suas necessidades e limitações na escolha das atitudes, habilidades e conhecimentos em Cirurgia Plástica que o aluno deve absorver na escola médica. O ensino da Cirurgia Plástica na graduação requer esta ótica particular, além de levar ao estudante de Medicina o espectro integral da especialidade, estimulando vocações para a adequada residência médica e posterior titulação como especialista. Este artigo apresenta o programa de Cirurgia Plástica e a metodologia de ensino que vêm sendo oferecidos aos alunos do curso de Medicina da Universidade Positivo, em Curitiba, há dez anos, por meio da integração das disciplinas Clínica Cirúrgica II e Cirurgia Ambulatorial. As avaliações institucionais discentes, relatos pedagógicos de situações extracurriculares vivenciadas por alunos e a existência de cinco especialistas/residentes em Cirurgia Plástica entre 265 ex-alunos inicialmente formados sugerem uma produtiva funcionalidade do programa apresentado.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Despite the large number of qualified plastic surgeons in Brazil, young doctors and general practitioners need to have a basic knowledge of plastic surgery to enable them to act appropriately in first aid, emergency or elective clinical situations, either to refer patients or provide basic life support and protection. Plastic surgery training for undergradutate medical students has to consider the aforementioned situations as well as the socioeconomic environment of Brazil and the requirements and restrictions on the choice of plastic surgery skills and knowledge that the student must absorb at medical school. Furthermore, such programs should encourage plastic surgery-inclined students to pursue the adequate residence training and later board examination. This article reports on 10 years of experience in plastic surgery education for medical students, at Universidade Positivo in Curitiba, Brazil. The integration between the disciplines of Outpatient Surgery and Clinical Surgery resulted in the students’ positive evaluation of the program, interesting feedback regarding its successful application outside the medical school and at least five specialists/plastic surgery residents out of the 265 students who graduated in the first five classes.
  • The Transformative Role of the Medical Student in relation to the Leprosy Endemic in Brazil: Case Report Relato De Experiência

    Rodrigues, Milena Marchini; Diniz, Ianê Cardoso; Barbieri, Ana Rita; Cazola, Luiza Helena de Oliveira; Longo, Joaquim Dias Mota; Lima, Alexandre Moretti de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Durante o Internato em Saúde da Comunidade, os acadêmicos de Medicina vivenciaram uma experiência em que foi possível desenvolver habilidades e atitudes na resolução de um caso de diagnóstico tardio de hanseníase. Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa, envolvendo uma Unidade Básica de Saúde da Família em Campo Grande (MS) e a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O acompanhamento desta paciente permitiu reflexões e aprendizado quanto à necessidade de realizar exame físico e, com base em protocolos para diagnóstico e tratamento da hanseníase, assegurar o acompanhamento e seguimento de um caso que permaneceu por mais de dois anos sem tratamento apesar dos evidentes sinais clínicos da doença. Por outro lado, o analfabetismo, a ocupação e o espaço geográfico da paciente contribuíram para o agravamento do quadro. Este estudo de caso favoreceu uma visão ampliada da formação de profissionais, que praticaram a integração dos diferentes campos de conhecimento para garantir a assistência integral à paciente.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Medical students during their Internship in Community Health hadan experience in which it was possible to develop skills and attitudes in solving a case of late diagnosis of leprosy. Thisis a descriptive qualitative study, involving a Basic Family Health Unit inCampo Grande (MS)and the Federal University of Mato Grosso do SulMedicine School. Following the patient’s case allowed for reflections and learning regarding the need to perform physical examination and, based on procedures for leprosy diagnosis and treatment, to ensure the adequate follow-up and monitoring of a case in which the patient was not treated for more than two years, despite the obvious symptoms of the disease. Moreover, the patient’s illiteracy, occupation and geography contributed to condition worsening. This case study favored an expanded view on the training of professionals, who practiced the integration of different fields of knowledge to ensure comprehensive patient care.
  • Round table: a Partnership between Education, Service and Community Relato De Experiência

    Melo, Ricardo Henrique Vieira de; Felipe, Magna Celi Pereira; Cunha, Andrea Taborda Ribas da; Vilar, Rosana Lúcia Alves de; Pereira, Eduardo Judene da Silva; Carneiro, Naiara Estefânia Alves; Freitas, Nathália Gabrielle Henrique Bezerra de; Diniz Júnior, José

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo relata uma experiência de integração entre atividades de ensino, pesquisa e extensão através de Roda de Conversa em uma Unidade de Saúde da Família (USF), articulando seus aspectos com aportes sociológicos da Teoria da Dádiva. A apreensão da percepção dos participantes sobre a vivência e suas repercussões na vida cotidiana ocorreu durante o segundo semestre de 2013. Na coleta dos dados foram utilizados registros de portfólios de aprendizagem, observação participante e anotações em diário de campo. A análise fundamentou-se nas narrativas dos participantes e em registros temáticos decorrentes das anotações feitas. Os resultados apontaram sintonia com os referenciais pedagógicos baseados na metodologia da problematização. Foi evidenciada uma contribuição para a edificação de laços de solidariedades e o estímulo a posturas interativas críticas e tolerantes com o outro. Os participantes enfatizaram a relevância cotidiana dos temas debatidos e a troca de ideias em torno de situações comuns. Concluiu-se que o diálogo entre os saberes acadêmicos e populares constitui uma oportunidade ímpar em busca do desenvolvimento de competências e habilidades, instrumentais ou comunicativas, imprescindíveis aos discentes enquanto futuros profissionais de saúde.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article describes an experience of integrating teaching, research and outreach activities through round tables in a Family Health Unit, relating its aspects to sociological contributions of the Theory of Giving. The participants’ perceptions about the experience and its impact on everyday life were captured in the second half of 2013. Learning portfolios, participant observation and notes in the field diary were used for the data collection. The analysis was based on participants’ narratives and thematic records arising from the notes taken. The results were in line with pedagogical references based on the methodology of critical questioning. In evidence was a contribution to building ties of solidarity and encouraging interactive critical stances and tolerance with others. The participants emphasized the everyday relevance of the issues discussed, the exchange of ideas regarding common situations. The conclusions inferred that the dialogue between academic and popular knowledge represents a unique opportunity to seek the development of instrumental or communicative skills and abilities, essential to students as future health professionals.
  • Accident Prevention and First Aid Student Brigade in Palmas (TO) Relato De Experiência

    Lima, Luiza Lelis Neves; Neves Junior, Reinaldo

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Universidade Federal do Tocantins, o Samu, as Secretarias Municipais de Saúde e de Educação de Palmas e o Centro Universitário Luterano de Palmas elaboraram, em parceria, uma proposta de ações de prevenção de acidentes e primeiros socorros direcionada às escolas do município, a fim de preparar a comunidade escolar para lidar com situações adversas e acidentes. A equipe do Samu e das secretarias realizou a capacitação no Módulo de Urgências e Emergências dos acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal do Tocantins (UFT), do internato e também da Liga Universitária Tocantinense de Trauma (Lutte) e dos acadêmicos de Enfermagem da Ulbra para que seus integrantes ministrassem palestras aos funcionários das escolas da rede municipal. A Brigada apresentou resultados positivos quanto à aceitação e à satisfação dos funcionários das escolas, que tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas sobre situações rotineiras vivenciadas tanto por alunos quanto por eles próprios nas escolas. A experiência foi também enriquecedora para os acadêmicos, que tiveram a oportunidade de exercer sua cidadania, contribuindo para o bem-estar da sociedade e para a promoção da saúde.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Federal University of Tocantins in partnership with the Mobile Emergency Medical Services (SAMU), the Palmas Municipal Health and Education Departments and the Lutheran University of Palmas, drew up a proposal aimed at local schools for accident prevention and first aid in order to prepare the school community to deal with adverse situations and accidents. Staff from the SAMU and the municipal departments, trained medicine students, interns and nursing students from three schools in, emergency care for them to give lectures to the staff of municipal schools. The Brigade showed positive results regarding the acceptance and satisfaction among the school employees, who had the opportunity to resolve their doubts about everyday situations experienced both by students and by school staff. The experience was also rewarding for the students, who had the opportunity to exercise their citizenship, contributing to the welfare of society and health promotion.
  • Overall Assessment of the Elderly as a Tool for Medical Education: Case Report Relato De Experiência

    Pereira, Rodrigo Pastor Alves; Savassi, Leonardo Cançado Monteiro; Santos, Álisson Oliveira dos; Barbosa, Estevão Ferreira; Salomão, Camila Abrão Borges; Ciarlariello, Vinícius Boaratti; Mendes, Luiz Felipe Miranda

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) fomentou a integração ensino-serviço por meio da inserção de alunos de graduação nos cenários de prática, permitindo o desenvolvimento de competências no mundo do trabalho. Este relato analisa a experiência de estudantes de Medicina no “Projeto de Avaliação da Pessoa Idosa”, desenvolvido ao longo do PET-Saúde em dois semestres do curso de Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto. A análise situacional de saúde revelou a necessidade de um acompanhamento individualizado ao idoso. Estudantes do segundo e terceiro ano de Medicina foram capacitados a desenvolver a avaliação global de idosos, realizando avaliações domiciliárias de saúde que alcançaram 20% dos idosos da comunidade. As alterações mais prevalentes na população idosa foram avaliadas e analisadas por estatística descritiva, e as conclusões foram encaminhadas à equipe de saúde. O projeto foi relevante para os idosos, com a identificação de fatores de risco de perda de capacidade funcional, para os médicos das equipes de Saúde da Família, devido à identificação de problemas não relatados nas consultas, para os agentes comunitários de saúde, que estreitaram o relacionamento com a população idosa, e para os estudantes, que ampliaram os conhecimentos, entendendo o trabalho em equipe e desenvolvendo competências na área de saúde do idoso.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The “Education through Work in Health Program” (PET-Saúde) has promoted integration between teaching and service by inserting undergraduate students in practical scenarios, allowing the development of skills in the workplace. This report analyzes medical students’ experience in the “Elderly Evaluation Project”, developed throughout the PET-Saúde in two semesters at the Federal University of Ouro Preto medical school. Situational analysis revealed the need for individualized monitoring of the elderly. Second and third-year students were able to develop an overall evaluation of the elderly, performing home health assessments that reached 20% of the community’s elderly population. The most prevalent changes were evaluated and subjected to descriptive statistical analysis, and the conclusions were fed back to the health care team. The project was important for the elderly, helping to assess and diagnose risk factors for the loss of functional capacity. The family health teams physicians stressed the importance of reporting health problems not commonly referred to in consultations. For the community health agents, it helped to strengthen their relationship with the elderly population. Finally, for the students, the project was an opportunity to increase knowledge, and develop teamwork and other skills in the area of senior health.
Associação Brasileira de Educação Médica SCN - QD 02 - BL D - Torre A - Salas 1021 e 1023 | Asa Norte, Brasília | DF | CEP: 70712-903, Tel: (61) 3024-9978 / 3024-8013, Fax: +55 21 2260-6662 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: rbem.abem@gmail.com