O Teatro e o Princípio de Adesão Emergentista

Yannick Bressan Sobre o autor

RÉSUMÉ

La récente mise en évidence d'un phénomène psychologique et neurocognitif au Laboratoire d'Imagerie et de Neurosciences Cognitives (Hôpital de Strasbourg) montre combien l'alliance art et sciences peut être une voix de recherche des plus fécondes et des plus inattendues. Les applications de cette étude sur le principe d'adhésion émergentiste sont nombreuses (psycho-oncologie, art, communication...). Ainsi, il apparaît au regard des résultats obtenus et qui seront présentés brièvement dans ce texte que le théâtre, loin de n'être qu'un simple outil de divertissement, peut comme Aristote l'envisageait, participer et contribuer au bienêtre et à l'évolution de la cité. Ce texte est ainsi, à sa façon un plaidoyer pour l'interdisciplinarité active.

Mots-clés:
Theatre; Neurosciences Cognitives; Psychologie; Principe d'Adhésion Émergentiste; Neuro-esthétique

ABSTRACT

The recent Revealing of a psychological and neurocognitive phenomenon in the Laboratory of Imaging and Cognitive Neurosciences (Hospital of Strasbourg) shows us how much the alliance of art and sciences can be a fertile and an unexpected way of researching. The applications of this study on the principle of emergentist adhesion are numerous (psychology-oncology, art, communication...). So it appears with regard to the obtained results and which will be briefly presented in this text that the theater, far from being that a simple tool of entertainment can participate and to contribute, as Aristote envisaged, to the wellbeing and to the evolution of the city. This text is so, in its way a plea for the active interdisciplinarity.

Keywords:
Theater; Cognitive Neurosciences; Psychology; Principle of Emergentist Adhesion; Neuroaesthetics

RESUMO

A recente descoberta de um fenômeno psicológico e neurocognitivo no Laboratoire d'Imagerie et de Neurosciences Cogntivies (Hospital de Estrasburgo) mostra o quanto a aliança entre arte e ciências pode ser uma via de pesquisa das mais fecundas e inesperadas. As aplicações desse estudo sobre o princípio de adesão emergentista são inúmeras (psico-oncologia, arte, comunicação). Assim, os resultados obtidos e que serão brevemente apresentados neste texto demonstram que o teatro, longe de ser somente um simples veículo de entretenimento, pode, como pensava Aristóteles, participar e contribuir ao bem estar e à evolução da comunidade. Este texto constitui, da sua maneira, um pleito pela interdisciplinaridade ativa.

Palavras-chave:
Teatro; Neurociências Cognitivas; Psicologia; Princípio de Adesão Emergentista; Neuroestética

Texto completo disponível apenas em PDF.

Referências bibliográficas

  • ARTAUD, Antonin. Le Théâtre et son Double. Paris: Gallimard, 2001. (Collection Folio Essais.)
  • BRESSAN, Yannick. Le Théâtre comme Lieu d'Expérience des Neurosciences Cognitives. Paris: L'Harmattan, 2013.
  • BRESSAN, Yannick; HAMDI, Safouane. Du Théâtre à l'Amphithéâtre: pour une extension du concept d'adhésion à la neuroscience éducationnelle. Revue de l'Association for Research in Neuroeducation, Association pour la Recherche en Neuroéducation, v. 2, n. 1, p. 1-15, déc. 2013.
  • COLERIDGE, Samuel Taylor. Biographia Literaria. {S.l.}: Project Gutenberg, 1817. Disponible sur: <http://www.gutenberg.org/>. Consultée sur: {n.d.}.
    » http://www.gutenberg.org/
  • DURAND, Daniel. La Systémique. Paris: Presses Universitaires de France, 2013. (Collection Que Sais-Je?).
  • GAUDÉ, Laurent. Onysos le Furieux. Paris: Actes Sud, 2000.
  • JAMES, William. La Volonté de Croire. Paris: Les Empêcheurs de Penser en Rond/Seuil, 2005.
  • MAUSS, Marcel. Sociologie et Anthropologie. Paris: P.U.F, 1983 {1950}. (Collection Quadrige.)
  • ORFALI, Birgitta. L'Adhésion. Bruxelles: De Boeck, 2011.
  • OTZENBERGER, Hélène et al. Temporal Relationship between Dynamic Heart Rate Variability and Electroencephalographic Activity during Sleep in Man. Neuroscience Letters, {s.l.}, Elsevier, v. 229, p. 173-176, 1997.

  • 1
    Estudo realizado em 2007-2008 no Laboratoire d'Imagerie et Neurosciences Cognitives, CNRS, em colaboração com o Théâtre National de Strasbourg. Essa experiência foi concebida e dirigida por Bressan, que assina, também, a direção do espetáculo utilizado no protocolo experimental. Esse estudo foi também acompanhado de um ponto de vista científico pelo neurologista Metz-Lutz. A experiência é relatada e analisada com mais detalhes em Le Théâtral comme Lieu d'Expérience des Neurosciences Cognitives (Bressan, 2013).
  • 2
    La Systémique (Durand, 2013).
  • 3
    A noção filosófica de por si, tomada por empréstimo de Spinoza (1999, p. 278), é utilizada aqui com um sentido diferente. A acepção que nós damos a esse termo comporta uma dimensão emergentista (e não religiosa, como em Spinoza) e completa um pouco a tradução da expressão latina per se, que significa o que existe em função de sua essência. Aqui, o per si é o processo segundo o qual o sujeito perceptivo, a partir dos elementos físicos absolutos que lhe são dados a perceber, vai fazer emergir, pela sua percepção, sua própria realidade.
  • 4
    O como se stanislavskiano.
  • 5
    Aristóteles já havia tratado da questão da metáfora na sua Poética.
  • 6
    Variação do fluxo sanguíneo no cérebro. Fenômeno que permite a utilização da técnica das IRMf (imagens através de ressonâncias magnéticas funcionais).
  • 7
    Os indivíduos-espectadores, enquanto assistiam ao espetáculo ao vivo através do scanner, eram, também, equipados de captadores cardíacos. Para mais informações e precisões sobre essa experiência e a análise dos primeiros resultados obtidos, ver Le Théâtre comme Lieu d'Expérience des Neurosciences Cognitives, à la Recherche du Principe d'Adhésion (Bressan, 2013).
  • 8
    Apresentação transmitida ao vivo em uma tela, utilizando as novas tecnologias como internet ou projeções de vídeo para poder ser accessível aos espectadores. No contexto da experiência de observação do princípio de adesão, o recurso à reapresentação (ou reapresentação de segundo grau) foi uma obrigação técnica para que o sujeito-espectador pudesse assistir ao vivo ao espetáculo de dentro do captador IRMf.
  • 9
    Em inglês no original: "{...} it was agreed, that my endeavours should be directed to persons and characters supernatural, or at least romantic, yet so as to transfer from our inward nature a human interest and a semblance of truth sufficient to procure for these shadows of imagination that 'willing suspension of disbelief' for the moment, which constitutes poetic faith" (Coleridge, 1817, s.p.).

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Ago 2014

Histórico

  • Recebido
    03 Nov 2013
  • Aceito
    13 Fev 2014
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Av. Paulo Gama s/n prédio 12201, sala 700-2, Bairro Farroupilha, Código Postal: 90046-900, Telefone: 5133084142 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: rev.presenca@gmail.com
Accessibility / Report Error