Ìpàdé com Mestra Iara Deodoro: memórias do Grupo Afro-Sul, um pedaço da África no Sul do Brasil

Ìpàdé avec Maître Iara Deodoro: souvenirs du Groupe de Danse Afro-Gaucho, la part des Africains dans le sud du Brésil

Manoel Gildo Alves Neto Suzane Weber da Silva Sobre os autores

RESUMO

Este artigo trata-se de um recorte da trajetória da artista negra Maria Iara Santos Deodoro a partir de sua atuação artístico-pedagógica junto ao Grupo Afro-Sul de Música e Dança. O artigo também reflete e contextualiza alguns eventos e pontos acerca do debate das relações étnico-raciais no tocante das Artes Cênicas no Sul do Brasil e possíveis desdobramentos. Discute-se a corporeidade, a oralidade e a musicalidade entrelaçadas com a dança enquanto perspectivas afro-orientadas do Grupo Afro-Sul na luta contra o racismo.

Palavras-chave:
Mestra Iara Deodoro; Dança Afro-Gaúcha; História da Dança; Relações Étnico-Raciais; Rio Grande do Sul

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Av. Paulo Gama s/n prédio 12201, sala 700-2, Bairro Farroupilha, Código Postal: 90046-900, Telefone: 5133084142 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: rev.presenca@gmail.com