Criar um Fantasma do Sujeito: Diderot, Lacoue-Labarthe e o paradoxo do ator

Créer un Fantôme du Sujet : Diderot, Lacoue-Labarthe et le paradoxe de l’acteur

Niki Hadikoesoemo Sobre o autor

Resumo:

Este ensaio toma como ponto de partida a afirmativa de Diderot de que o ator é tudo e nada ao mesmo tempo para repensar a formação do eu. Ao avançar além do paradoxo de Diderot como teoria da atuação, este artigo defende uma análise desconstrutiva da prática mimética do ator proposta por Lacoue-Labarthe, a qual permite que abordemos as condições ontológicas da interação entre apropriação e desapropriação, nada e possibilidade, distintividade e maleabilidade. Este ensaio mostra que a subversão indireta da distinção entre mimese passiva e ativa subjacente ao corpo em performance problematiza a questão do sujeito como tal.

Palavras-chave:
Paradoxo do ator; Performance; Mimese; Diderot; Lacoue-Labarthe

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Av. Paulo Gama s/n prédio 12201, sala 700-2, Bairro Farroupilha, Código Postal: 90046-900, Telefone: 5133084142 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: rev.presenca@gmail.com