Índice de Saúde Aplicado ao Município de Araraquara, SP: um instrumento para o acompanhamento da Atenção Básica

Augustus Tadeu Relo de Mattos Maria do Carmo G.G. Caccia-Bava Débora Cristina Modesto Barbosa Sobre os autores

O aprimoramento do processo de avaliação da Atenção Básica, compreendida como organizadora de todo o sistema de saúde e não apenas como um nível assistencial, vem sendo almejado pelos gestores do Sistema Único de Saúde. O presente trabalho buscou identificar aspectos da assistência à saúde no município de Araraquara/SP, valorizando as características particulares presentes na área de adscrição de cada unidade de saúde. Adotando um indicador composto aplicado a cada unidade de saúde, o estudo visou contemplar a emergência de fenômenos favorecendo uma visão mais abrangente de cada unidade e distrito sanitário em relação à Mortalidade Infantil, Incidência de Tuberculose, Mortalidade por Causas Externas e Mortalidade Precoce por Doenças Crônicas. Valeu-se da metodologia desenvolvida no Índice de Saúde de Drumond Jr, obtido pela média dos valores dos componentes de cada Distrito de Saúde para os indicadores acima, agregando, ainda, a Taxa de Alfabetização e Rendimento Médio Mensal do Responsável pelo Domicílio. As áreas de abrangência das Unidades de Saúde foram classificadas segundo os valores obtidos na relação entre estes componentes. Os resultados apontaram diferenciais intraurbanos para a maioria dos componentes e revelou a presença dos piores valores nas Unidades de Saúde da periferia. O conhecimento dessa realidade pela gestão municipal é de fundamental importância para avançar no aprimoramento do processo de avaliação da Atenção Básica no município.

Avaliação em saúde; Atenção primária à saúde; Indicadores básicos de saúde; Desigualdades em saúde


Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Dr. Arnaldo, 715 - 2º andar - sl. 3 - Cerqueira César, 01246-904 São Paulo SP Brasil , Tel./FAX: +55 11 3085-5411 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br