Desafios na definição da idade gestacional em estudos populacionais sobre parto pré-termo: o caso de um estudo em Campina Grande (PB), Brasil

INTRODUÇÃO: A prevalência de nascimento pré-termo vem aumentando nos últimos anos e é atualmente um problema de saúde pública mundial. Em qualquer tipo de estudo epidemiológico, o grande desafio a ser enfrentado no estudo do parto pré-termo é a padronização da aferição da idade gestacional (IG) dos nascimentos. OBJETIVO: Descrever os métodos utilizados para a definição da amostra a ser estudada e seleção dos eventos em estudo caso-controle dos fatores de risco para nascimento pré-termo de partos hospitalares de mães residentes no município de Campina Grande (PB), Brasil. MÉTODOS: O desenho foi um caso-controle de base populacional, realizado no período de junho de 2008 a maio de 2009. Os casos foram nascidos com menos de 37 semanas gestacionais e os controles com 37 semanas ou mais. A idade gestacional foi definida em semanas utilizando-se critérios de seleção baseados na acurácia da estimativa. Foram realizadas entrevistas com as mães e coleta de registros hospitalares. RESULTADOS: Foram selecionados 341 casos e 424 controles; 13,19% foram classificados como pré-termos extremos (<28 semanas), 34,87% como muito pré-termo (<33 semanas) e 65,10% como pré-termos moderados (33 a 36 semanas gestacionais). Entre os controles, o percentual de nascidos de 37 a 39 semanas foi de 58,02 e 5,90% foi de nascidos pós-termo (>42 semanas). CONCLUSÃO: As estratégias adotadas mostraram-se viáveis, mesmo em um contexto com maiores limitações na obtenção das informações necessárias, dado que o perfil dos pré-termos, na distribuição da IG, se mostrou comparável a estudos com metodologias mais acuradas.

idade gestacional; gravidez; nascimento prematuro; fontes de dados; coleta de dados; estudos de casos e controles


Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Dr. Arnaldo, 715 - 2º andar - sl. 3 - Cerqueira César, 01246-904 São Paulo SP Brasil , Tel./FAX: +55 11 3085-5411 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br