Os 25 anos da CIPD: Terra inabitável e o grito da juventude

ICPD 25: Uninhabitable Earth and the outcry of youth

Los 25 años de la CIPD: Tierra inhabitable y el grito de la juventud

José Eustáquio Diniz Alves Sobre o autor

Resumo

O fim da Guerra Fria, o desmoronamento da União Soviética, a unificação alemã, a formação da União Europeia e a emergência econômica da China e da Índia abriram um momento de colaboração e esperança de progresso na ordem internacional, na última década do turbulento século XX. A Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), ocorrida no Cairo, em 1994, se beneficiou deste clima global favorável e apresentou um Programa de Ação com uma visão otimista da tríplice relação entre população, desenvolvimento e natureza, prenunciando um mundo com avanços econômicos e sociais, com respeito ao meio ambiente e ampliação dos direitos humanos. Contudo, as múltiplas conquistas materiais e a melhora em diversos indicadores sociais ocorreram às custas do empobrecimento dos ecossistemas e do desequilíbrio climático do planeta. O sonho do desenvolvimento sustentável tem gerado pesadelos, principalmente entre as novas gerações, que estão ocupando as ruas para denunciar as promessas vazias e a crescente probabilidade de um apocalipse ecológico que se vislumbra no horizonte. São estas questões que serão tratadas nesta nota técnica, neste momento em que se realiza a cúpula CIPD25, de Nairóbi.

Palavras-chave
População e desenvolvimento sustentável; CIPD; Agenda 2030; Emergência climática

Associação Brasileira de Estudos Populacionais Rua André Cavalcanti, 106, sala 502., CEP 20231-050 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Fone: 55 31 3409 7166 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editor@rebep.org.br