Revista Brasileira de Estudos de População, Volume: 23, Issue: 2, Published: 2006
  • Untitled document Nota do Editor

    Ferreira, Carlos Eugenio de Carvalho
  • Impactos do desemprego e da precarização sobre famílias metropolitanas Artigos

    Borges, Ângela

    Abstract in Portuguese:

    Este texto discute as conseqüências da crise no mercado de trabalho sobre as famílias das Regiões Metropolitanas de Salvador, Belo Horizonte e Porto Alegre. Com base nos dados da PNAD, para o período 1995-2004, é feito um breve diagnóstico das estruturas familiares dessas regiões e dos respectivos mercados de trabalho, analisando o comportamento do desemprego e do processo de precarização. Em seguida, identificam-se os tipos de família que vêm sendo mais afetados por esses processos e os principais riscos do mercado de trabalho, segundo a posição do indivíduo na família, observando as diferenças entre as três regiões selecionadas. Finalmente, discute-se em que medida o patamar alcançado pelo desemprego e pela precarização, em cada região, pode ser explicado pelas particularidades da sua estrutura familiar ou se, pelo contrário, as características da sua economia e os impactos nela provocados pela reestruturação produtiva são os fatores determinantes da precarização e das próprias mudanças nas famílias.

    Abstract in English:

    This article addresses the consequences of the crisis in the labor market for families living in the greater metropolitan areas of Salvador, Belo Horizonte and Porto Alegre, Brazil. Based on data from the PNAD for the period between 1995 and 2004, it presents a brief diagnosis of the family structures in these regions and their respective labor markets and analyzes the behavior of unemployment and the process of growing instability. It then identifies the types of families that have been affected by these processes and the distribution of the main risks related to the labor market in terms of persons' positions in the family, separating the differences among the three regions studied. Finally, the article discusses the extent to which the stage reached by unemployment and instability in each region can be explained by the particularities of a family structure, or if, on the contrary, the characteristics of its economy and the resulting impacts imposed by the productive restructuring are determining factors for growing in stability and changes in family structures.
  • Provedoras e co-provedoras: mulheres-cônjuge e mulheres-chefe de família sob a precarização do trabalho e o desemprego Artigos

    Montali, Lilia

    Abstract in Portuguese:

    Tendo como referências, por um lado, as mudanças no mercado de trabalho a partir dos anos 90, que redefiniram o padrão de absorção da força de trabalho e, por outro, as alterações nos arranjos familiares de inserção associadas a estes processos e às transformações do papel da mulher na família e na sociedade, este artigo procura mostrar a especificidade dos perfis de inserção no mercado das mulheres-cônjuge e das mulheres-chefe de família, que são co-provedoras ou provedoras em seus núcleos familiares. Nos rearranjos familiares de inserção no mercado de trabalho, sob a precarização das relações de trabalho e o desemprego, cresce a importância da participação das cônjuges e das chefes de família no mercado, ao mesmo tempo em que passam a ter papel de destaque para a composição dos rendimentos familiares. Embora marcadas pelas ocupações precárias, quando comparadas ao conjunto dos componentes familiares, apenas as cônjuges e chefes femininas apresentaram taxas de participação e de ocupação com variação positiva entre 1990 e 2003. Destaca-se o segmento de cônjuges ocupadas, metade sob vinculações contratuais precárias, que apresentam menor redução na proporção de vinculações não precárias nesse período. São analisados também os perfis ocupacionais nos grupos familiares em que se inserem e comparadas as famílias das cônjuges e das chefes de família que trabalham e que não trabalham. A contribuição destas mulheres para a renda de seus núcleos familiares tem reduzido a queda da renda nestes domicílios e, certamente, atenuado o aumento do empobrecimento na Região Metropolitana de São Paulo.

    Abstract in English:

    This article is based on two different sets of data. On the one hand, there are the changes in the labor market that have taken place as of the 1990s, which redefined the pattern of absorption of the labor force. On the other hand are the related changes in family arrangements regarding the work of their members, as well as changes in the role of women in the family and in society. The focus here is the character of the profiles of participation of wives and female heads of families who are providers or co-providers in their nuclear families. There has been increasing growth of the importance of the participation of these woman in the labor market, under unstable labor relationships and unemployment. At the same time, they have been taking on more significant roles in the composition of family income. Although they often hold down unstable jobs, in comparison with other members of their families, only wives and female heads of families showed increased participation and occupation between 1990 and 2003. Especially important is the segment of working wives, half of whom under unstable or informal labor relationships, who show less reduction in the proportion of non-unstable relationships during this period. The occupational profiles of members of the family groups in which these women participate are analyzed, and the families of wives and female heads of families who work and do not work were compared. The contribution of these women to the incomes of their nuclear families has softened the fall in income of their households and clearly attenuated the increasing impoverishment in the São Paulo Metropolitan Region.
  • Mudanças recentes no perfil da distribuição ocupacional da população brasileira Artigos

    Kon, Anita

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo visou contribuir com subsídios para a análise das transformações recentes no perfil da estruturação do trabalhador brasileiro, segundo a segmentação setorial e em grupos específicos de ocupações, particularmente na década de 90. Foram examinadas inicialmente questões teóricas sobre as causas da segmentação do mercado de trabalho na atualidade. Em seqüência, analisaram-se aspectos empíricos relacionados às mudanças estruturais da distribuição no mercado de trabalho em economias mundiais, procurando situar o Brasil neste contexto internacional. Para o Brasil, foram elaborados Índices de Estruturação Ocupacional e de Quocientes de Diferenciação Regional. Os resultados da análise mostram que, apesar de transformações ocupacionais significativas constatadas, as mudanças estruturais foram intra e não inter-regionais.

    Abstract in English:

    This article analyzes recent changes in the profile of the Brazilian labor structure, according to sector segmentation and specific occupational groups, especially during the 1990s. Theoretical aspects on the causes of the segmentation of the labor market are first examined. Empirical information related to structural changes in labor markets in the worldwide economy are then discussed, in order to locate Brazil in this context. Specifically, Indexes of Occupational Structure and Regional Difference Quotients for Brazil were drawn up. The results show that, besides significant occupational transformations, structural changes occurred in the regions, but not among them.
  • Análise dos determinantes da participação no mercado de trabalho dos idosos em São Paulo Artigos

    Pérez, Elisenda Rentería; Wajnman, Simone; Oliveira, Ana Maria Hermeto Camilo de

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do trabalho é analisar os determinantes da condição de atividade e das horas trabalhadas dos indivíduos de 60 anos e mais que moravam em São Paulo no ano 2000. Entre os determinantes, a condição de saúde é tratada com especial atenção. Os dados provêm da Sabe, uma pesquisa sobre Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, da Opas. Para controlar o viés de endogeneidade que provém da relação entre o estado de saúde e a participação no mercado de trabalho, foi utilizado o método das Variáveis Instrumentais. Foram utilizadas diferentes medidas de saúde para captar diversos efeitos sobre a oferta de trabalho. Os resultados mostram que, para os homens, são as variáveis econômicas as que apresentam um forte poder de explicação dos modelos de trabalho; já no caso das mulheres, são as variáveis relacionadas à composição familiar. Apresentar uma condição de saúde pior significa menor probabilidade de trabalhar. Para os homens, os resultados da instrumentalização das variáveis de saúde sugerem que o efeito da atividade dos idosos sobre sua saúde é negativo. Isto pode indicar que o trabalho afeta negativamente a saúde, ou pode ser resultado de que os idosos ativos são os mais escolarizados e de maior renda, tendo melhor acesso a serviços de saúde, levando a que os ativos tenham uma melhor percepção dos problemas de saúde.

    Abstract in English:

    The aim of this article is to analyze the determinants of the probability of being in the labor force and the number of working hours per week of persons over the age of 60 in the city of São Paulo, Brazil, in 2000. The study pays special attention to the influence of the health of elderly persons on their participation in the labor force. The dataset used in this study is the SABE, a survey on Health, Well-Being, and Aging in Latin America and the Caribbean, with funding from the Pan American Health Organization. To control the bias of endogeneity resulting from the relationship between a person's state of health and his or her participation on the labor market, the Instrumental Variable method is used. Various measures of health were used in order to analyze different effects of the condition of the health of elderly persons in the labor supply. The results indicate that, among men, variables representing economic status carry considerable weight in explaining their participation in the labor supply. Among women, variables more closely related to family composition are important in explaining the results of the estimations. Having poor health means less probability of being active and of working a greater number of hours per week. Among men, the results of the models related to health conditions estimated by instruments suggest that the effect of participating in the labor force for the elderly could be negative to their health. This may be because of possible truly negative affects on health, or because the working elderly have better schooling and better economic status. This means that they use health services more frequently and are able to describe their health problems more clearly.
  • Força de trabalho e desemprego na Região Metropolitana do Rio de Janeiro nos anos 1990: o efeito dos fatores demográficos Artigos

    Martignoni, Enrico Moreira; Carvano, Luiz Marcelo; Jannuzzi, Paulo de Martino

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho analisa o efeito das variáveis demográficas sobre as taxas de desemprego da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ), região que apresenta as taxas mais baixas entre as periodicamente investigadas no país - em particular em relação às Regiões Metropolitanas de São Paulo e Salvador - desde os anos 90. Mais especificamente, procura-se avaliar a importância da queda da fecundidade na década de 60, do envelhecimento mais precoce da população, do aumento da mortalidade de jovens do sexo masculino nas últimas décadas e do arrefecimento da migração em direção à RMRJ na conformação das taxas de desemprego do mercado de trabalho da região. De fato, a análise de dados empíricos levantados em pesquisas revela que as taxas de desemprego mais baixas na RMRJ parecem decorrer, ademais de fatores econômicos locais, da combinação favorável entre menor intensidade migratória, queda mais precoce e sustentada da fecundidade, nível mais alto da mortalidade de população em idade ativa e menor atividade econômica da população idosa, levando a um incremento comparativamente menor da força de trabalho do que as duas outras regiões analisadas.

    Abstract in English:

    This article analyses the effects of demographic variables on unemployment rates in the Metropolitan Region of Rio de Janeiro (MRRJ), which, since the 1990s, has been the area in Brazil with the lowest unemployment rates, especially when compared with the Metropolitan Regions of Sao Paulo and Salvador. This paper discusses the effects of the fall in fertility since the 1960s, the aging population, the higher mortality rates among young males in recent decades, and the declining trend of immigration toward the region, factor that tend to produce lower unemployment rates locally. In fact, empirical data collected in surveys show that lower unemployment rates in the MRRJ seem to be a consequence not only of economic factors, but also of a favorable set of demographic trends related to lower immigration, earlier and persistent fall in fertility, higher mortality levels at working ages, and less labor by the elderly. All these factors yield lower increments in the workforce than that seen in the other regions analyzed.
  • Crescimento populacional, ocupação e desemprego dos jovens: a experiência recente da Região Metropolitana de Porto Alegre Artigos

    Bastos, Raul Luís Assumpção

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo investiga o quanto o tamanho relativo da população juvenil na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) afetou a ocupação e o desemprego desse segmento no período 1993-2004. Esta questão ganha relevância no presente tanto pelo fato de que diversos estudos têm apontado a ocorrência do fenômeno de uma onda jovem nas principais regiões metropolitanas do país, nos anos 90, quanto pela correlata observação de uma tendência à elevação do desemprego entre os jovens no período. Assim, primeiramente, é feita uma síntese dos argumentos a respeito dos efeitos do tamanho relativo da coorte juvenil sobre a situação deste grupo populacional no mercado de trabalho. Em seguida, identificam-se as principais tendências da população e da força de trabalho juvenil no mercado de trabalho da RMPA, bem como se estimam os efeitos do tamanho relativo da coorte juvenil sobre a ocupação e o desemprego desse grupo populacional.

    Abstract in English:

    This article studies to what extent the relative size of the young population in the Metropolitan Area of Porto Alegre (RMPA) affected employment and unemployment of this group between 1993 and 2004. This question has taken on considerable importance, based on two different factors. The first is the fact that a number of studies have indicated the occurrence of the phenomenon of a wave of youth in the largest metropolitan areas in the country during the 1990s. Secondly, the concomitant trend toward higher unemployment among youth during this same period. The article is organized in the following way: after the Introduction, Section 2 presents a synthesis of the arguments regarding the effects of the relative size of the cohort of youth on the situation of this group in the labor market. Section 3 identifies the main trends of the younger population within the labor market in the RMPA and estimates the effects of the relative size of this cohort on the employment and unemployment of this population group. Finally, the main conclusions of the study are presented.
  • Salário mínimo, benefício previdenciário e as famílias de baixa renda Artigos

    Dedecca, Cláudio Salvadori; Rosandiski, Eliane Navarro; Barbieri, Carolina Veríssimo; Jungbluth, Adriana

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem foco nas famílias com rendimento per capita de até ¼ do salário mínimo. São analisadas as condições de inserção no mercado de trabalho e a influência dos benefícios previdenciários para o padrão de renda auferido. A preocupação, portanto, volta-se para a importância dos benefícios da previdência, no sentido de atenuar a fragilidade de renda destas famílias e as conseqüências da desvinculação do valor do seu piso do salário mínimo para este padrão de rendimentos. Analisando-se as características dos componentes das famílias de baixa renda, observa-se que, diante das transformações estruturais no processo de produção e do cenário conjuntural da economia brasileira, aqueles com idade ativa não apresentam os pré-requisitos necessários para se inserirem de forma digna no mundo do trabalho. Dessa forma, o estudo da composição da renda das famílias mais pobres mostra que a renda dos inativos - aposentados e pensionistas - é fundamental para retirar tais famílias do limite da linha de pobreza. O perfil dos componentes das famílias será analisado a partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD/IBGE - para 2004, segundo idade, nível de escolaridade, cor ou raça e inserção no mercado de trabalho propriamente dita: tipo de atividade exercida e posição na ocupação. A comparação do perfil dos componentes das famílias mais carentes com o do total das famílias mostrará que as rendas de aposentadoria e pensão tornam-se fundamentais não apenas para diminuição da desigualdade, mas, fundamentalmente, para redução da pobreza.

    Abstract in English:

    This article discusses families with per capita income of up to ¼ of the minimum monthly wage in Brazil. The conditions of participation in the labor market and the influence of social security benefits on the pattern of income earned are analyzed. The concern, therefore, is with the importance of social security benefits in attenuating the fragility of the income of these families and the consequences of the gap between their income and the minimum wage for this pattern of income. Characteristics of the members of low-income families showed that, in view of the structural changes in the production process and the current juncture of the Brazilian economy, persons of active working age lack the pre-requisites for participating with dignity in the world of labor. A study of the composition of the income of the poorest families shows that the income of inactive members (retired persons and pension receivers) is essential in preventing these families from falling below the poverty line. The profile of the members of such families is analyzed on the basis of microdata from the National Household Survey by Sample (PNAD/IBGE) of 2004, according to age, educational level, color or ethnic group, and participation in the labor market, strictly speaking. Factors studied include the type of work exercised and the position in the occupation. The comparison of the profile of members of the poorest families with that of all families shows that the income of retired members and pension receivers are essential not only in reducing the fall in inequality, but basically in reducing poverty itself.
  • Trabalho doméstico: inatividade econômica ou trabalho não-remunerado? Artigos

    Bruschini, Cristina

    Abstract in Portuguese:

    Abrigado sob a rubrica afazeres domésticos nos levantamentos do IBGE, o trabalho doméstico realizado por donas de casas sempre foi considerado inatividade econômica, igualando-o à condição de estudantes, aposentados, inválidos e aqueles que vivem de renda. Permanece assim na invisibilidade nas estatísticas oficiais, apesar da reformulação ocorrida no começo da década de 90. O artigo pretende oferecer contribuição ao tema, analisando o número médio de horas semanais dedicadas à realização de "afazeres domésticos", segundo variáveis consideradas relevantes, e defende a tese que, sendo elevado o número de horas que as pessoas, em sua maioria mulheres, se dedicam a estas tarefas, seria legítimo incluir esta categoria como um trabalho não-remunerado em vez de inatividade econômica.

    Abstract in English:

    Classified in the category of household tasks in the surveys carried out by the Brazilian Census Office (IBGE), domestic labor performed by housewives has always been considered economic inactivity, similar to that of students, pensioners, the disabled and those who live on unearned income. Such work remains invisible in official statistics, although the early 1990s saw changes. This article has the aim of shedding some light on the topic by analyzing the average number of hours spent on household tasks according to a number of variables. The author holds that, due to the high number of hours dedicated to domestic tasks (usually by women), it would be legitimate to consider this category as one that performs unpaid labor, and never as one with economic inactivity.
  • Diferenças de rendimento do trabalho de homens e mulheres com educação superior nas metrópoles Artigos

    Leone, Eugenia Troncoso; Baltar, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo faz uma análise das diferenças de rendimento entre homens e mulheres ocupados, com nível superior de escolaridade, no conjunto das regiões metropolitanas do país, partindo-se de duas constatações: a) as diferenças de rendimento entre homens e mulheres, apesar de terem diminuído na última década, continuam grandes e fazem parte de um contexto de enorme diferenciação de remunerações, em que sobressaem as diferenças de escolaridade, destacando-se os altos rendimentos do nível superior, cujas diferenças em relação aos outros níveis de escolaridade ampliaram-se ainda mais nesta década e b) as maiores diferenças de rendimento entre homens e mulheres ocorrem exatamente no nível superior de escolaridade, justamente naqueles em que as mulheres têm maior participação. O artigo analisa as mudanças ocorridas na década de 90, no nível e dispersão dos rendimentos dos ocupados, mostrando as diferenças segundo sexo, escolaridade e posição na ocupação. Também é feito um estudo específico, para o ano de 2004, das diferenças de rendimento entre homens mulheres com curso superior, conforme posição na ocupação e setor de atividade. É considerado, ainda,o tipo de ocupação (dirigentes em geral, profissionais das ciências e artes, técnicos de nível médio, trabalhadores de serviços administrativos, outras ocupações) como "proxy" da hierarquia dos cargos. A fonte de dados utilizada é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD.

    Abstract in English:

    This article presents an analysis of the difference in income between working men and women with college degrees in the various metropolitan regions in Brazil. The study is based on two factors: a) although the difference between men's and women's incomes has fallen over the last decade, they are nevertheless still considerable, and are part of the context of enormous variations in income, where the differences in schooling carry considerable weight. In this respect, college-educated persons earn considerably more, and the difference between such incomes and those earned by persons with lower educational levels have become even greater over the last decade; b) the greatest differences in income between men and women are found among persons with college degrees, which is exactly the bracket where women show the greatest presence. This article analyzes the changes that occurred during the 1990s and the levels and dispersion of incomes of working persons, and shows differences according to gender, educational level and position in the occupation. The article also refers to a specific study, regarding the year 2004, on the differences in income between men and women with college degrees, according to position in the occupation and sector of activity. The type of occupation is also considered (managers in general, professionals in the arts and sciences, high-school level technicians, workers in administrative services, and other occupations) are similar to the hierarchy of positions. The source of data is the National Household Survey by Sample (PNAD/IBGE).
  • A discussão política sobre aborto no Brasil: uma síntese Notas de Pesquisa

    Rocha, Maria Isabel Baltar da
  • Somos racistas Resenha

    Miranda-Ribeiro, Paula
Associação Brasileira de Estudos Populacionais Rua André Cavalcanti, 106, sala 502., CEP 20231-050 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Fone: 55 31 3409 7166 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editor@rebep.org.br