RECEPTIVIDADE ESTIGMÁTICA E VIABILIDADE POLÍNICA EM Theobroma subincanum Mart.: ESPÉCIE FRUTÍFERA DA REGIÃO AMAZÔNICA

MAICON DOUGLAS ARENAS-DE-SOUZA ANA APARECIDA BANDINI ROSSI TATIANE LEMOS VARELLA GREICIELE FARIAS DA SILVEIRA SÉRGIO ALESSANDRO MACHADO SOUZA Sobre os autores

RESUMO

Theobroma subincanum (cupuí) é espécie frutífera nativa da Amazônia, cujos frutos são apreciados pela população local, para consumo tanto in natura, como na forma de suco, néctar ou refresco. Estudos sobre a biologia reprodutiva podem fornecer informações e estratégias para a conservação dos frutos e melhoramento vegetal da espécie. O presente estudo objetivou analisar a receptividade de estigmas e a viabilidade polínica de T. subincanum em diferentes horários durante a antese. O estudo foi desenvolvido em um fragmento florestal localizado no perímetro urbano do município de Alta Floresta, MT. No período de florescimento da espécie foram coletados botões florais ou flores em sete horários diferentes: 22h; 02h; 06h; 10h; 14h; 18h e às 22h. A viabilidade polínica foi estimada com o reativo de Alexander (1969) e a receptividade estigmática com o uso do peróxido de hidrogênio a 3%. As médias de viabilidade polínica foram submetidas à análise de variância, enquanto que a receptividade estigmática foi analisada pelo percentual médio em cada intervalo. Foram caracterizados quatro estádios florais com base na abertura floral, sendo que a partir das 6h da manhã já foram encontradas flores totalmente abertas (estádio IV). A percentagem de viabilidade polínica não foi afetada pelos horários de coleta. Na análise da receptividade estigmática foi observado que, em todos os estádios florais, o estigma encontrava-se receptivo, entretanto, os maiores percentuais de receptividade foram encontrados entre as 2h e às 10h do mesmo dia, sendo estes os horários mais propícios para a fertilização. A coleta do pólen em T. subincanum pode ser realizada em qualquer um dos horários avaliados neste estudo, visto que o mesmo se mantem com um alto percentual de viabilidade.

Termos para indexação
Cupuí; pólen; fertilização; frutificação; biologia floral

Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br