Estimativas da área foliar de progênies de pinheiras

A mensuração da área foliar é requerida em vários estudos agronômicos. Comumente, existe interesse em métodos de mensuração simples, rápidos e que não destruam a folha. Os objetivos do trabalho foram avaliar a área (y), comprimento(c) e largura (l) foliares de 20 progênies de meias-irmãs da pinheira (Annona squamosa L.) e ajustar equações de regressão do tipo y = a + bx, onde x = c.l que permitam estimar y a partir de c e l. O experimento foi realizado em blocos ao acaso, com cinco repetições e quatro plantas por parcela. De cada planta, foram coletadas ao acaso cinco folhas maduras. A área foliar foi medida com medidor automático e as dimensões foliares, com uma régua. Todos os valores de b foram diferentes de zero. Em apenas 11 % dos 190 pares possíveis de comparação entre progênies, quanto às estimativas de b, ocorreram diferenças. Não existiram diferenças entre progênies quanto ao comprimento, largura e área da folha. Por isso, ajustou-se, para todas as progênies, a equação y = 0,72 x (R² = 0,77).

Annona squamosa; ateira


Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br