DENSIDADE DE RAMOS E DE CACHOS NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE UVAS DE MESA ‘SUGRAONE’ E ‘THOMPSON SEEDLESS’

PATRÍCIA COELHO DE SOUZA LEÃO MARIA AUXILIADORA COELHO DE LIMA Sobre os autores

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência de diferentes densidades de brotos e de cachos, por meio das práticas de desbrota e desbaste, sobre os componentes de produção e qualidade dos cachos de uvas ‘Sugraone’ e ‘Thompson Seedless’ no Vale do São Francisco. Os experimentos foram realizados durante dois ciclos de produção (2010 e 2012), em vinhedos comerciais no município de Lagoa Grande, PE. Os tratamentos estavam distribuídos em parcelas subdivididas, representadas por três densidades de brotos e três densidades de cachos, em delineamento experimental em blocos ao acaso. A produção em ‘Thompson Seedless’ foi 25,9% maior em plantas mantidas com 6 cachos.m-2, alcançando 20,7 e 27,0 Kg.planta-1, nas colheitas de 2010 e 2012, respectivamente. Na cultivar Sugraone, não houve efeitos sobre a produção por planta, embora a massa do cacho e da baga tenham sido maiores, em, pelo menos, um ciclo de produção, respectivamente, nos tratamentos com densidade de 5 cachos.m-2 e 7 brotos.m-2. Em ‘Thompson Seedless’, uvas mais firmes foram colhidas em 2012, de plantas com 7 ou 8 ramos.m-2, enquanto os teores de sólidos solúveis e de açúcares solúveis totais foram maiores nas uvas colhidas de plantas com menores densidades de brotos e cachos. Entretanto, na ‘Sugraone’ não se observou efeito dos tratamentos sobre o teor de sólidos solúveis totais. Recomenda-se, para a cultivar Thompson Seedless, densidade de 7 brotos.m-2 associado a 6 cachos.m-2 por favorecer a produtividade sem prejuízo da qualidade dos frutos, enquanto para a cv. Sugraone, densidades de 7 brotos.m-2 e 5 cachos.m-2 podem ser utilizadas para incrementar a massa de cachos e bagas.

Termos para indexação
Uvas sem sementes; Vitis vinifera L.; Desbrota; Desbaste de cachos

Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br