Custo de produção e lucratividade da produção de frutos de inheiras nas primeiras safras

O presente trabalho tem como objetivo estimar o custo de produção e indicadores econômicos, relativos à produção e comercialização de frutos de 20 progênies de pinheiras, nas cinco primeiras safras, visando a identificar a safra a partir da qual a exploração da pinheira é lucrativa e as progênies mais promissoras, do ponto de vista econômico. Os dados de rendimentos de frutos em que se baseou o presente trabalho, foram obtidos no período de 2001 a 2005, em um experimento de avaliação de 20 progênies de meias-irmãs de pinheira, com irrigação por aspersão. As progênies foram avaliadas no delineamento de blocos aleatorizados, com cinco repetições e parcelas de quatro plantas. A exploração das progênies de pinheiras somente mostrou-se lucrativa a partir do quarto ano. Antes disso, somente as progênies A3 e A4, no segundo ano, e P3 e P11, no terceiro ano, geraram lucros satisfatórios. Nas pressuposições impostas na metodologia, com respeito ao período de análise temporal e aos preços tomados para julho de 2007, os mais importantes indicadores da lucratividade (lucro operacional, índice de rentabilidade e preço de equilíbrio) indicaram que a progênie A4 é a recomendada, embora outras progênies (FJ1 e FJ2) também tenham-se destacado. Nem sempre as progênies que apresentaram maior rendimento médio de frutos, nas cinco safras, são também as mais recomendáveis economicamente.

Annona squamosa L.; progênies; ateira; fruta-do-conde; ata; economicidade; oscillations


Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br