NOVOS HÍBRIDOS DE MAMOEIRO AVALIADOS NAS CONDIÇÕES DE CULTIVO TRADICIONAL E NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

NEW HYBRIDS OF PAPAYA EVALUATED IN THE TRADITIONAL REGION FOR CROP AND IN THE BRAZILIAN SEMIARID

LUCAS NUNES DA LUZ MESSIAS GONZAGA PEREIRA FÁBIO RIBEIRO BARROS GILANNE DE BRITO BARROS GERALDO ANTÔNIO FERREGUETTI Sobre os autores

RESUMO

O mamoeiro vem tornando-se uma das principais fruteiras cultivadas no Brasil dado ao grande mercado interno e ao crescente mercado de exportação. A demanda pela fruta fez crescer, nos últimos anos, as áreas de cultivo que lentamente se direcionam ao semiárido, e, com isso, cresce a necessidade de novas variedades melhoradas para o cultivo. Neste sentido, foram gerados híbridos de mamão pertencentes aos dois grupos heteróticos: Solo e Formosa,estes, avaliados consecutivamente ao longo do ciclo da cultura, tanto em um ambiente tradicional de cultivo como em um ambiente recente para a cultura, o semiárido. Foram identificados híbridos que superam as testemunhas em quase o dobro no aspecto de rendimento, tanto no grupo de híbridos pertences à categoria Solo (UC14, UC15 e UC16) quanto à categoria Formosa (UC10 e UC12). Estes, além de elevado rendimento, foram detentores de características favoráveis, como o elevado teor de sólidos solúveis e o baixo número de flores estéreis. Em adição, o coeficiente de repetibilidade das características avaliadas sugere que, dentre as características ligadas ao rendimento, o peso médio de fruto é a mais estável ao longo do ciclo de produção.

Carica papaya L.; repetibilidade; ‘Solo’; ‘Formosa’


Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br