Isolamento e identificação de novos alcalóides de Ocotea duckei Vattimo (Lauraceae)

C.S. Dias I.G. Silva E.V.L. Cunha M.S. Silva R. Braz-Filho J.M. Barbosa-Filho Sobre os autores

Resumos

Três alcalóides benzilisoquinolínicos, reticulina, coclaurina e N-acetilnorjuzifina foram isolados das cascas de caule de Ocotea duckei; do cálice foi isolado laureliptina, um alcalóide do tipo aporfínico. Essas substâncias foram isoladas por métodos cromatográficos e identificadas por espectroscopia de 1H e 13C NMR com o auxílio de técnicas 2-D como as de COSY, NOESY, HMQC e HMBC. Comparações com os dados de literatura foram também realizadas.


Three benzylisoquinoline alkaloids, reticuline, coclaurine, and N-acetyl norjuziphine, where isolated from the stem bark of Ocotea duckei, the calix yielded laurelliptine, an aporphine alkaloid. These substances were isolated by chromatographic methods and identified by 1H and 13C NMR spectroscopy with the aid of 2-D techniques such as COSY, NOESY, HMQC and HMBC. Comparison with literature data was also helpful.


Isolamento e identificação de novos alcalóides de Ocotea duckei Vattimo (Lauraceae)

Dias, C.S.I; Silva, I.G.I; Cunha, E.V.L.I; Silva, M.S.I; Braz-Filho, R.II; Barbosa-Filho, J.M.I,* * Autor para correspondência: Prof. Dr. José Maria Barbosa-Filho Laboratório de Tecnologia Farmacêutica Universidade Federal da Paraíba Cidade Universitária - CEP 58051-970 João Pessoa - (PB) - Paraíba E-mail: jbarbosa@ltf.ufpb.br

IUniversidade Federal da Paraíba, Laboratório de Tecnologia Farmacêutica

IISetor de Química de Produtos Naturais, CCT - Universidade Estadual do Norte Fluminense

RESUMO

Três alcalóides benzilisoquinolínicos, reticulina, coclaurina e N-acetilnorjuzifina foram isolados das cascas de caule de Ocotea duckei; do cálice foi isolado laureliptina, um alcalóide do tipo aporfínico. Essas substâncias foram isoladas por métodos cromatográficos e identificadas por espectroscopia de 1H e 13C NMR com o auxílio de técnicas 2-D como as de COSY, NOESY, HMQC e HMBC. Comparações com os dados de literatura foram também realizadas.

ABSTRACT

Three benzylisoquinoline alkaloids, reticuline, coclaurine, and N-acetyl norjuziphine, where isolated from the stem bark of Ocotea duckei, the calix yielded laurelliptine, an aporphine alkaloid. These substances were isolated by chromatographic methods and identified by 1H and 13C NMR spectroscopy with the aid of 2-D techniques such as COSY, NOESY, HMQC and HMBC. Comparison with literature data was also helpful.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

  • *
    Autor para correspondência:
    Prof. Dr. José Maria Barbosa-Filho
    Laboratório de Tecnologia Farmacêutica
    Universidade Federal da Paraíba
    Cidade Universitária - CEP 58051-970
    João Pessoa - (PB) - Paraíba
    E-mail:
    • 1 Morais, L.C.S.L.; Barbosa-Filho, J. M.; Almeida, R.N. J. Ethnopharmacology, v. 62, p. 57, 1998.
    • 2 Silva, I.G.; Barbosa-Filho, J.M.; Silva, M.S.; Dias, C.S.; Cunha, E.V.L. Bioch. Syst. Ecol., v. 30, n. 881, 2002.
    • 3 Clezy, P.S.; Geller T.E.; Lau, D.Y.K.; Nichol, A.W. Aust. J. Chem., v. 19, p. 143, 1966.
    • 4 Barbosa-Filho, J.M.; Morais, L.C.S.L.; Almeida, R.N.; Da-Cunha, E.V.L.; Silva, M. S. An. Acad. Bras. Ci., v. 71, n. 2, p. 231, 1999.

    * Autor para correspondência: Prof. Dr. José Maria Barbosa-Filho Laboratório de Tecnologia Farmacêutica Universidade Federal da Paraíba Cidade Universitária - CEP 58051-970 João Pessoa - (PB) - Paraíba E-mail: jbarbosa@ltf.ufpb.br

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      15 Set 2009
    • Data do Fascículo
      2003
    Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
    E-mail: revista@sbfgnosia.org.br
    Accessibility / Report Error