Estudo da umidade de equilibrio de duas espécies de plantas do gênero Phyllanthus após secagem para o armazenamento

G.M. Figueira F. Silva P.M. Magalhães K.J. Park Sobre os autores

Quebra-Pedra é o nome popular atribuído a espécies do gênero Phyllanthus (Euphorbiaceae). P. niruri e P. amarus são estudadas no Brasil e no mundo quanto às suas atividades farmacológicas, decorrentes das indicações populares. O estudo de secagem a armazenamento visa fornecer parâmetros para se obter a matéria prima uniforme e de qualidade. Os objetivos deste trabalho foram determinar o teor de umidade final das espécies e a curva de umidade de equilíbrio (UE) entre 10 e 90% de UR. As duas espécies foram cultivadas no CPQBA, colhidas a 50cm de altura e direcionadas à secagem (T = 50°C) em estufa com circulação forçada de ar. Na determinação da curva de UE utilizou-se o método estático, empregando-se soluções salinas saturadas. O peso foi controlado através de pesagens periódicas, até atingir o equilíbrio (peso constante), sendo então determinada a UF. Por meio das curvas, determinouse a umidade de equilíbrio característica de cada espécie na faixa de umidade relativa do ar estudada. Os modelos matemáticos que melhor se ajustaram a P. amarus foi o de Hasley (9,3%), e P.niruri GAB (8,9%).


Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista@sbfgnosia.org.br