Reflorestamento de clareiras na floresta nacional do Araripe com Vanillosmopsis arborea Baker

Resumos

A propagação assexuada do "Candeeiro" Vanillosmopsis arborea Baker, espécie produtora de óleo essencial rico em alfa-bisabolol, vem sendo testada com relativo sucesso em casa de vegetação localizada na Chapada do Araripe Crato, Ceará, sua área nativa. Por outro lado, o domínio dos tratos silviculturais ainda não foi atingido. O presente trabalho, teve como finalidade repovoar quatro áreas de clareiras na Chapada do Araripe, tendo em vista a preservação de uma espécie de reconhecido valor econômico e a observação do estabelecimento de 330 mudas produzidas por estaquia. As mudas mostraram-se resistentes, com crescimento médio entre 5,99-7,18 cm, lento, porém uniforme, estando o estabelecimento definitivo a mercê das condições climáticas da região.


Vanillosmopis arborea Baker is a native tree from Chapada do Araripe located in Crato city, state of Ceará, being a potencial source of essencial oil containing á-bisabolol. Its asexual propagation has been carried out in a green house nearby Crato. This work aimed at the feasibility of growth of V. arborea Baker samples in four experimental plots in Chapada do Araripe, through the transplantation of 330 plants to the field produced by cutting. Plant growing has been observed during four months and the results showed that plants growth is suitability to climate and soil conditions, whereby an average plant growth of 5.99 - 7.18 cm was obtained.


Reflorestamento de clareiras na floresta nacional do Araripe com Vanillosmopsis arborea Baker

Francisca Simões Cavalcanti* * fscavalc@ufc.br ; Edson Paula Nunes

Departamento de Biologia da Universidade Federal do Ceará, Herbário Prisco Bezerra, Fortaleza, CE, Brasil

RESUMO

A propagação assexuada do "Candeeiro" Vanillosmopsis arborea Baker, espécie produtora de óleo essencial rico em alfa-bisabolol, vem sendo testada com relativo sucesso em casa de vegetação localizada na Chapada do Araripe Crato, Ceará, sua área nativa. Por outro lado, o domínio dos tratos silviculturais ainda não foi atingido. O presente trabalho, teve como finalidade repovoar quatro áreas de clareiras na Chapada do Araripe, tendo em vista a preservação de uma espécie de reconhecido valor econômico e a observação do estabelecimento de 330 mudas produzidas por estaquia. As mudas mostraram-se resistentes, com crescimento médio entre 5,99-7,18 cm, lento, porém uniforme, estando o estabelecimento definitivo a mercê das condições climáticas da região.

ABSTRACT

Vanillosmopis arborea Baker is a native tree from Chapada do Araripe located in Crato city, state of Ceará, being a potencial source of essencial oil containing á-bisabolol. Its asexual propagation has been carried out in a green house nearby Crato. This work aimed at the feasibility of growth of V. arborea Baker samples in four experimental plots in Chapada do Araripe, through the transplantation of 330 plants to the field produced by cutting. Plant growing has been observed during four months and the results showed that plants growth is suitability to climate and soil conditions, whereby an average plant growth of 5.99 - 7.18 cm was obtained.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

  • *
    • 1 Fernandes A. Temas Fitogeográficos. Stylus comunicações. 1990; 116: Cap.II: Conjunto Vegetacional Cearense
    • 2 Souza MP, Matos MEO, Matos FJA, Machado MIL, Craveiro AA. Constituintes químicos ativos de plantas medicinais brasileiras.1991; 198
    • 3 Matos, FJA. Plantas medicinais brasileiras: um desafio para nossos químicos orgânicos. Desafio. 1990; 3:5-13
    • 4 Jellinek, I. Alfa-bisabololun agent antiinflammatoire pour produits cosmetique. Aromes. 1984; 57:55-7
    • 5 Craveiro AA, Alencar JW, Matos FJA. Vanillosmopsis arborea Baker. A New Source of (-)-Bisabolol. J.Nat.Prod., LLoydia. 1984; 47: 5 : 747-746

    * fscavalc@ufc.br

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      05 Out 2009
    • Data do Fascículo
      2002
    Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
    E-mail: revista@sbfgnosia.org.br