Efeito da erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil., Aquifoliaceae) sobre o colesterol, triacilglicerídeos e glucose em ratos Wistar com dieta alimentar suplementada com lipídeos e glicídeos

Ilex paraguariensis A. St.-Hil., Aquifoliaceae, é uma espécie nativa das regiões subtropicais e temperadas da América do Sul, usada em bebidas por infusão como chá, chimarrão e tererê. Para verificar os efeitos fisiológicos que a I. paraguariensis pode causar sobre o metabolismo de lipídeos e glicídeos em ratos Wistar, após a ingestão de chá de erva-mate, analisou-se quatro grupos experimentais: Grupo Lipídeo Controle (receberam água e dieta hiperlipídica); Grupo Lipídeo Ingestão (extrato de I. paraguariensis e dieta hiperlipídica); Grupo Glicídeo Controle (receberam água e dieta hiperglicídica); e Grupo Glicídeo Ingestão (extrato de I. paraguariensis e dieta hiperglicídica). Os animais receberam a dieta por 60 dias, de acordo com o grupo que pertenciam, sendo pesados semanalmente. Após esse período, foram avaliadas as concentrações de colesterol, glicose e triacilglicerídeos sanguíneos, e ainda, peso da gordura visceral. Os dados foram analisados estatísticamente. O nível de significância aceito foi p<0,05. Os resultados mostraram que a ingestão de erva-mate atua sobre o peso corpóreo, gordura visceral e taxas de glucose, colesterol e triacilglicerídeos plasmáticos.

Ilex paraguariensis; metabolismo de lipídios; metabolismo de glicídios


Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista@sbfgnosia.org.br