Accessibility / Report Error

SBFgnosia na 62ª SBPC

EDITORIAL

SBFgnosia na 62ª SBPC

Pela primeira vez em sua história, a Sociedade Brasileira de Farmacognosia (SBFgnosia) participou de uma Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), a 62ª, ocorrida no último mês de julho, na cidade de Natal-RN, sob o tema Ciências do Mar: herança para o futuro. Esse evento congrega cerca de dez mil pessoas, entre professores, pesquisadores, estudantes de todos os níveis e profissionais liberais. Foram dias onde várias sociedades científicas promoveram, mais uma vez e com absoluto sucesso, sessões especiais, palestras, seminários, mini-cursos, mesas-redondas, além da divulgação de trabalhos científicos (sessão de pôsteres).

Biodiversidade e Farmacognosia: plantas, microorganismos e animais marinhos foi o título da mesaredonda promovida pela SBFgnosia, a qual contou com a presença de muitos pesquisadores envolvidos e interessados na área de produtos naturais. Na ocasião, a sociedade foi representada pelo Prof. Luiz Alberto Lira Soares (UFPE), coordenador da mesa. Inicialmente, a Profa. Maique Weber Biavatti (UFSC) falou sobre o tema Farmacognosia: tradição e inovação, voltado à pesquisa com plantas medicinais; em seguida, os participantes puderam atender ao tema da Profa. Laila Salmen Espindola (UnB), que relatou Estratégias de pesquisa de compostos ativos em micro-organismos nas Ciências Farmacêuticas. Encerrando a mesa, o Prof. Roberto Gomes de Souza Berlinck (USP) discorreu sobre as pesquisas com Metabólitos secundários de animais marinhos, suas estruturas, biogênese e atividades biológicas.

Importante destacar que esta mesa-redonda foi o único evento das Ciências Farmacêuticas durante a 62ª Reunião Anual da SBPC, apesar da presença de inúmeros professores, alunos e profissionais da Farmácia. Entendemos que esta ausência das sociedades científicas da área na SBPC, considerado atualmente como o maior evento científico no Brasil, denuncia a omissão dos pesquisadores no fortalecimento das entidades que os representam.

Se entendemos a falta que a área da Farmácia fez na 62ª SBPC, também precisamos entender o fato de que, indiretamente, a participação dos nossos pesquisadores nas sociedades científicas da área tem sido pequena. É necessário que os profissionais e estudantes das Ciências Farmacêuticas estejam mais envolvidos nas diversas associações acadêmicas, participando efetivamente de suas diretorias ou como associados que contribuem com críticas, sugestões e opiniões.

Apenas através do firme compromisso e apoio às nossas sociedades científicas é que seremos bem representados, acadêmica e politicamente.

Cid Aimbiré M. Santos

Editor

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    10 Set 2010
  • Data do Fascículo
    Set 2010
Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista@sbfgnosia.org.br