Análise CG-EM e atividade cardiovascular dos óleos essenciais de Ocotea duckei

O óleo essencial obtido da destilação por vapor de água das folhas, caule, raíz e frutos de Ocotea duckei teve sua composição química analisada através de CG-EM. A atividade farmacológica desses óleos também foi avaliada, mostrando significantes efeitos cardiovasculares. Quarenta e nove substâncias foram identificadas, constituída por uma mistura complexa de monoterpenos (45%) e sesquiterpenos (55%). Os frutos forneceram (1,9%) mais óleo essencial do que os caules (1,0%), raízes (0,8%) e folhas (0,7%). O principal componente encontrado nas folhas foi o trans-cariofileno (60,54%), nas cascas do caule, beta-eudesmol (27,51%) e nos frutos, dl-limoneno (30,12%). O componente predominante do óleo essencial das raízes foi elemol (24,31%). Em ratos normotensos, não anestesiados, o óleo essencial de diferentes partes de Ocotea duckei (folhas, frutos, caule e raiz) induziu significante (p < 0,05) hipotensão seguido de bradicardia.

Ocotea duckei; Lauraceae; óleo essencial; análise CG-EM; atividade cardiovascular


Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista@sbfgnosia.org.br