Estudo da atividade mutagênica das plantas, Euphorbia milii Des Moulins e Ricinus communis L através do teste de Allium cepa

Mutagenic activity study of the plants Euphorbia milii and Ricinus communis L. through the Allium cepa test

Sueli A. da Silva Samuel G. Ribeiro Ana Elisa N. Bender Fabiana C. Timm Gilberto de Lima Garcias Maria da Graça Martino-Roth Sobre os autores

O objetivo deste trabalho foi avaliar a mutagenicidade e o grau de toxicidade de duas plantas tóxicas, a "mamona" (Ricinus communis) e a "coroa-de-cristo" (Euphorbia milii), utilizando infusões das sementes de mamona e o látex da coroa-de-cristo, em células meristemáticas de Allium cepa. Foram analisados: o índice mitótico (IM), as anomalias do ciclo mitótico (ACM), anomalias interfásicas, (AI) e o total de anomalias (TA). As soluções testes foram preparadas em três concentrações: MT1 - 0,5 g/l, MT2 - 1,0 g/l, MT3 - 2,0 g/l, e MT4 como controle. Da coroa-de-cristo extraiu-se o látex e dissolveu-se em água destilada nas concentrações CT1 -0,5 ml/l, CT2 - 1,0 ml/l, CT3 - 2,0 ml/l, e CT4 controle. Os resultados constataram que somente a mamona aumentou a freqüência de anomalias do ciclo mitótico, assim como, as anomalias interfásicas, demonstrando, dessa forma, uma ação tóxica para o material genético, através do teste de Allium cepa.

Teste de Allium cepa; mutagenicidade; plantas tóxicas; Ricinus communis; Euphorbia milii; Euphorbiaceae


Sociedade Brasileira de Farmacognosia Universidade Federal do Paraná, Laboratório de Farmacognosia, Rua Pref. Lothario Meissner, 632 - Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil, Tel/FAX (41) 3360-4062 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista@sbfgnosia.org.br