Estudo da frontogênese em um ciclone do tipo Shapiro-Keyser

Frontogenesis study in a Shapiro-Keyser cyclone

Cássio Nogueira de Campos

Estudo da frontogênese em um ciclone do tipo Shapiro-Keyser

Cássio Nogueira de Campos

Dissertação de Mestrado em Meteorologia, orientada pelo Dr. Valdir Innocentini e pelo Dr. Ernesto dos Santos Caetano Neto, aprovada em 25 de março de 1999

Foram analisadas as previsões de pressão na superfície do modelo numérico de área limitada da Agência Meteorológica do Japão para o período de maio de 1997 até agosto de 1998. A área considerada foi imediatamente a leste da Cordilheira dos Andes e latitudes menores que 45ºS. um caso de ciclone, cujos efeitos foram noticiados pela imprensa, foi selecionado. Foi utilizada uma classificação na qual os ciclones são modelo norueguês ou do tipo Shapiro Keyser O ciclone selecionado foi classificado como do segundo tipo.

O ciclone selecionado foi simulado em dois modelos numéricos de área limitada: o modelo Eta e o modelo da Agência Meteorológica do Japão. Os campos de 950 e 500 hPa das previsões foram utilizadas para o cálculo de forçantes frontogenéticas que permitem dizer se a variação na intensidade do gradiente horizontal de temperatura é decorrente dos movimentos geostróficos, ageostróficos horizontal ou do movimento vertical. Através dos campos das previsões e das forçantes foram verificadas as principais características do modelo conceitual semi-geostrófico e as etapas de desenvolvimento da frontogênese em um ciclone do tipo Shapiro-Keyser.

Frontogenesis study in a Shapiro-Keyser cyclone-Surface pressure forecasts for the period of May 1997 to August 1998 of Japanese Meteorological Agency Model were studied. The area covered in this study lies on the east side of Andes Cordillera and latitudes lower than 45ºS. A cyclone whose effects were reported by important brasilian newspapers was selected. A classification of cyclones in the norwegian model or in the Shapiro-Keyser model was used. The selected cyclone resembles the second idealized model.

The selected cyclone was simulated in two limited area numerical models: The Eta model and the Japanese Meteorological Agency Model. The 950 and 500 hPa fields of forecasts were used to calculate frontogenetical forcings which allow to study individual variation in magnitude of the horizontal potential temperature gradient due to the geostrophic, horizontal ageostrophic, and vertical motions. Using forecast and the frontogenetical forcing fields the main caracteristics of the semigeostrophic conceptual model and the stages of a frontal development in a Shapiro-Keyser cyclone were verified.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    21 Dez 2000
  • Data do Fascículo
    Nov 1999
Sociedade Brasileira de Geofísica Av. Rio Branco, 156, sala 2510, 20043-900 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel. / Fax: (55 21) 2533-0064 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sbgf@sbgf.org.br