Envelhecimento precoce em adultos com síndrome de Down: Aspectos genéticos, cognitivos e funcionais

Lília Maria de Azevedo Moreira Renata Melo dos Santos Marise Souza Barbosa Mônica Jacobina Fonseca Vieira Wiliane Santos de Oliveira Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

Descrever aspectos genéticos e características de envelhecimento precoce na síndrome de Down.

Método:

Estudo descritivo transversal de 28 indivíduos com síndrome de Down, entre 20 e 54 anos de idade (13 mulheres e 15 homens), atendidos em programa universitário de genética comunitária por solicitação de instituições filantrópicas especializadas, que oferecem apoio a pessoas com deficiência e suas famílias. Os dados genéticos e funcionais foram registrados em ficha de anamnese.

Resultados:

A análise cariotípica mostrou trissomia 21 livre, com apenas um caso hereditário de translocação entre os cromossomos 15/21. Constataram-se dificuldades funcionais na locomoção, sedentarismo, desordens de conduta, perda de memória e depressão, assim como a perda de autonomia em idades mais avançadas. Apenas três pessoas tinham domínio da leitura e escrita e 16 apresentavam bom relacionamento social e habilidades de fazer amigos.

Conclusão:

O estudo realizado confirma que sinais de envelhecimento precoce na síndrome de Down podem ser verificados já na fase adulta, sendo recomendado o acompanhamento terapêutico com implantação de medidas de prevenção aos déficits, estimulo à cognição e atividades voltadas à qualidade de vida.

Palavras-chave:
Síndrome de Down; Envelhecimento Precoce; Processo Neurodegenerativo.

Universidade do Estado do Rio Janeiro Rua São Francisco Xavier, 524 - Bloco F, 20559-900 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel.: (55 21) 2334-0168 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revistabgg@gmail.com
Accessibility / Report Error