Accessibility / Report Error

Efeitos do tratamento com realidade virtual não imersiva na qualidade de vida de indivíduos com Parkinson

Effects of treatment with non-immersive virtual reality in the quality of life of people with Parkinson's disease

O objetivo desta pesquisa foi verificar os efeitos do tratamento com realidade virtual não imersiva na qualidade de vida de indivíduos com doença de Parkinson, antes e após o tratamento com aplicação do questionário da doença de Parkinson PDQ-39. Corresponde a um estudo experimental, do tipo ensaio clínico não controlado, de natureza quantitativa. O estudo envolveu 14 indivíduos, que passaram por 20 sessões individuais de tratamento distribuídas em duas sessões semanais, com duração entre 30 e 40 minutos cada. Na análise dos dados, foi utilizado o teste de Wilcoxon, para encontrar o valor da significância estatística p≤0,05. Os escores do Questionário da Doença de Parkinson-39 total e seus domínios diminuíram quando comparados aos do período da avaliação e da reavaliação dos pacientes. No entanto, os valores de p expressam que essa diminuição foi significativa especificamente para os domínios mobilidade, bem-estar emocional, estigma e cognição, e o escore do Questionário da Doença de Parkinson-39 total. Assim, os resultados demonstraram que a realidade virtual não imersiva contribuiu positivamente sobre a qualidade de vida desses indivíduos.

Realidade Virtual; Doença de Parkinson; Qualidade de Vida; Terapia Ocupacional


Universidade do Estado do Rio Janeiro Rua São Francisco Xavier, 524 - Bloco F, 20559-900 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel.: (55 21) 2334-0168 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revistabgg@gmail.com