A construção do poder em Angola nos romances de Pepetela: os novos ricos e a apropriação do Estado no pós-independência

The Construction of Power in Angola in Pepetela’s Novels: the New Rich and the Appropriation of the State in the Post-Independence Period

Carolina Bezerra Machado Sobre o autor

RESUMO

No artigo, analiso as relações de poder construídas entre o Estado e a sociedade em Angola após a independência do país em 1975, a partir de suas ambivalências e acomodações de interesses. Defendo que houve a construção de uma estrutura política em que o Estado/MPLA passou a ser o principal meio para a distribuição de benefícios e privilégios, contribuindo para o fortalecimento de uma estrutura autoritária e patrimonialista ao longo dos anos. Ao destacarem um cenário de autoritarismo, clientelismo e patrimonialismo, os romances de Pepetela e a construção de seus personagens dialogam com uma narrativa crítica acerca do projeto político adotado pelo Estado angolano.

Palavras-chave:
Angola; Pepetela; Estado e sociedade

Associação Nacional de História - ANPUH Av. Professor Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, Caixa Postal 8105, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel. / Fax: +55 11 3091-3047 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rbh@anpuh.org