Accessibility / Report Error

Condicionamento físico aplicado a doenças cardiovasculares

Physical conditioning applied to cardiovascular diseases

Tendo em vista a relevância da prevenção das doenças cardiovasculares, este artigo visa discutir alguns aspectos relativos à prevenção cardíaca primária e secundária a partir de um programa de condicionamento físico especializado. A prática da atividade física regular é utilizada tanto para a prevenção como para a reabilitação das doenças cardiovasculares. Um bom programa de condicionamento físico produz alterações fisiológicas crônicas nos sistemas cardiovascular e neurovegetativo e na secreção hormonal, constituindo expressivas modificações no que diz respeito à prevenção, estabilização e até regressão do quadro degenerativo das cardiopatias. A supervisão do paciente durante a sessão de condicionamento físico é essencial, pois a incidência de complicações cardiovasculares é maior nestes, quando comparados com adultos aparentemente saudáveis; com isso, a segurança e a qualidade do programa ficam salvaguardadas. Um aspecto muito importante é a necessidade da prescrição de exercício individualizada, tanto na prevenção primária como nas três fases de prevenção secundária. Essa prescrição deve respeitar os princípios do treinamento físico e os componentes básicos do programa: freqüência e duração, que são valores absolutos, e a intensidade, que é o fator crítico da prescrição, pois é relativa e envolve fatores como diferença entre os sexos, nível de aptidão física e idade


Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278, 6º and., 01318-901 São Paulo SP, Tel.: +55 11 3106-7544, Fax: +55 11 3106-8611 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: atharbme@uol.com.br