Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Volume: 19, Issue: 5, Published: 2013
  • Ethics, sports and exercise medicine and the federal council of medicine Editorial

    Nahas, Ricardo Munir
  • Posture control and vestibular oculomotor system in pistol sport shooters Artigos Originais

    Lourenço, Carla Porto; Silva, André Luís dos Santos

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O tiro esportivo desenvolve nos atletas destreza, concentração e equilíbrio. A estabilidade do atirador depende da resistência deste contra perturbações internas e externas que afetem seu equilíbrio. OBJETIVO: Avaliar o controle postural e sistema vestíbulo-oculomotor de atletas atiradores de pistola. MÉTODO: Análise descritiva do tipo transversal. Avaliaram-se oito atletas com idade média de 37 anos (dp ± 8,11), afiliados à Confederação Brasileira de Tiro Esportivo. Utilizou-se prontuário sociodemográfico; estabilometria associada a simulador de tiro e sistema de videonistagmoscopia computadorizada. RESULTADOS: Observou-se em todos os voluntários, dominância motora à direita; metade deles atira com os dois olhos abertos; tempo médio de prática de 14 anos (dp ± 9) e média de treino semanal de 14 horas (dp ± 13). Metade relatou lesão associada ao tiro. Na estabilometria observou-se correlação nas velocidades anteroposterior e mediolateral.À videonistagmoscopia, nenhum atleta apresentou alteração patológica. CONCLUSÃO: O controle postural dos atletas avaliados possui alterações significativas para as velocidades de deslocamento do centro de pressão nas direções anteroposterior e mediolateral. O sistema vestíbulo-oculomotor não mostrou correlação com o controle postural e se apresentou sem alterações funcionais para todos os voluntários.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Shooting sports develop dexterity, concentration and balance in the athletes. The stability of the shooter is dependent on his/her resistance against internal and external disturbance that affects his/her balance. OBJECTIVE: To evaluate the posture control and vestibular-oculomotor system of athletic pistol shooters. METHODS: A cross-sectional descriptive analysis. Eight subjects (mean age of 37 years; SD ± 8.11), affiliated to the Brazilian Shooting Confederation were evaluated. A sociodemographic questionnaire, besides stabilometry associated with the shooting simulator and videonistagmoscopic computerized system were used. RESULTS: All volunteers presented right motor dominance; half shot with both eyes open; average practice time is 14 years (SD ± 9) and weekly training average is of 14 hours (SD ± 13). Half athletes reported injuries associated with shooting. Stabilometric correlation presented correlation in the anteroposterior and mediolateral velocities. None of the athletes presented pathological alteration in the videonistagmoscopic evaluation. CONCLUSION: Posture control of the assessed athletes presents significant changes to the displacement of the center of pressure velocities in the anterior-posterior and medial-lateral directions. The vestibulo-ocular system was not correlated with posture control and functional changes were not observed in any of the volunteers.
  • Body fat distribution in schoolchildren: a study using the LMS method Artigos Originais

    Frainer, Deivis Elton Schlickmann; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de; Costa, Larissa da Cunha Feio; Grosseman, Suely

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A avaliação do sobrepeso e obesidade em populações ainda tem sido baseada predominantemente no índice de massa corporal, o qual tem sido considerado o indicador universal da adiposidade. OBJETIVO: Analisar a distribuição da gordura corporal de escolares de sete a 10 anos, por meio da construção de referenciais percentílicos das dobras cutâneas, utilizando os parâmetros LMS. MÉTODO: Os dados são relativos a uma amostra representativa de escolares de sete a 10 anos frequentando escolas públicas e privadas, que participaram de pesquisa mais ampla de prevalência do sobrepeso e obesidade, realizada em 2002, em Florianópolis (Santa Catarina, Brasil), e composta por 2.918 crianças. Para este estudo utilizaram-se os dados antropométricos de estatura, dobras cutâneas subescapular, suprailíaca, tricipital e panturrilha medial. O método LMS, que visa normalizar os dados que apresentam assimetria em sua distribuição, foi utilizado para analisar e comparar a distribuição das dobras por faixa etária e sexo. RESULTADOS: Ambos os sexos apresentaram valores maiores de gordura subcutânea na região do tríceps e da panturrilha, porém, no sexo masculino estes foram inferiores aos das meninas e com pouco incremento ao longo da faixa etária investigada. A dobra que apresentou maior incremento nos valores medianos foi a suprailíaca, para o sexo feminino, a qual alcançou valores próximos aos da dobra tricipital aos 10 anos de idade. CONCLUSÕES: O método LMS propicia a análise da distribuição dos valores das dobras cutâneas, as quais são importantes para avaliar a evolução da gordura corporal e o estado nutricional de crianças.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Assessment of overweight and obesity in populations is has still been based on the body mass index, that is considered the universal indicator of adiposity. OBJECTIVE: To analyze 7-10 year-old schoolchildren body fat distribution, by building percentiles referentials of skinfold thickness, using LMS parameters. METHOD: Data were taken from a representative sample of 7-10-year-old schoolchildren attending public and private schools that participated in a comprehensive research study conducted in 2002, in the city of Florianopolis (Santa Catarina, Brazil), and composed of 2,918 children. In this study, the anthropometric data used were height, subscapular, suprailiac, triciptal and medial calf skinfolds. The LMS method, which propitiates normalizing data with asymmetric distribution, was used to analyze and compare skinfold thickness patterns by sex and age group. RESULTS: Both sexes presented higher values of subcutaneous fat in the triceps and calf regions; nevertheless, in male subjects theses values were lower than in females and with low increment along the age group investigated. The skinfold with the highest increment in median values was the suprailiac for females, which reached values close to those of the triciptal skinfold at 10 yr old. CONCLUSIONS: The LMS method propitiates analysis of the skinfolds thickness, which are important to perform analyses of the evolution of the body fat and the nutritional status of children.
  • Comparison of the fat percentage obtained by bioimpedance, ultrasound and skinfolds in young adults Artigos Originais

    Neves, Eduardo Borba; Ripka, Wagner Luis; Ulbricht, Leandra; Stadnik, Adriana Maria Wan

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar o ultrassom (US) portátil e a bioimpedância elétrica (BIA) com as dobras cutâneas (DC) para estimar o percentual de gordura corporal em adultos. MÉTODOS: Foram avaliadas 195 militares, sexo masculino, sendo coletados: peso, estatura, percentual de gordura por bioimpedância, dobras cutâneas e ultrassom (US) em nove pontos (tríceps, subescapular, bíceps, peitoral, médio axilar, abdominal, suprailíaca, coxa e panturrilha). Além da estatística descritiva, foram utilizados gráficos de dispersão, o teste Kolmogorov-Smirnov, coeficiente de correlação π (rho) de Spearman, o Wilcoxon Signed Ranks Test e a regressão linear para a elaboração de uma nova equação para a estimativa do percentual de gordura corporal em adultos jovens (do sexo masculino). RESULTADOS: O grupo apresentou idade média de 23,07 ± 7,55 anos, para peso e estatura os valores da média e desvio padrão foram: 72,65 ± 10,40 kg; 1,74 ± 0,06 metros, respectivamente. Comparando os resultados entre US e DC, verificaram-se correlações significativas para todos os pontos avaliados, sendo a prega da coxa a com maior correlação, seguida pelo peitoral. Comparando-se os três métodos, o US apresentou melhor correlação com a BIA do que com as DC. Pode-se propor uma nova equação de estimativa do percentual de gordura por US, que apresentou uma melhor correlação com o método das DC do que aquela utilizada pelo próprio equipamento. CONCLUSÃO: Foi possível verificar que na população estudada o US e a BIA podem estimar o percentual de gordura corporal com boas correlações com o método da DC.

    Abstract in English:

    INTRODUCTIONS E OBJECTIVE: To compare portable ultrasound (US) and bioimpedance analysis (BIA) with skinfolds (SF) to estimate body fat percentage in adults. METHODS: 195 military men were assessed and they had their weight, height, body fat by bioimpedance, skinfold in 9 points and ultrasound (US) collected. Linear Regression was used for the development of a new equation for body fat percentage estimation in young adults (males). RESULTS: The group had mean age of 23.07 ± 7.55 years and height and weight with mean and standard deviation of 72.65 ± 10.40 kg, 1.74 ± 0.06 meters, respectively. Comparing the results between the US and SF, there was significant correlation for all points evaluated, with the thigh skinfold presenting the highest correlation, followed by the chest one. When the three methods are compared, the US presented better correlation with the BIA than with SF. A new equation for estimation of fat percentage by US can hence be proposed. CONCLUSIONS: It was noticed that in the studied population, US and BIA can estimate the body fat percentage with good correlations with the SF method.
  • Measurement of motor nerve conduction velocity in three different sports Artigos Originais

    Borges, Luís Paulo Nogueira Cabral; Leitão, Wilson Cesar de Vasconcelos; Ferreira, Jaílson Oliveira; Carvalho, Luis Carlos

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Estudos da condução nervosa têm sido focados para o público em geral, porém não para atletas, havendo carência de informações sobre medidas da velocidade de condução nervosa motora (VCNM) em indivíduos treinados, especialmente quando diferentes esportes são comparados. OBJETIVO: Medir a VCNM do nervo mediano e fibular comum, em três grupos de modalidades esportivas. Métodos: Foram analisados: um grupo de meio-fundistas (Gmf, n = 6), um grupo de velocistas (Gvel, n = 4) e um grupo de jogadores de handebol (Ghan, n = 5) e comparados com um grupo controle (Gcon, n = 9). Cada voluntário foi submetido a um único exame, no qual foram obtidos os dados para calcular a VCNM dos membros inferiores do Gmf e do Gvel, dos membros superiores do Ghan, e membros superiores e inferiores do Gcon. Os dados da pesquisa apresentaram distribuição normal e variâncias homogêneas, assim, utilizamos o teste t de Student para amostras independentes na comparação das médias da VCNM dos grupos de atletas com as do Gcon e as do Gvel com as do Gmf (comparações intergrupo). O teste t pareado foi usado para comparar as médias da VCNM entre membro dominante (Md) e membro não dominante (Mnd) (comparações intragrupo). RESULTADOS: Na análise intergrupo foram encontradas diferenças significativas nas comparações entre o Gvel e o Gcon e entre o Gmf e o Gcon (diferença apenas nas comparações entre os Md's). Por outro lado, a análise intragrupo, exibiu diferença significativa apenas nas comparações entre Md e Mnd do Ghan. CONCLUSÃO: O estudo sugere que a VCNM é beneficiada pelo esforço físico, principalmente em esportes com uso predominante dos membros inferiores, e que a maior utilização de um membro superior sobre outro pode levar a diferença significativa nos valores da VCNM do Md e Mnd.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Electrodiagnostic tests such as nervous conduction studies are mainly aimed at the general public, not at athletes. Therefore, information about motor nervous conduction velocity (MNCV) is scarce for trained subjects, especially when different sports are compared. OBJECTIVE: to measure the MNCV of the median and common fibular nerves in three groups of sport modalities. Methods: A group of middle distance runners (M RG, n=6), a group of sprinter runners (S RG, n=4) and a group of handball players (H G, n=5) were analyzed and compared to a control group (C G, n=9). Each volunteer was submitted to a single examination where data necessary to measure MNCV from the lower limbs of M RG and of S RG; upper limbs of H G and both upper and lower limbs of C G were collected. Data analysis presented normal distribution and homogeneous variances in all cases; therefore, a Student's t test for independent samples was used to compare means of MNCV of the athlete groups and the C G, as well as in the mean comparison of S RG and M RG (intergroup comparison). The paired Student's t test was used to compare MNCV means of the dominant limb (DL) and non-dominant limb (NDL) (intragroup comparison). RESULTS: Significant differences were found in the comparison between S RG and CG and between M RG and CG, but only in the DL comparison in the last case. On the other hand, in the intragroup comparison, there was significant difference only in the comparison between D L and N DL of the H G. CONCLUSION: This study suggests that MNCV benefits from physical exercise, especially in those sports where lower limbs are predominantly used. It also suggests that greater use of one upper limb over the other could lead to significant differences in MNCV values of D L and N DL.
  • Influence of the number of sets in cardiovascular and autonomic adjustments to resistance exercise in physically active men Artigos Originais

    Rocha, Alexandre Correia; Sartori, Michelle; Rodrigues, Bruno; De Angelis, Kátia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a influência do número de séries nas alterações cardiovasculares e na variabilidade da frequência cardíaca (VFC) pós exercício resistido (ER) em homens fisicamente ativos. MÉTODOS: A amostra foi composta por 13 homens (27,38 ± 1,59 anos), normotensos, praticantes de musculação, submetidos a duas rotinas de musculação. A rotina 1 (R1) foi composta por duas séries de 10RM com intervalo de um minuto entre as séries e dois minutos entre os exercícios, e a rotina 2 (R2) foi similar a R1, no entanto, com três séries para cada exercício. A pressão arterial (PA), o intervalo de pulso (IP) e a VFC foram medidos em repouso e no período de recuperação (60 minutos) do ER. RESULTADOS: O ER induziu redução da PA sistólica pós-R1 (pré: 119,4 ± 1,70 versus pós: 110,8 ± 1,80 mmHg) e R2 (pré: 121,6 ± 2,20 versus pós: 110,3 ± 1,11 mmHg). Entretanto, a PA diastólica (pré: 71,2 ± 1,80 versus pós: 64,3 ± 2,40 mmHg) e a PA média (pré: 88,0 ± 1,60 versus pós: 80,7 ± 1,60 mmHg) reduziram somente após a R2, observando-se frequência cardíaca (FC) aumentada neste momento. A R2 promoveu redução da variância do IP na recuperação quando comparada à R1. Somente a R2 induziu aumento da banda de baixa frequência e redução da banda de alta frequência do IP em relação ao repouso. CONCLUSÃO: A redução da PA foi associada ao maior número de séries, mas não com redução da FC e/ou da modulação simpática cardíaca em praticantes de musculação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the influence of the number of sets on cardiovascular changes and heart rate variability (HRV) in resistance exercise (RE) recovery period in physically active men. METHODS: The sample was composed of 13 (27.38 ± 1.59 years) normotensive men, practitioners of RE. Two RE routines were performed: routine 1 (R1) consisted of two sets of 10RM with 1 minute between sets and 2 minutes between exercises; and routine 2 (R2) was similar to R1; however, with three sets of each exercise. Blood pressure (BP), pulse interval (PI) and HRV were measured at rest and during recovery (60 minutes) from the RE. RESULTS: RE induced reduction in systolic BP after R1 (pre: 119.4 ± 1.70 vs. post: 110.8 ± 1.80 mmHg) and R2 (pre: 121.6 ± 2.20 vs. post: 110 3 ± 1.11 mmHg). However, diastolic BP (pre: 71.2 ± 1.80 vs. post: 64.3 ± 2.40 mmHg) and mean BP (pre: 88.0 ± 1.60 vs. post: 80.7 ± 1.60 mmHg) reduced only after the R2, and heart rate (HR) was increased at this time. The R2 promoted variance of PI reduction in the recovery when compared to the R1. Furthermore, only the R2 induced increase in low frequency band and reduction in high frequency band of PI compared to rest values. CONCLUSION: BP reduction was associated with higher number of sets, but not with reduction in HR and/or cardiac sympathetic modulation in RE practitioners.
  • Acute effect of extensors knee unilateral on leg extension machine with and without stimulation on the vibrating platform Artigos Originais

    Ferreira, Fernando Roberto; Angeli, Gerseli; Confessor, Yara Queiroga; Gagliardi, João Fernando Laurito; Barros Neto, Turibio Leite de

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Nos últimos anos muitos estudos foram feitos com o objetivo de avaliar a utilização da vibração mecânica como parte de treinamento para melhora do condicionamento físico. Entretanto, a maioria avaliou os efeitos dos exercícios em conjunto com o treinamento vibratório para determinar se havia melhora após o treinamento, sem avaliar os efeitos dos exercícios realizados na plataforma com e sem vibração. OBJETIVO: Avaliar o efeito agudo do exercício nos extensores do joelho, com e sem o estímulo da plataforma vibratória. MÉTODOS: Trinta indivíduos ativos, do sexo masculino, com idades entre 18 e 45 anos, realizaram, de forma randomizada, três protocolos: grupo plataforma ligada (GPL), grupo plataforma desligada (GPD) e grupo controle (GC). Cada protocolo começava com aquecimento de cinco minutos em bicicleta ergométrica, com carga entre 75 e 100 watts e 70 rotações por minuto, seguido por seis séries de 10 movimentos de agachamento unilateral com intervalo de um minuto entre elas, com ou sem vibração mecânica, e terminava com o Work Test, realizado apenas no membro inferior dominante para determinação das valências físicas: trabalho, força, potência e velocidade. O grupo controle realizou apenas o Work Test após o aquecimento. RESULTADOS: Apenas a variável velocidade apresentou diferença estatisticamente significante (p < 0,05) quando comparado o GPL ao GC. CONCLUSÃO: O estímulo na plataforma vibratória não exerceu influência nas variáveis trabalho e potência dos extensores do joelho unilateral, mas, na velocidade do movimento, exerceu influência negativa causando fadiga.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: A great number of studies have been conducted lately concerning the use of mechanical vibration as part of the training for improvement of physical conditioning. However, the majority of these studies have evaluated the effects of the exercises joined with the vibrating training in order to determine if there was post-training improvement, and did not evaluate the effects of both vibrating and non-vibrating platform exercises. OBJECTIVE: To evaluate the acute effect of exercise on the knee extensors, with and without the stimulus of the vibrating platform. METHODS: Thirty male active individuals, with age range between 18 and 45 years, randomly conducted three protocols: with the platform on (POG), the platform off (POFFG) and control group (CG). Each protocol began with a five minute warm-up on the ergonomic bicycle, with loads ranging from 75 to 100 watts and 70 rotations per minute, followed by six sets of 10 unilateral squats with one minute of pause between them, with or without mechanical vibrating, and finished with the Work Test, performed only on the dominant leg for determination of the physical valences: work, strength, power and speed. RESULTS: Only the variable speed has presented statistically significant difference (p < 0.05) when the platform on was compared to the control. CONCLUSION: The training on the vibration platform had no influence on the work or muscle power variables, but it exerted negative influence on the movement velocity causing fatigue in the quadriceps muscles.
  • Atenolol beta-block does not decrease aerobic power or alter ventilatory thresholds in sedentary hypertensive subjects Artigos Originais

    Souza, Dinoélia Rosa; Gomides, Ricardo Saraceni; Costa, Luiz Augusto Riani; Fernandes, João Ricardo Cordeiro; Ortega, Katia Coelho; Mion Jr, Décio; Tinucci, Taís; Forjaz, Claudia Lúcia de Moraes

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O exercício aeróbio é recomendado para o tratamento da hipertensão. Sua intensidade pode ser prescrita com base na porcentagem da frequência cardíaca máxima (%FCmáx) ou no consumo pico de oxigênio (%VO2pico) em que os limiares ventilatórios (LV) são alcançados. Entretanto, alguns hipertensos que iniciam o treinamento podem estar tomando betabloqueadores, o que pode influenciar esses parâmetros. OBJETIVO: verificar os efeitos do atenolol sobre os LV de hipertensos sedentários. MÉTODOS: Nove voluntários realizaram dois testes ergoespirométricos máximos após quatro semanas de tratamento com atenolol (25 mg administrado por via oral duas vezes por dia) e com placebo, administrados em ordem fixa e de forma cega. Durante os testes, a frequência cardíaca (FC), a pressão arterial (PA) e o VO2 no repouso, limiar anaeróbio (LA), ponto de compensação respiratória (PCR) e pico do esforço foram analisados. RESULTADOS: O VO2 aumentou progressivamente no exercício e seus valores foram semelhantes nos dois tratamentos. A PA sistólica e a FC também aumentaram no exercício, mas seus valores absolutos foram significativamente menores com o atenolol. Porém, o aumento da PA sistólica e da FC no exercício foi semelhante com os dois tratamentos. Assim, o percentual da FCmáx e o percentual do VO2pico em que LA e PCR foram alcançados não diferiram entre o placebo e o atenolol. CONCLUSÃO: O atenolol na dosagem de 50 mg/dia não afetou o percentual do VO2pico e da FCmáx em que os LV são atingidos, o que confirma que a prescrição de intensidade de treinamento com base nessas porcentagens pode ser mantida em hipertensos que recebem betabloqueadores.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Aerobic exercise is recommended for the treatment of hypertension. Its intensity can be prescribed based on the percentage of maximum heart rate (% MHR) or peak oxygen consumption (VO2peak%) in which the ventilatory thresholds (VT) are achieved. However, some hypertensive patients who begin aerobic training may be receiving beta-blockers, which can influence these parameters. OBJECTIVE: To investigate the effects of atenolol on VT of sedentary hypertensive patients. METHODS: Nine volunteers performed two cardiopulmonary exercise tests until exhaustion after 4 weeks of treatment with atenolol (25 mg orally twice daily) and with placebo, administered in a fixed order and in a blinded manner. During the tests, heart rate (HR), blood pressure (BP), VO2 at rest, anaerobic threshold (AT), respiratory compensation point (RCP) and peak effort were analyzed. RESULTS: VO2 increased progressively throughout the exercise and the values were similar for both treatments. Systolic blood pressure and heart rate also increased progressively during the exercise, but their absolute values were significantly lower with atenolol. However, the increase in systolic BP and HR during exercise was similar in both treatments. Thus, the % of MHR and %VO2peak at which LA and PCR were achieved were not different between placebo and atenolol. CONCLUSION: Atenolol, at a dosage of 50mg/day, did not affect the % of VO2peak and % of MHR corresponding to the VTs, which confirms that prescription of training intensity based on these percentages is adequate to hypertensive patients receiving beta-blockers.
  • Vigorexy and levels of exercise dependence in gym goers and bodybuilders Artigos Originais

    Soler, Patrícia Tatiana; Fernandes, Helder Miguel; Damasceno, Vinicius Oliveira; Novaes, Jefferson Silva

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Atualmente, a aparência é sinônimo de sucesso, saúde e determinação. De modo que a sociedade moderna oprima os indivíduos a seguir padrões estereotipados de beleza. E como herança dessa sociedade capitalista e egoísta surgem os transtornos psíquicos da aparência e as dependências psíquicas a eles associadas. OBJETIVOS: i) comparar os níveis de vigorexia e de dependência ao exercício entre frequentadores de academias e fisiculturistas; ii) relacionar as variáveis de prática de exercício físico (tempo de prática, frequência semanal e duração por sessão) com as dimensões de frequência de vigorexia e de dependência ao exercício; e, iii) comparar os níveis de vigorexia segundo grupos de dependência ao exercício (dependentes ou em risco, não dependente sintomático e não dependente assintomático). MÉTODOS: A amostra foi constituída por 151 frequentadores de academia (27,66 ± 6,54 anos e 27,56 ± 5,03 de IMC) e 25 fisiculturistas (30,80 ± 5,54 anos e 26,72 ± 4,24 de IMC), todos do sexo masculino. Os participantes responderam à Escala de Dependência ao Exercício e ao Inventário de Dismorfia Muscular. A análise estatística envolveu procedimentos de análise descritiva, normalidade univariada, comparativa e correlacional. RESULTADOS: Os principais resultados evidenciaram: i) não existir diferenças entre frequentadores de academias e fisiculturistas quanto aos níveis de vigorexia e de dependência ao exercício; ii) que a duração da sessão de treino se correlaciona positivamente com a maioria das dimensões da dependência ao exercício; e, iii) que o grupo classificado como dependente ou em risco revela níveis médios superiores de vigorexia. CONCLUSÃO: Por fim, constatou-se que tanto nos fisiculturistas como nos frequentadores de academias, quanto maior o nível de vigorexia, maior o nível de dependência ao exercício, sendo essa correlação maior em fisiculturistas.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Currently, good appearance is a synonym to success, health and determination. So as to, the modern society overwhelms the individuals to follow beauty stereotypes. The heritage of this capitalist and selfish society is the psychological appearance disorders and the psychological dependence associated with them. Among these, we can mention vigorexy and exercise dependence. OBJECTIVES: I) to compare vigorexy levels and exercise dependence among gym goers and bodybuilders, II) to corelate the variables on physical practice (time of practice, weekly frequency and sessions time) to the frequency dimensions of vigorexy and exercise dependence; and, III) to compare vigorexy levels according to the exercise dependence groups (dependent or in risk, not symptomatic dependent and not asymptomatic dependent). METHODS: The sample was composed of 151 male gym goers (27.66 ± 6.54- year-old and 27.56 ± 5.03 BMI) and 25 bodybuilders (30.80 ± 5.54-year-old and 26.72 ± 4.24 BMI). The participants answered the Exercise Dependence Scale and the Muscle Dysmorphic Disorder Inventory. The statistical analysis involved descriptive, univariated normality, comparative and correlational analyses. RESULTS: The main results were: I) absence of differences between gym goers and bodybuilders concerning vigorexy levels and exercise dependence, II) training session time is positively correlated with most of the dimensions of the exercise dependence, and, III) the group classified as dependent or in risk reveals medium superior levels of vigorexy. CONCLUSION: Lastly, it was found that both in bodybuilders and gym goers, the higher the vigorexy level, the higher the exercise dependence wit this correlation is higher in bodybuilders.
  • Effect of concurrent training and detraining on anti-inflammatory biomarker and physical fitness levels in obese children Artigos Originais

    Fazelifar, Saeid; Ebrahim, Khosrow; Sarkisian, Vaghinak

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Examinar o efeito de 12 semanas de (3 dias/sem) de treinamento concorrente e 4 semanas de destreinamento nas concentrações séricas de adiponectina e níveis de condicionamento físico em meninos obesos sem intervenção dietética. MÉTODOS: vinte e quatro meninos saudáveis, 11-13 anos de idade com índice de massa corporal > 28 participaram voluntariamente do estudo. Estes foram divididos em dois grupos, experimental (n= 12) e controle (n=12). RESULTADOS: Concentrações de adiponectina após 12 semanas tiveram declínio significativo em ambos os grupos em comparação com o nível basal (p < 0,05). VO2 pico, flexibilidade, força, endurance de abdominais e agilidade aumentaram significativamente no grupo experimental comparado com o grupo controle (p < 0.05). Foi evidenciado que após destreinamento de 4 semanas, a adiponectina sérica não se alterou significativamente no grupo experimental e que condicionamento físico benéfico foi gradualmente diminuído. CONCLUSÃO: Nossos resultados sugerem que os efeitos benéficos do exercício físico no condicionamento são temporários. Uma vez que o processo de adaptação é reversível, parece que as concentrações de adiponectina foram inevitavelmente afetadas pelas alterações morfológicas e hormonais que ocorreram durante a puberdade em meninos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To examine the effect of 12 weeks of (3 days/week) concurrent training and 4 weeks of detraining on serum adiponectin concentrations and physical fitness levels in obese boys without dietary intervention. METHODS: 24 healthy boys, 11-13 years old with body mass index >28 voluntarily participated in the study. They were divided into two groups, experimental (n = 12) and control (n = 12). RESULTS: Adiponectin concentrations after 12 weeks presented significant decline in both experimental and control group compared with the baseline (p < 0.05). VO2 peak, flexibility, strength, endurance of sit-ups and agility significantly increased in the experimental group compared with the control group (p < 0.05). It was shown that after a 4-week detraining, serum adiponectin did not significantly change in the experimental group and that beneficial physical fitness was gradually decreased. CONCLUSION: Our results suggest that the beneficial effects of exercise training on physical fitness are temporary. Since the process of adaptation is reversible, it seems that adiponectin concentrations were inevitably affected by morphological and hormonal changes that occurred during puberty in boys.
  • Analysis of incidence of injury in Spanish elite in aerobic gymnastics Artigos Originais

    Abalo Núñez, Rocío; Gutiérrez-Sánchez, Águeda; Vernetta Santana, Mercedes

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A ginástica aeróbica (GA) é uma disciplina que possui exigências físicas específicas e treinamento adequado para prevenir ou minimizar a ocorrência de lesões esportivas. OBJETIVO: Analisar a incidência de lesões na GA e a sua vinculação com fatores de treinamento MÉTODO: Realizou-se um estudo em 40 desportistas valencianos com idades compreendidas entre nove e 17 anos. O procedimento de coleta de informações foi através de um questionário de morbidade. A variável dependente foram as lesões durante a temporada 2009-2010 e as variáveis independentes principais foram a carga de treinamento, o material de proteção, superfície de treinamento, gesto técnico e tipo de lesão e zona corporal lesionada. RESULTADOS: As lesões mais reincidentes foram as relacionadas a ligamentos, afetando por igual os membros superior e inferior. A metade das lesões ocorreu após a realização dos saltos, apesar do uso de algum material de proteção, além de terem ocorrido no início da temporada. Relações significativas entre o número de lesões e a experiência, os dias de treinamento e o número de competições (p < 0,05) foram encontradas. CONCLUSÕES: O número de lesões diminuiu enquanto o uso de medidas de proteção, com destaque para as munhequeiras, aumentou. Metade das lesões produziu-se durante o período de aprendizagem técnica de dificuldades.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Aerobic Gymnastics (GA) is a gymnastic discipline that requires specific physical needs and proper training to prevent or minimize the occurrence of sports injuries. OBJECTIVE: To analyze the incidence of injuries in the GA and its relationship with training factors. METHODS: A study with 40 Valencian athletes aged between 9 and 17 years was performed. Data was collected through a questionnaire of morbidity. The dependent variable was the injuries during the 2009-2010 season and the main independent variables were the training load, the protective equipment, training surface, technical movements and type of injury and body part injured. RESULTS: The most recurrent injuries were the ones related to ligaments, affecting both the upper and lower limbs. Half of the injuries occurred after performing jumps, despite the use of protective equipment and took place at the beginning of the season. Significant correlation was found between the number of injuries and the experience, training days and number of competitions (p <0.05). CONCLUSIONS: the number of injuries has decreased and the use of protective equipment has increased, with special attention to wristbands. Half of the injuries occurred during the learning period of technical difficulties.
  • Development of an individualized familiarization method for vertical jumps Artigos Originais

    Claudino, João Gustavo; Mezêncio, Bruno; Soncin, Rafael; Ferreira, Jacielle Carolina; Valadão, Pedro Frederico; Takao, Pollyana Pereira; Bianco, Roberto; Roschel, Hamilton; Amadio, Alberto Carlos; Serrão, Julio Cerca

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Propor um método de familiarização individualizado para saltos verticais e verificar o seu efeito na variabilidade intrassujeito. MÉTODOS: Cinquenta e três homes (média ± DP; idade 23,5 ± 3,3 anos; estatura 1,76 ± 0,08 m; massa 72,8 ± 8,6 kg; percentual de gordura 12,9 ± 5,2%) realizaram sucessivos saltos até atingir o nível de estabilidade proposto. Após 48 h este processo era repetido e a estabilidade entre dias era verificada, se necessário, mais sessões eram realizadas. O nível de estabilidade foi determinado por um teste z, com intervalo de confiança de 95%. Após o processo de familiarização, duas sessões experimentais adicionais foram realizadas para determinar a confiabilidade do desempenho no salto agachado (SA) e no salto com contramovimento (SCM). O coeficiente de variação e o erro padrão de medida foram determinados individualmente (CVi e EPMi). Um teste t pareado foi realizado para verificar diferenças no CVi e EPMi antes e depois do processo de familiarização. RESULTADOS: O CVi apresentou uma redução significativa após o processo de familiarização (p < 0,001), alterando de 5,01 ± 2,40% para 2,95 ± 0,89% no SA e de 4,50 ± 2,19% para 2,58 ± 0,81% no SCM. O mesmo ocorreu para o EPMi variando de 1,29± 0,53 cm para 0,83 ± 0,25 cm no SA e de 1,35 ± 0,51 cm para 0,83 ± 0,26 cm no SCM. CONCLUSÃO: o método de familiarização individualizado proposto reduziu significativamente a variação intrassujeito, permitindo maior poder estatístico em estudos experimentais e maior sensibilidade para ferramentas de monitoramento do desempenho.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of the present study was to propose an individualized familiarization method for vertical jumps and to verify its effect on intra-subject variability. METHODS: Fifty three men (mean ± S.D.; age 23.5 ± 3.3; height 1.76 ± 0.08 m; mass 72.8 ± 8.6 Kg; body fat 12.9 ± 5.2%) performed successive jumps to reach the proposed stability level. After 48 hours, this process was repeated and the stability between the days was verified; if necessary, more sessions were performed. The stability level was determined by a Z-Test with a confidence interval of 95%. After the familiarization process, two additional experimental sessions were performed in order to determine the reliability of the performance in the Squat Jump (SJ) and the Countermovement Jump (CMJ). The coefficient of variation and standard error of measurement were determined individually (CVi and SEMi). A paired T-Test was performed to verify differences in the CVi and SEMi before and after the familiarization process. RESULTS: The CVi presented a significant reduction after the familiarization process (p < 0.001), changing from 5.01 ± 2.40% to 2.95 ± 0.89% in the SJ. The CVi also changed in the CMJ (from 4.50 ± 2.19% to 2.58 ± 0.81%). The same also occurred with the SEMi in both the SJ and the CMJ, changing from 1.29 ± 0.53 cm to 0.83 ± 0.25 cm in the SJ and from 1.35 ± 0.51cm to 0.83 ± 0.26 cm in the CMJ. CONCLUSION: The proposed individualized familiarization method significantly decreased intra-subject variability, which allows for a higher statistical power in the laboratorial setting and a greater sensitivity for performance monitoring tools.
  • Effect of 13 weeks of military exercise training on the body composition and physical performance of espcex students Artigos Originais

    Avila, Josiel Almeida de; Lima Filho, Paulo Davi de Barros; Páscoa, Mauro Alexandre; Tessutti, Lucas Samuel

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Exércitos do mundo inteiro reconhecem a importância de uma boa condição física para o desempenho das funções militares. O treinamento físico militar (TFM) tenta proporcionar auxílio nessa busca por uma melhor condição física e corporal. OBJETIVO: Verificar o efeito de 13 semanas de TFM na composição corporal e no desempenho físico dos alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx). MÉTODOS: A amostra foi constituída de 287 alunos do sexo masculino da EsPCEx com idade média de 18,33 ± 1,26 anos. Tais alunos cumpriram uma rotina de internato, com horários, refeições e atividades definidas, da qual eram liberados somente nos finais de semana. O TFM foi realizado numa frequência semanal de cinco dias e englobou treinamentos aeróbicos e resistivos. Foram realizadas no período pré e pós-treinamento medidas da massa corporal, altura, dobras cutâneas (tricipital, abdominal e suprailíaca) e realizados os seguintes testes: corrida de 12 minutos, abdominal parafuso, flexão de braço e flexão na barra fixa. Com os dados antropométricos coletados, foi calculado o percentual de gordura, massa livre de gordura (MLG) e massa gorda (MG) baseado no protocolo de três dobras de Guedes. RESULTADOS: Quando comparados os valores dos dados antropométricos e da composição corporal dos períodos inicial e final de treinamento foi observada redução significativa na MG, no percentual de gordura, nas dobras cutâneas tricipital e abdominal e aumento na dobra cutânea suprailíaca e na MLG. Ocorreram melhoras significativas também em todos os testes físicos realizados, nos quais um melhor desempenho foi alcançado. CONCLUSÃO: Os dados obtidos sugerem melhora significativa na composição corporal e no desempenho físico através da realização do TFM, com frequência semanal de cinco dias.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Armies from all over the world acknowledge the importance of good physical fitness for the performance of military duties. The Military Exercise Training (MET) attempts to provide assistance to this search for better physical fitness and performance. OBJECTIVE: To verifying the effect on the body composition and physical performance of the students at ESPCEX (Military School for Preparation of Army Cadets) after 13 weeks of MET. METHODS: The sample was formed by 287 male students from the ESPCEX, whose average age was 18.33 ±1.26. Such students accomplished a boarding school routine, having defined schedules, meals and activities from which they were only released during the weekends. The MET was accomplished five days a week and it comprised both aerobic and resistance training. Measurement of body mass, height, skinfold (triceps, abdominal and suprailiac) was accomplished during pre and post training periods, and the following tests were performed: 12-minutes-run, oblique sit up, arm push up and pull up. Fat percentage, fat-free body mass and fat body mass were calculated using the anthropometric data based on the Guedes 3 skinfold protocol. RESULTS: Significant reduction in fat body mass, fat percentage and in triceptal and abdominal skinfold, as well as increase in suprailiac skinfold and fat-free body mass was observed when anthropometric and body composition data were compared, during the initial and the final periods of training. Significant improvement also occurred in all prformed physical tests, in which better performance was achieved. CONCLUSION: The acquired data suggest that performance of MET 5 days a week brought significantly improved body composition as well as physical performance
  • Sensitivity and specificity of the strength performance diagnostic by different vertical jump tests in soccer and volleyball at puberty Artigos Originais

    Hespanhol, Jefferson Eduardo; Arruda, Miguel de; Bolaños, Marcus Antonio Cossío; Silva, Rodrigo Lopes Pignataro

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a sensibilidade e a especificidade de diferentes protocolos de medida dos testes de saltos verticais para o diagnóstico da força explosiva em futebolistas e voleibolistas na puberdade. MÉTODOS: Estudo transversal com população não probabilística de 110 jovens atletas do sexo masculino (60 futebolistas e 50 voleibolistas) na faixa etária de 13 a 18 anos pertencentes a clubes da região metropolitana de Campinas, SP, Brasil. Os participantes tiveram sua maturação biológica avaliada por dois métodos: autoavaliação e medida clínica. Após essa avaliação, foram incluídos os classificados como púberes (25 futebolistas e 23 voleibolistas). Foram coletados dados antropométricos (massa corporal, estatura e dobras cutâneas) e testes de saltos verticais: squat jump (SJ), counter movement jump (CMJ), drop jump (DJ; 40 cm height) e saltos verticais contínuos com cinco segundos de duração (CJ5s). Foram calculadas as medidas de desempenho diagnóstico: sensibilidade, especificidade e acurácia. O nível de significância adotado foi 5% para todos os testes. RESULTADOS: As forças explosivas estimadas pelos métodos de SJ e CMJ apresentaram sensibilidades equivalentes, enquanto o SJ apresentou maior especificidade do que os três métodos, e a acurácia do SJ foi diferente dos outros métodos, a qual foi alta (superior a 80%). CONCLUSÃO: O diagnóstico da força explosiva como teste SJ apresentou sensibilidade e especificidade elevadas, com seu valor preditivo alto na puberdade.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the sensitivity and specificity of different protocols for measurement of vertical jump tests for the diagnosis of explosive strength in soccer and volleyball players at puberty. METHOD: Cross-sectional study population of 110 non-probabilistic young male athletes (60 soccer players and 50 volleyball players) aged 13 to 18 belonging to clubs in the metropolitan region of Campinas, SP, Brazil. Participants had their biological maturation assessed by two methods: self-assessment and clinical measurement; after this evaluation, those classified as pubertal (25 soccer and 23 volleyball players) were included. Anthropometric data (body weight, height and skinfold thickness) and vertical jump tests: squat jump (SJ), countermovement jump (CMJ), drop jump (DJ, 40-cm height) and vertical jumps continuously with 5 seconds duration (CJ5s) were collected. The following measurements of diagnostic performance were calculated: sensitivity, specificity, and accuracy. Significance level of 5% was adopted for all tests. RESULTS: Explosive strength estimated by the SJ and CMJ methods showed equivalent sensitivities, while the SJ presented higher specificity than the three methods, and accuracy of SJ was different from the other methods, which was high (above 80%). CONCLUSION: The diagnosis of explosive strength as SJ test presented high sensitivity and specificity with high predictive value at puberty.
  • Determinants of quality of life at workplace: cluster-randomized controlled trial Artigos Originais

    Grande, Antonio José; Silva, Valter; Manzatto, Luciane; Rocha, Túlio Brandão Xavier; Martins, Gustavo Celestino; Vilela Junior, Guanis de Barros

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Cerca de um terço do dia se passa no local de trabalho. Neste sentido, estratégias que beneficiem a qualidade de vida do trabalhador são importantes. OBJETIVO: Investigar fatores determinantes na qualidade de vida, após três meses de programas de promoção à saúde do trabalhador. MÉTODOS: Um delineamento experimental foi usado para verificar os desfechos na qualidade de vida de 190 trabalhadores. As intervenções duraram três meses. A empresa A recebeu a ginástica laboral, cartazes com recomendações de saúde e qualidade de vida e software computacional; a empresa B recebeu ginástica laboral; a empresa C teve cartazes com recomendações de saúde e qualidade de vida e software computacional; a Empresa D foi o controle. Todas as avaliações da qualidade de vida no trabalho ocorreram por intermédio do QVS-80. Para análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva, o teste Z e o teste alpha de Cronbach. RESULTADOS: Os principais fatores que interferiram na qualidade de vida foram: prática de atividade física voltada à estética, condição física, tabagismo, atividade física por recomendação médica, tempo sentado, vida em família, qualidade do sono, renda. Comparando-os com dados nacionais com os do presente estudo para todas as doenças crônicas autorreferidas, foram observadas diferenças estatísticas significantes. A prática de atividade física por motivos estéticos parece ser a variável que mais influencia negativamente na percepção de qualidade de vida. CONCLUSÃO: Os dados obtidos ajudam a refletir sobre a importância de estratégias combinadas como a efetuação da prática de atividade física e o entendimento dos componentes do estilo de vida no ambiente de trabalho.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: About one-third of the day goes on in the workplace. Therefore, strategies that benefit the quality of life of workers become important. OBJECTIVE: To investigate determinants of quality of life after three months of workers' health promotion programs. METHODS: An experimental design was used to verify the quality of life outcomes of 190 workers. The interventions lasted three months. Company A received the exercise program, posters with recommendations on health and quality of life and computer software; Company B received only an exercise program; Company C received posters with recommendations on health and quality of life and computer software, Company D was the control. All assessments of the quality of work life occurred through the questionnaire QVS-80. Data were analyzed through descriptive statistics, the Z test and Cronbach's alpha test. RESULTS: The main factors that interfered in the quality of life were: physical activity focused on aesthetics, physical fitness, smoking, physical activity recommended by a doctor, sitting time, family life, sleep quality, income. Comparing national data to the present study for all chronic diseases self-reported, statistically significant differences were observed. Physical activity for aesthetic reasons is the variable that most negatively influences on the perception of quality of life. CONCLUSION: These data help to reflect on the importance of combined strategies such as physical activity implementation and the understanding on the lifestyle components in the workplace.
  • Inter-session confidence of balance assessment with TOBtrainerMR Artigos Originais

    Mauricio, Claudio Oyarzo; Rungue, Mercedes Schmitt; Larraguibel, Roberto; Ortega, Daniel Rojano; Berral de la Rosa, Francisco José

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Um novo dispositivo para a avaliação e equilíbrio dinâmico de formação, o TOBtrainerMR, foi recentemente desenvolvido. OBJETIVO: Avaliar a confiabilidade entre sessões de avaliação de equilíbrio usando o TOBtrainerMR. O estudo também tem a finalidade de dar contagens de erro para que verdadeiras mudanças no desempenho possam ser identificadas. MÉTODOS: Trinta indivíduos sedentários saudáveis (nove homens, 21 mulheres com idade de 27,9 ± 2,9 anos) participaram deste estudo. O TOBtrainerMR foi usado para avaliar o equilíbrio no plano medial-lateral com os olhos abertos (MLOA) e com os olhos fechados (MLOF) e no plano anteroposterior com os olhos abertos (APOA) e com os olhos fechados (APOF). Os indivíduos foram instruídos para estar em posição ereta com braços ao longo do corpo e mãos lateralmente tentando manter a estabilidade da plataforma. Todos os dados foram registrados com o software TOBT. RESULTADOS: As amostras foram relacionadas, testes t avaliados, efeitos de aprendizagem e coeficientes de correlação intracIasse avaliados na sua confiabilidade. Erros padrão de medição e menores diferenças detectáveis foram calculadas para avaliar o erro de medição. Não foram encontradas diferenças significativas de medição entre a primeira e a segunda sessão. Os coeficientes de correlação intraclasse, os erros padrão de medição e as menores diferenças detectáveis para as quatro modalidades medidas variavam de 0,71 0,83, 0,32º a 0,80º e 0,90º a 2,22º, respectivamente. CONCLUSÕES: A confiabilidade entre sessões para avaliação de equilíbrio utilizando o TOBtrainerMR foi boa. Futuros investigadores têm agora dados de referência para avaliar se as diferenças de duas diferentes pontuações são reais ou se devem ao erro de medição e que mudanças são necessárias na pontuação do sujeito para se ter certeza de que ocorreu uma mudança real.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: A new device for assessing and training dynamic balance, the TOBtrainerMR, has been recently developed. OBJECTIVE: To asses the inter-session reliability of balance assessment using the TOBtrainerMR. The study has also the purpose of giving error scores so that true changes in performance can be identified. METHODS: Thirty healthy sedentary subjects (nine males, 21 females, age = 27.9 ± 2.9 years) participated in this study. The TOBtrainerMR was used to assess balance in the medial-lateral plane with eyes open (MLEO) and with eyes closed (MLEC), and in the anterior-posterior plane with eyes open (APEO) and with eyes closed (APEC). Subjects were instructed to be in a double-limb standing position with the hands at their sides trying to maintain platform stability. All the data were registered with the TOBT software. RESULTS: The samples were correlated, t-Tests assessed, learning effects and Intraclass Correlation Coefficients assessed in their reliability. Standard Errors of Measurement and Smallest Detectable Differences were calculated to assess measurement error. No significant differences between the first and the second session measurements were found. The Intraclass Correlation Coefficients, the Standard Errors of Measurement and the Smallest Detectable Differences for the four modalities measured ranged from 0.71 to 0.83, 0.32º to 0.80º and 0.90º to 2.22º, respectively. CONCLUSIONS: Inter-session reliability for balance assessment using the TOBtrainerMR was good. Future researchers have now reference data to evaluate whether differences in two different scores are real or due to measurement error and what changes are needed in a subject's score to be sure that a real change has occurred.
Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278, 6º and., 01318-901 São Paulo SP, Tel.: +55 11 3106-7544, Fax: +55 11 3106-8611 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: atharbme@uol.com.br