Prevalência das ametropias e oftalmopatias em crianças pré-escolares e escolares em favelas do Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro, Brasil

Prevalence of the ametropias and eye diseases in preschool and school children of Alto da Boa Vista favelas, Rio de Janeiro, Brazil

OBJETIVO: Estabelecer a prevalência das ametropias e oftalmopatias, no ano de 2001, em população pré-escolar e escolar de favelas do Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: Estudo observacional do tipo transversal, durante campanha de saúde ocular na rede pública de ensino. Crianças com acuidade visual inferior a 0,8 ou com anormalidades foram triadas por voluntários treinados para serem avaliadas por oftalmologistas no Instituto Benjamin Constant. RESULTADOS: Foram avaliadas 1800 crianças no total. Destas, 306 (17,00 % do total) foram encaminhadas ao IBC. Houve 183 (10,17% do total e 59,80% das triadas) que receberam alta por apresentarem visão melhor que 0,8. A prevalência dos erros refrativos foi de 3,50% (ametropias positivas , 1,78%; ametropias negativas, 1,06% e astigmatismos mistos, 0,67%). A prevalência das oftalmopatias foi de 4,83%. (ambliopia teve prevalência de 2,00%, manifestações do estrabismo, 1,72% e outras causas 1,11%.) CONCLUSÃO: Demonstrou-se a prevalência dos principais distúrbios oftalmológicos infantis nas favelas do Alto da Boa Vista e ressaltou-se a necessidade de campanhas para bom êxito no desenvolvimento da acuidade visual das crianças.

Erros de Refração; Oftalmopatias; Ambliopia; Estrabismo; Saúde escolar; Promoção da saúde; Pré-escolar; Criança


Sociedade Brasileira de Oftalmologia Rua São Salvador, 107 , 22231-170 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: (55 21) 3235-9220, Fax: (55 21) 2205-2240 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rbo@sboportal.org.br